A GENIAL Investimentos divulga nesta quarta-feira (1) suas carteiras recomendadas de ações e ETF para o mês de agosto. São seis carteiras mensais montadas pelo nosso analista Filipe Villegas, sendo cinco de ações e uma de ETF, além de uma carteira trimestral de ações.

As carteiras Ibovespa 10+ e Ibovespa 5+ englobam todas as ações de boa liquidez da bolsa brasileira, com o objetivo de superar o desempenho do mercado.

Já as carteiras recomendadas de Small Caps e Micro Caps reúnem empresas de pequeno e médio porte que também sejam suficientemente negociadas.

A carteira de dividendos reúne empresas que sejam boas pagadoras de dividendos, para aqueles investidores que queiram gerar renda com sua carteira de ações.

A carteira de ETF contém recomendações de Exchange Traded Funds, também chamados de fundos de índices. Os ETFs são fundos de baixo custo negociados em bolsa que permitem ao investidor aplicar em uma carteira de ações que replica a performance de um índice de referência, seja ele o Ibovespa ou algum outro índice setorial da bolsa.

Finalmente, a carteira trimestral contém cinco empresas, para uma posição comprada de três meses. Só há mudanças durante o período vigente em caso de eventos como fusões ou deslistagem. Porém, se algo assim ocorrer, os investidores serão informados com antecedência.

 



Confira a composição das carteiras recomendadas da GENIAL para o mês de agosto, seu desempenho histórico e as alterações em relação a julho:

Carteiras recomendadas GENIAL

Carteira Ibovespa 10+

A carteira Ibovespa 10+ tem o objetivo de superar, no longo prazo, a performance do Índice Bovespa (Ibovespa), principal índice da bolsa brasileira. Só podem ser escolhidas ações de empresas com volume financeiro médio de negociação superior a 3 milhões de reais nos últimos três meses.

A carteira valorizou 7,11% em julho, enquanto o Ibovespa subiu 8,88%. No ano, a rentabilidade da carteira é de 7,97%, contra uma alta de 3,69% do Ibovespa.

Mas em 12 meses, a carteira da GENIAL vence com folga o Ibovespa, acumulando alta de 23,34% contra 20,18% do índice.

Em relação a julho, saíram da carteira as ações de Energias BR (ENBR3), Tupy (TUPY3), Copasa (CSMG3), Cemig (CMIG4) e Vale (VALE3). Para agosto, entraram as ações de Fibria (FIBR3), Viavarejo (VVAR11), Tim Participações (TIMP3), Weg (WEGE3) e Iguatemi (IGTA3).

Código da ação (Ticker)EmpresaPeso
TOTS3Totvs10%
PCAR4Pão de Açúcar10%
ANIM3Anima Educação10%
VVAR11Viavarejo10%
RAPT4Randon Participações10%
FIBR3Fibria10%
IGTA3Iguatemi10%
WEGE3Weg10%
TEND3Tenda10%
TIMP3Tim Participações10%

Entradas: Fibria (FIBR3), Viavarejo (VVAR11), Tim Participações (TIMP3), Weg (WEGE3) e Iguatemi (IGTA3).

Saídas: Energias BR (ENBR3), Tupy (TUPY3), Copasa (CSMG3), Cemig (CMIG4) e Vale (VALE3).

Rentabilidade da carteira Ibovespa 10+

IndicadoresJulho 2018No ano12 meses3 meses
Carteira7,11%7,97%26,34%-2,50%
Ibovespa8,88%3,69%20,18%-7,20%
CDI0,52%3,71%7,09%1,59%
Poupança0,37%2,70%5,76%1,11%

(*) Rentabilidade até 30 de julho de 2018.

Carteira Small Caps 8+

A carteira Small Caps 8+ tem como objetivo superar, no longo prazo, o Índice Small Cap (SMLL), que reúne as empresas de menor porte da bolsa brasileira.

Só podem fazer parte da carteira as ações de empresas cujo valor de mercado esteja entre 1,5 bilhão e 8 bilhões de reais e cujo volume financeiro médio de negociação nos últimos três meses tenha sido superior a 3 milhões de reais.

A carteira Small Caps 8+ teve alta de 8,07% em julho, enquanto o Índice Small Cap (SMLL), índice de referência para as small caps, teve alta de 5,09%. No ano, a carteira tem rentabilidade negativa de 0,18%, contra baixa de 4,38% do Índice Small Cap.

Em relação a julho, as ações de Estácio (ESTC3) e Alupar (ALUP11) foram trocadas por Qualicorp (QUAL3) e Ser Educacional (SEER3).

Código da ação (Ticker)EmpresaPeso
TUPY3Tupy12,5%
SEER3Ser Educacional12,5%
TOTS3Totvs12,5%
RAPT4Randon Participações12,5%
QUAL3Qualicorp12,5%
IGTA3Iguatemi12,5%
LEVE3Metal Leve12,5%
SLCE3SLC Agrícola12,5%

Entradas: Qualicorp (QUAL3) e Ser Educacional (SEER3).

Saídas: Estácio (ESTC3) e Alupar (ALUP11).

Rentabilidade da carteira Small Caps 8+

IndicadoresJulho 2018No ano12 meses3 meses
Carteira8,07%-0,18%7,87%-11,66%
Índice Small Caps5,09%-4,38%10,75%-8,08%
CDI0,52%3,71%7,09%1,59%
Poupança0,37%2,70%5,76%1,11%

(*) Rentabilidade até 30 de julho de 2018.

Carteira Micro Caps 5+

A carteira Micro Caps 5+ tem por objetivo superar a performance do Índice Small Cap (SMLL) no longo prazo. Só podem ser escolhidas ações de empresas cujo valor de mercado esteja entre 500 milhões e 1,5 bilhão de reais e cujo volume financeiro médio de negociação tenha sido superior a 500 mil reais nos últimos três meses.

A carteira Micro Caps 5+ subiu 8,17% em julho, enquanto o Índice Small Cap (SMLL) subiu 5,09%. No ano, a carteira tem rentabilidade positiva de 2,13% contra uma baixa de 4,38% do Índice Small Cap no mesmo período.

Para agosto, as ações de Brasil Agro (AGRO3) e CSU Cardsystem (CARD3) foram trocadas pelos papéis de Anima Educação (ANIM3) e Schulz S.A. (SHUL4).

Código da ação (Ticker)EmpresaPeso
SHUL4Schulz S.A.20%
ANIM3Anima Educação20%
SNSL3Senior Solution20%
TEND3Tenda20%
TRIS3Trisul20%

Entradas: Anima Educação (ANIM3) e Schulz S.A. (SHUL4).

Saídas: Brasil Agro (AGRO3) e CSU Cardsystem (CARD3).

Rentabilidade da carteira Micro Caps 5+

IndicadoresJulho 2018No ano12 meses3 meses
Carteira8,17%2,13%8,26%-16,90%
Índice Small Caps5,09%-4,38%10,75%-8,08%
CDI0,52%3,71%7,09%1,59%
Poupança0,37%2,70%5,76%1,11%

(*) Rentabilidade até 30 de julho de 2018.

Carteira Dividendos 5+

A carteira Dividendos 5+ tem por objetivo superar a performance do Índice Dividendos (IDIV) no longo prazo. Só podem ser escolhidas ações de empresas cujo volume médio de negociação nos últimos três meses tenha sido superior a 3 milhões de reais. São priorizadas as empresas com histórico de pagamento de dividendos superior à média do mercado.

A carteira teve retorno positivo de 5,97% em julho, contra alta de 7,27% do Índice Dividendos. No ano, a carteira acumula valorização de 5,36% contra queda de 0,11% do Índice Dividendos.

Para agosto, as ações de ABC Brasil (ABCB4), Tupy (TUPY3), BB Seguridade (BBSE3), Metal Leve (LEVE3) e AES Tiete (TIET11) foram substituídas pelas ações de Banrisul (BRSR6), Porto Seguro (PSSA3), Itaú Unibanco (ITUB4), IRB Brasil (IRBR3) e Cemig (CMIG4).

Código da ação (Ticker)EmpresaPeso
ITUB4Itaú Unibanco20%
IRBR3IRB Brasil20%
BRSR6Banrisul20%
PSSA3Porto Seguro20%
CMIG4Cemig20%

Entradas: Banrisul (BRSR6), Porto Seguro (PSSA3), Itaú Unibanco (ITUB4), IRB Brasil (IRBR3) e Cemig (CMIG4).

Saídas: ABC Brasil (ABCB4), Tupy (TUPY3), BB Seguridade (BBSE3), Metal Leve (LEVE3) e AES Tiete (TIET11).

Rentabilidade da carteira Dividendos 5+

IndicadoresJulho 2018No ano12 meses3 meses
Carteira5,97%5,36%22,54%-2,30%
Índice Dividendos7,27%-0,11%11,40%-9,48%
CDI0,52%3,71%7,09%1,59%
Poupança0,37%2,70%5,76%1,11%

(*) Rentabilidade até 30 de julho de 2018.

Carteira Ibovespa 5+

A carteira Ibovespa 5+ apresentou uma alta de 4,19% no mês de julho. No mesmo período, o Ibovespa obteve um desempenho positivo de 8,88%.

No ano de 2018 a carteira apresenta rentabilidade positiva de 11,45% contra uma alta de 3,69% do Ibovespa.

Em relação ao mês de julho, saíram as ações de Iguatemi (IGTA3). Foram incluídas as ações de Viavarejo (VVAR11).

Entradas: Viavarejo (VVAR11).

Saídas: Iguatemi (IGTA3).

Código da Ação (Ticker)EmpresaPeso
TOTS3Totvs20%
PCAR4Pão de Açúcar20%
FIBR3Fibria20%
IGTA3Iguatemi20%
TIMP3Tim Participações20%

Rentabilidade da carteira Ibovespa 5+

IndicadoresJunho 2018No ano12 meses3 meses
Carteira-2,99%6,97%30,12%-4,76%
Ibovespa-5,20%-4,76%16,91%-14,76%
CDI0,51%3,17%7,43%1,56%
Poupança0,37%2,32%5,37%1,11%

(*) Rentabilidade até 30 de julho de 2018.

Carteira de ETF

A carteira recomendada de ETF tem por objetivo superar o desempenho do Ibovespa no longo prazo. É composta por até cinco ETF, todos com o mesmo peso na carteira. Um deles é considerado o top pick, isto é, o ETF com maior probabilidade de superar o Ibovespa. O top pick é o ETF mais indicado para quem deseja investir em apenas um desses fundos.

A carteira de ETF da GENIAL teve alta de 8,00% em julho, e o top pick do mês, o It Now Índice de Materiais Básicos (MATB11), teve rentabilidade positiva de 8,72%. Já o Ibovespa subiu 8,88% no mês.

No ano, a alta da carteira é de 5,55% contra valorização de 3,69% do Ibovespa. Já os top picks acumulam desempenho positivo de 3,21% em 2018.

Para agosto, o único ativo da carteira é o It Now Índice de Governança Corporativa Trade (GOVE11), que também é o top pick do mês. Saem da carteira os ETF It Now Índice de Materiais Básicos (MATB11), iShares Índice Carbono Eficiente (ECOO11), iShares Small Cap Fundo de Índice (SMAL11) e iShares IBrX-Índice Brasil (BRAX11).

Código do ETF (Ticker)ETFPeso
GOVE11It Now Índice de Governança Corporativa Trade100%

Entradas: It Now Índice de Governança Corporativa Trade (GOVE11).

Saídas: It Now Índice de Materiais Básicos (MATB11), iShares Índice Carbono Eficiente (ECOO11), iShares Small Cap Fundo de Índice (SMAL11) e iShares IBrX-Índice Brasil (BRAX11).

Rentabilidade da carteira de ETF

IndicadoresJulho 2018No ano
Carteira8,00%5,55%
ETF Top Pick8,72%3,21%
Ibovespa8,88%3,69%

(*) Rentabilidade até 30 de julho de 2018.

Carteira trimestral

A carteira recomendada trimestral contém cinco empresas, para uma posição comprada de três meses. Só há mudanças na carteira durante o período vigente em caso de eventos como fusões ou deslistagem. Porém, se algo assim ocorrer, os investidores serão informados com antecedência.

A carteira recomendada para o segundo trimestre (abril, maio e junho) teve queda de 5,46% contra um recuo de 14,76% do Ibovespa no mesmo período.

Para o terceiro trimestre (julho, agosto e setembro), as ações de Klabin (KLBN11), Tupy (TUPY3) e Multiplan (MULT3) foram trocadas por Fibria (FIBR3), Iguatemi (IGTA3) e Pão de Açúcar (PCAR4).

Código da ação (Ticker)EmpresaPeso
TOTS3Totvs20%
FIBR3Fibria20%
TIMP3Tim Participações20%
IGTA3Iguatemi20%
PCAR4Pão de Açúcar20%

Entradas: Fibria (FIBR3), Iguatemi (IGTA3) e Pão de Açúcar (PCAR4)

Saídas: Klabin (KLBN11), Tupy (TUPY3) e Multiplan (MULT3)

Rentabilidade da carteira trimestral

IndicadoresEm 3 meses (abril, maio, junho)
Carteira-5,46%
Ibovespa-14,76%
CDI1,56%
Poupança1,11%

(*) Rentabilidade até 28 de junho de 2018.

abra sua conta

Genial

Genial

A Genial é a plataforma de investimentos que está democratizando o acesso aos melhores produtos do mercado, de forma simples, ágil e eficiente, através de uma assessoria financeira isenta, transparente e qualificada.

Deixar um comentário