Você já deve ter ouvido falar na sopa de letrinhas do mercado financeiro. Realmente, são muitas siglas, mas é importante você saber o que significa e como investir em cada ativo para ter as melhores aplicações de acordo com o seu perfil.

Agora, você vai aprender como investir nas Letras de Câmbio (LCs), que são títulos de renda fixa emitidos pelas sociedades de crédito, financiamento e investimento (SCFI), conhecidas popularmente como “financeiras”. Apesar da nomenclatura, não há qualquer relação com negociação de moedas estrangeiras.

Antes de saber como investir, você precisa saber como funciona esse tipo de investimento, afinal, cada um tem suas particularidades apesar das grandes semelhanças dos ativos de renda fixa.

Por que existe a Letra de Câmbio?

As financeiras criaram a emissão das chamadas Letras de Câmbio para um fim, assim como os bancos emitem os CDBs, LCIs e LCAs: captar recursos e financiar suas atividades. Ou seja, quem compra uma LC está emprestando dinheiro para a financeira ter recursos para emprestar a outras pessoas e empresas.

Em troca, o investidor que aplicou em uma LC recebe uma remuneração por isso, que é justamente a rentabilidade do investimento.

A rentabilidade das Letras de Câmbio costuma ser um pouco maior que os CDBs de mesmo prazo. Isso ocorre porque as financeiras normalmente têm maior dificuldade de captação de recursos que os bancos, mesmo os de médio porte, o que as obriga a oferecer remunerações maiores para atrair investidores.

Quem sai ganhando, portanto, são os investidores, já que a segurança é a mesma em comparação aos seus pares de renda fixa. A seguir, confira as modalidades de rendimento que as LCs podem ter:

Pós-fixadas

A maioria das LCs é pós-fixada, com remuneração expressa na forma de um percentual da taxa DI. Geralmente, as LC pós-fixadas pagam 100% do CDI ou mais.

A taxa DI, ou simplesmente CDI, é a taxa de juros das operações interbancárias, que segue de perto a Selic e é usada como referência para a remuneração da renda fixa.

Prefixadas

Pode haver também LCs prefixadas, que pagam uma taxa acordada no ato do investimento, sem correção por qualquer indexador. Por exemplo, 10% ao ano, 12% ao ano, 8% ao ano, e assim por diante.

Híbridas (prefixada + pós-fixada)

Finalmente, a rentabilidade da LC pode também ser atrelada à inflação, expressa na forma de uma taxa prefixada mais a variação da inflação pelo IPCA.

Passo a passo para investir

1) Tenha acesso à internet

Para começar, você só precisa de um celular ou computador com acesso à internet. É por meio dos dispositivos digitais que você irá investir. Fique tranquilo! Investir pela internet é totalmente seguro. Apenas se atente em escolher uma plataforma de investimentos confiável.

2) Antes de tudo, verifique sua situação bancária

Você precisa de uma conta ativa para transferir seus recursos para a corretora. Certifique de que a sua conta esteja apta para essa atividade. Feito isso, podemos ir para o próximo passo.

3) Escolha a corretora ideal e transfira dinheiro

Além da conta bancária e, evidentemente, do saldo em conta, será necessário fazer o cadastro em uma corretora que tenha uma plataforma de investimento robusta e intuitiva para você investir. É aqui que você age na prática, controlando todos os seus investimentos.

Há corretoras, como a Genial Investimentos, que tem assessoria financeira gratuita e investimentos variados. Depois disso, transfira o dinheiro que você pretende investir para a conta da corretora. Assim que o saldo transferido aparecer na plataforma como “disponível para investimentos”, você poderá fazer suas aplicações através de sua assinatura eletrônica.

4) Procure uma Letra de Câmbio (LC) e invista!

Agora que você já tem uma conta basta acessar a plataforma com o login e a senha e escolher uma Letra de Câmbio (LC) que atenda aos seus objetivos. Para isso, vá em “Títulos de Renda Fixa”, depois escolha no filtro de investimentos apenas a opção “LC”.

Todas as opções aparecerão logo abaixo com as características. Escolha uma das alternativas e aperte em investir. Coloque o montante que você pretende aplicar, ponha a assinatura eletrônica e clique novamente em investir. Pronto! O seu dinheiro foi investido na LC!

Em quanto tempo dá para resgatar?

Existem Letras de Câmbio de curto, médio e longo prazo, de 90 dias a mais de cinco anos. Para investir nesses papéis é recomendado casar a data de vencimento com a data em que se pretende usar os recursos. Isso porque as LC não podem ser resgatadas antes do vencimento.

Se o investidor precisar reaver os recursos investidos antes do vencimento, deverá vender o papel a outro investidor interessado no mercado secundário. Nesse caso, a rentabilidade, se houver alguma, pode ser bem diferente da remuneração contratada. Esta só é garantida para quem leva o papel até o fim do prazo.

Qual é o mínimo para investir?

O investimento mínimo em LC também costuma variar bastante, mas em geral essa aplicação é bastante acessível à pessoa física. Com R$ 1.000 já possível investir.

Abra sua conta na Genial Investimentos para ter uma assessoria completa e gratuita de seus investimentos!

abra sua conta

Leonardo é jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, com passagens por grandes veículos da imprensa brasileira, como TV Cultura, Veja e Estadão. Especializou-se em jornalismo econômico, com aprovação pela FGV, no curso de trainee promovido pelo Grupo Estado.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *