A carteira recomendada da GENIAL Investimentos foi a mais rentável de 2017 no ranking do jornal Valor Econômico. A carteira de ações indicadas pela GENIAL acumulou alta de 44,55% no ano, o melhor desempenho entre as nove corretoras acompanhadas pela publicação.

Mensalmente, o Valor divulga as carteiras recomendadas de ações das principais corretoras brasileiras, bem como seus desempenhos mensal e anual.

A valorização de 44,55% da carteira recomendada da GENIAL superou a alta do Ibovespa no ano, de 26,86%. Também ficou bem acima do CDI, taxa de juros que baliza a rentabilidade das aplicações de renda fixa e que em 2017 foi de 9,98%.

No ranking do Valor, a carteira da corretora que ficou em segundo lugar teve valorização acumulada de 38,66% em 2017. Já a da terceira colocada acumulou alta de 34,85%.

Confira o ranking completo com o desempenho das carteiras recomendadas acompanhadas pelo Valor:

Corretora Rentabilidade (%)
Genial Investimentos 44,55
Santander Corretora 38,66
Bradesco Corretora/Ágora 34,85
Rico Corretora 33,23
Planner Corretora 31,06
Ativa Investimentos 30,73
BB Investimentos 24,20
Guide Investimentos 23,47
XP Investimentos 21,62

Fonte: Valor Econômico, com base nas informações fornecidas pelas corretoras.


Estratégia da carteira recomendada da GENIAL

Dentre as ações que se destacaram na carteira recomendada da GENIAL em 2017 estão os papéis da Grendene (GRND3), com alta de 70,14% no ano; Itaú (ITUB4), com alta de 31,11% no ano, Bradesco (BBDC4), com alta de 33,46% no ano, e Localiza (RENT3), com alta de 106,07% no ano.

Filipe Villegas, analista responsável pelas carteiras de ações da GENIAL, explica que a escolha dos papéis que compõem as carteiras segue uma estratégia quantitativa.

Um algoritmo indica as ações com as melhores relações risco-retorno com base em três tipos de dados: fundamentos da empresa (informações dos balanços das empresas e múltiplos), dados técnicos (movimentação dos preços das ações) e avaliação de fluxo (saldo dos investidores posicionados em contratos a termo e opções que têm aquelas ações como ativos-subjacentes).

“O algoritmo que desenvolvemos coleta esses dados e, após um tratamento estatístico e econométrico, gera uma pontuação para cada ativo. As ações com as melhores pontuações passam a integrar nossas carteiras”, diz Villegas.

O analista explica ainda que escolhe se a carteira terá uma postura mais arrojada ou conservadora.

No primeiro caso, o algoritmo prioriza ações com maior beta, que são aquelas que tendem a caminhar na mesma direção que a média do mercado, mas cuja variação, para cima ou para baixo, tende a ser maior que a da média.

Em outras palavras, esses papéis costumam subir mais que a média quando o mercado está em alta e cair mais que a média quando o mercado está em baixa.

No segundo caso, o algoritmo prioriza ações mais defensivas, isto é, que caem pouco ou valorizam quando o mercado está em queda.

“O algoritmo identifica aquelas ações que estão bem fundamentadas, mas que estão baratas. Ou seja, boas empresas que, por algum motivo mais pontual, estejam com um preço não condizente com a sua realidade”, diz o analista.

Setor de consumo deve se destacar em 2018

Para 2018, Filipe Villegas espera que o mercado siga confiante, ainda que com atenção redobrada ao risco político, por conta das eleições. O setor de consumo e empresas ligadas à indústria automobilística devem se destacar, na opinião do analista.

A aprovação da reforma tributária nos Estados Unidos, por sua vez, tende a gerar um fluxo de dólares para aquele país, valorizando a moeda americana. Segundo Villegas, isso tende a beneficiar as empresas exportadoras, como Suzano, Fibria e Embraer.

“Já o desempenho das empresas estatais vai depender do cenário político. Mas dentro de uma carteira diversificada, ter uma estatal é fundamental”, diz o analista, que sugere Banco do Brasil, Petrobras ou Eletrobras.

Já conhece o home broker da GENIAL? Saiba como habilitá-lo!

Genial

Genial

A Genial é a plataforma de investimentos que está democratizando o acesso aos melhores produtos do mercado, de forma simples, ágil e eficiente, através de uma assessoria financeira isenta, transparente e qualificada.