O dólar é a moeda mais negociada do mundo. Existem países em que é mais fácil e vantajoso comprar algum produto com ele do que com a moeda local, tamanha é a sua importância para a economia. 

No mercado financeiro há várias formas de aplicar no dólar, uma delas é por meio de contratos cheios ou pelos minicontratos de opções de dólar, no Mercado Futuro.

Quer saber mais sobre essa possibilidade de investimento e como lucrar com ela? Então continue a leitura que vamos explicar melhor a seguir!

O que são minicontratos?

Minicontratos são acordos de compra e venda de um ativo – que podem ser dólar, índices ou commodities, por exemplo – por um valor predefinido, que será executado em uma data específica, isto é, no futuro. Por isso, esse tipo de negociação acontece no Mercado Futuro.

A vantagem dos minicontratos de dólar em relação aos contratos cheios é o fato de ser possível investir desembolsando um valor mais acessível, o que favorece o pequeno investidor.

Vale ressaltar que os minicontratos são produtos de renda variável, ou seja, um tipo de investimento em que você não consegue estimar antecipadamente qual será o lucro, já que ele depende das oscilações do mercado.

Quem consegue antever as mudanças, toma as melhores decisões. E você pode entender mais acessando nosso material especial sobre o que é renda variável.

O que são os minicontratos de dólar

Os minicontratos de dólar tornam possível estabelecer que, em uma data futura, você conseguirá comprar ou vender o ativo por um valor fechado no ato do acordo.

E como os contratos são ligados à variação da moeda, sofrem ajustes diários. 

Em um exemplo simples: você tem uma viagem marcada para daqui a um ano e vai precisar de U$ 10 mil.

Suponha que a cotação do dólar esteja R$ 3, mas você acredita que, até a viagem, vá chegar a R$ 4.

Você, então, adquire um minicontrato de US$ 10 mil, ou R$ 30 mil. Se na data estabelecida para a compra a cotação realmente estiver R$ 4, em vez de desembolsar R$ 40 mil, com o acordo, você vai fechar o negócio por R$ 30 mil e ainda ganhar R$ 10 mil a mais na correção.

É importante você saber que não precisa ter o montante integral para investir, mas uma fração desse valor, como explicaremos mais adiante.

Cada minicontrato tem um código formado pelas letras WDO + a letra que representa o mês de vencimento do contrato acrescido do ano de vencimento.

Ou seja, um contrato com código WDOJ20, por exemplo, significa que vence no quarto mês de 2020, pois J é a letra que representa o mês de abril e 20 simboliza o ano de 2020.

Como investir em mini-dólar

Para investir nesse ativo é preciso ter uma conta em uma plataforma de investimentos.

O analista gráfico da Genial Investimentos, Igor Graminhani, recomenda que depois dessa etapa, os investidores contratem plataformas profissionais de negociação, que têm muitos recursos e favorecem a rapidez das operações.

Com relação aos valores, como falamos, basta investir uma fração do valor do contrato para fechar o negócio, que é chamada de margem de garantia.

Ela é definida pela corretora para cobrir possíveis perdas assumidas pelos investidores que operam no mercado futuro.

O custo equivale a uma parte do valor do contrato. O montante fica depositado na sua conta, enquanto mantiver suas posições em aberto, ou seja, não decidir se desfazer do investimento até o vencimento. Grosso modo, funciona como um cheque caução.

Mas como é possível investir apenas com a margem de garantia? O motivo é simples: os minicontratos são produtos alavancados.

Em outras palavras, o valor do contrato oscila sobre um valor superior ao que você investiu.

É uma técnica utilizada no mercado financeiro para potencializar os resultados.

Há riscos? Sim. Por isso, para operar mini-dólar, assim como qualquer outro produto do mercado futuro, é necessário estudar, fazer análises e contar com especialistas para ajudar no processo. 

Para quem o investimento em mini-dólar vale a pena?

Pode parecer uma opção interessante apenas para os investidores mais experientes, mas é um produto acessível para qualquer pessoa física. 

Muitas pessoas podem se beneficiar dessa aplicação devido às diversas vantagens, que, em resumo, são:

  • Os minicontratos de dólar são uma boa opção para diversificar seus investimentos. 
  • O volume de negociações desse ativo é bastante alto na B3. Como são muito negociados, os minicontratos têm alta liquidez.
  • Além disso, como explicamos, você só precisa contar com uma fração do dinheiro para aplicar. Ou seja, a possibilidade de alavancagem é outro benefício. 

Porém, vale ressaltar que, como ocorre em outros investimentos, é preciso definir, antes de começar, qual seu objetivo, quanto quer aplicar e quando deseja recuperar o aporte.

Feito isso, escolher em qual minicontrato de opções de dólar investir, fica bem mais fácil.

Como dissemos, o minicontrato de dólar é um produto acessível, mas conhecer bem o mercado e como funciona a oscilação do dólar é essencial. Por isso, vale a pena se informar bastante sobre o tema.

Você pode conferir o nosso e-book sobre o assunto para ter mais informações sobre as operações na Bolsa.

Aos iniciantes, é sempre recomendável dar os primeiros passos com um suporte especializado. Na Genial Investimentos, você conta com a ajuda de analistas com experiência no mercado financeiro, sem pagar a mais por isso. Assim, sua chance de conseguir bons resultados aumenta.

Abra já sua conta na Genial Investimentos!

Abra sua conta na Genial Investimentos e saiba como operar minicontratos de dólar

Publicado por Genial Investimentos

A Genial é a plataforma de investimentos que está democratizando o acesso aos melhores produtos do mercado, de forma simples, ágil e eficiente, através de uma assessoria financeira isenta, transparente e qualificada.

Comentários

  • […] principais minicontratos são o Mini Dólar Futuro (WDO) e o Mini Índice Bovespa  (WIN), mas também existem o minicontrato S&P, o […]

  • […] principais minicontratos são o Mini Dólar Futuro (WDO) e o Mini Índice Bovespa  (WIN), mas também existem o minicontrato S&P, o […]

  • […] minicontratos de dólar foram criados em 2001 pela antiga Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), atualmente B3, com o […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *