Chegamos a 7º semana da Jornada do meu filho investidor, ajudando pais na tarefa de falar sobre dinheiro com as crianças e incluir a educação financeira na árdua e gratificante tarefa que é criar seres humanos para o mundo.

Como vocês sabem, sou mãe de duas crianças, a Lara de 10 anos e o Luca de 08 anos e desde bem pequenos ensino meus filhos não apenas a investir, mas a construir uma relação com o dinheiro pautada em valores e princípios que poderão norteá-los em muitos outros desafios da vida.

Se você está chegando agora na Jornada, recomendo que volte algumas casas e comece pela leitura do nosso primeiro conteúdo: Por que ensinar meu filho a lidar com o dinheiro desde pequeno.

Respeitar e entender a importância de cada etapa são fatores fundamentais para o sucesso da educação financeira para crianças e adultos.  

Neste artigo vamos falar sobre mais dois produtos interessantes para os pequenos investidores: os Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs) e os Exchange Traded Funds (ETFs). Ambos podem compor a carteira de investimentos dos seus filhos que, como já disse, deve ser construída com disciplina em investimentos mensais e prezando pela diversificação 

Fundos Imobiliários 

Imagine seu filho desde pequeno ser dono de shoppings, hotéis, prédios comerciais, galpões, pois é, esse caminho é perfeitamente possível e recomendável para a jornada do seu filho como investidor.  

Os Fundos de Investimento Imobiliário, mais conhecidos pela sigla FIIs, são uma excelente opção para diversificação dos investimentos.

Em geral, os FIIs são ativos com menor volatilidade (na comparação com as ações), pagam dividendos e investem na economia real, algo que eu valorizo por dois motivos: é mais fácil explicar para as crianças a lógica por trás do investimento quando elas conseguem aplicar isso à realidade e porque destinar recursos ao que é factível ajuda na educação e transmissão de valores aos pequenos. 

Os fundos imobiliários, assim como em outras categorias de fundos, são compostos por um grupo de pessoas que reúnem os seus recursos para investimentos em uma carteira de ativos. Neste caso, os ativos são imóveis ou títulos de crédito relacionados ao mercado imobiliário.  

Vou explicar isso melhor. No universo dos FIIs, existem os fundos de tijolo e os fundos de papel. Os FIIs de tijolo investem na compra e exploração comercial de imóveis, como os shoppings, hospitais, galpões logísticos, lajes corporativas e etc.

Os rendimentos do fundo, neste caso, são provenientes do aluguel pago pelos inquilinos. O lucro destes aluguéis, ou seja, o que sobra após todos os custos envolvidos na manutenção e administração dos imóveis, taxas de gestão do FII e etc. é distribuído mensalmente aos cotistas (investidores do fundo) e não incide imposto de renda sobre esses rendimentos.  

Já os fundos de papel, por sua vez, investem em títulos de crédito do mercado imobiliário, como o Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI) e Letra de Crédito Imobiliário (LCI), ambos produtos de Renda Fixa utilizados no financiamento deste setor.

O primeiro tipo (fundos de tijolo) é o que recomendo para as crianças levando em consideração os critérios de educação financeira que mencionei.  

Entre as principais vantagens dos FIIs quero destacar: a simplificação que eles oferecem para quem quer investir em imóveis, já que toda a dor de cabeça relacionada a posse de um imóvel é designada a equipe de gestão do fundo; a acessibilidade, uma vez que com R$ 100,00 é possível tornar-se cotista de um fundo, investindo em ativos reais, como os imóveis, e ainda recebendo o lucro dos aluguéis (dividendos); e os benefícios tributários, já que os dividendos são isentos da cobrança de imposto de renda desde que o cotista não tenha mais do que 10% do total de cotas do fundo – que devem ser negociadas em Bolsa ou mercado de balcão organização – e o fundo tenha no mínimo 50 cotistas. 

Além de todos os benefícios que mencionei, o investidor ainda pode obter retorno com a venda das cotas, quando optar pela saída do fundo. Neste caso, o lucro sobre a valorização da cota é tributado em 20% no momento da venda.  

Veja abaixo uma simulação da evolução patrimonial de quem aplicou entre fevereiro de 2011 e julho de 2020, mensalmente, R$ 200,00 em FIIs. No exemplo, utilizamos o IFIX, benchmark dos fundos imobiliários negociados no ambiente da Bolsa. O IFIX representa uma média do desempenho dos FIIs mais negociados e com maior volume financeiro.  

Assim, considerando o IFIX, o patrimônio acumulado no período seria R$ 38.426,26, acima do CDI que no mesmo período acumulou R$ 34,983,66.  

Evolução Patrimonial IFIX vs CDI

Evolução Patrimonial – IFIX vs. CDI 

IMPORTANTE: Nos FUNDOS IMOBILIÁRIOS não há incidência de imposto de renda sobre a distribuição de dividendos. Já nos demais fundos em renda fixa que utilizam como referência o CDI, há cobrança de imposto sobre a valorização dos ativos. Essa prerrogativa torna o investimento vantajoso comparado há muitos outros produtos.  

Para quem é adepto a compra de imóveis físicos para  investimentos  também sofre a cobrança de impostos sobre o pagamento dos aluguéis. Além de ter baixa liquidez, pois é bem mais difícil vender um imóvel do que vender uma cota de um fundo imobiliário que você pode fazê-lo pelo homebroker.

Além disso, ao comprar uma cota de um fundo imobiliário você passa ser dono de parte dos imóveis que estão dentro do portfólio e ainda tem um gestor capacitado para cuidar dos ativos do fundo. 

ETFs 

Os Exchange Traded Funds (ETFs) são outra classe de ativos que facilitam a diversificação dos investimentos. A função de um ETF é seguir, replicar, a carteira de ativos de um índice, como o IFIX que citei no exemplo anterior.  

Vou explicar melhor sobre como os ETFs funcionam. Imagine que IFIX tenha, por exemplo, 50 fundos em sua composição e você queira investir em todos estes fundos. Como fazer isso?

Não é possível investir diretamente no IFIX, porque ele é apenas um índice, uma referência do que acontece com os fundos mais negociados na Bolsa. As opções, portanto, seriam: investir individualmente em cada um destes fundos ou investir pelo ETF que segue o IFIX.  

Usei o IFIX apenas como um exemplo, já que ainda não existe um ETF que copie esse índice dos fundos imobiliários, mas existem ETFs que seguem o Ibovespa, que seguem índices de empresas sustentáveis, índices de empresas de tecnologia e ETFs que seguem índices de empresas negociadas apenas no exterior.  

A ideia com os ETFs é seguir sempre o desempenho médio que um índice apresentar, dando aos pais a possibilidade de investir em setores da economia específicos em uma única aplicação ou de acordo com os valores da família e interesses das crianças.  

Você deve estar se perguntando qual a diferença entre os ETFs e os fundos de investimento. A principal distinção entre essas classes é que os ETFs apenas espelham a composição de um índice e, assim terão o mesmo desempenho, enquanto os fundos têm como objetivo superar a rentabilidade dos índices e outros benchmarks do mercado.

Em geral, os ETFs também têm taxas de administração menores, já que não é necessária uma gestão ativa sobre o portfólio e diferente dos Fundos Imobiliários têm seus dividendos reinvestidos automaticamente. 

A tributação dos ETFs é de 15% sobre o ganho de capital, ou seja, sobre o lucro obtido com a valorização das cotas, e é cobrado no momento da venda do ativo. Uma diferença importante entre os ETFs e a compra direta de ações é que não existe isenção de imposto de renda para as vendas de até R$ 20 mil dentro de um mês, ou seja, todo o lucro dos ETFs, independente do montante, é tributado na hora da venda.  

Evolução Investimento ECOO11 vs CDI vs IBOV

Na simulação acima, o investimento de R$ 200,00 mensais entre maio de 2014 e o início de setembro de 2020 no ETF ECOO11, que segue o Índice de Carbono Eficiente (ICO2) da B3,  teria acumulado R$ 21.163,00, enquanto o IBOV no mesmo período teria rendido R$ 18.590,00 e o CDI R$ 19.276,00. O investimento total, considerando apenas as aplicações mensais, somaria R$ 15.400,00 no período.

Ebook meu filho investidor - Banner CTA

Como investir em FIIs e ETFs 

Para investir em FIIs e ETFs as etapas são as mesmas: você precisará ter conta em um corretora de valores e do ticker (código) do ativo que deseja investir. Eu fiz um passo a passo para abertura de conta na Genial Investimentos neste post (INSERIR LINK). Após abrir sua conta na Genial, siga as etapas abaixo:  

Passo 1 – Ao acessar a área logada da Genial Investimentos, clique em Home Broker: 

Menu Home Brocker

Passo 2 – Uma nova janela se abrirá no seu navegador. No menu horizontal, acesse a opção Cotação e selecione Livro de Ofertas: 

Home Broker Cotação

Passo 3 – Uma nova janela se abrirá no home broker. No campo Papel indique o ticker da empresa. No exemplo vamos usar o ETF ECOO11, um dos ativos do projeto Genominha.  Uma lista com o preço em que o ativo está sendo negociado será exibida: 

Home Broker ECOO11

Passo 4 – Após checar a cotação do papel, acesse a opção Comprar/Vender do menu horizontal. Uma nova janela se abrirá no home broker. Ao informar o ticker, automaticamente aparecerá a quantidade do lote padrão. No caso dos FIIs a quantidade mínima é de 1 cota, já nos ETFs a quantidade mínima é de 10 cotas: 

Home Broker Ordem

É possível comprar ETFs em quantidades menores do que o lote padrão no fracionário. Para isso, basta incluir a letra F ao fim do ticker, como no exemplo abaixo. Observe que a quantidade muda e você pode alterá-la conforme a quantidade que desejar: 

HB Ordem

Para finalizar a submissão da ordem, basta informar a sua assinatura digital, como destacado no exemplo acima, e clicar em comprar ou vender.  

Você pode checar o status da sua ordem no selecionando a opção Status de Ordem, localizada no Menu inferior esquerdo. Confira no exemplo abaixo: 

HB Acompanhamento de Ordem
Abra sua conta na Genial Investimentos - Banner Post

Publicado por Genial Investimentos

A Genial é a plataforma de investimentos que está democratizando o acesso aos melhores produtos do mercado, de forma simples, ágil e eficiente, através de uma assessoria financeira isenta, transparente e qualificada.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *