Quem deseja investir na Bolsa de Valores com segurança precisa conhecer os Emolumentos Bovespa e outras taxas que estão envolvidas no processo. Existem taxas que são cobradas pelas corretoras e taxas que são cobradas pela B3 (Bolsa Brasileira).

Para investir na Bolsa de Valores da maneira mais consciente possível, é preciso conhecer os Emolumentos e outras taxas que estão envolvidas no processo. Existem taxas que são cobradas pelas corretoras e taxas que são cobradas pela B3 (Bolsa Brasileira).

Emolumentos Bovespa são taxas cobradas pela Bolsa que são relativas às negociações realizadas. Neste artigo, falaremos um pouco sobre outros tipos de custos também, para que você tenha uma noção mais clara de quanto custa investir em ações.

O que são Emolumentos Bovespa e como calcular essa taxa? Abaixo, confira mais detalhes sobre este assunto!

Qual é a diferença entre o lucro bruto e o lucro líquido?

Quando o investidor está calculando o lucro que obteve em suas operações, ele irá chegar primeiro ao lucro bruto, para depois chegar ao lucro líquido. O lucro bruto é o lucro total de ganhos da operação, quando ele calcula o preço de venda dos seus ativos menos o preço de compra. O lucro líquido é o valor que o investidor chega depois de descontar do lucro bruto os custos e as taxas cobradas por aquele investimento. 

Mas quais taxas seriam essas? Explicaremos melhor sobre esse assunto logo adiante. 

Quais as principais taxas de um investimento na Bolsa?

Como mencionamos acima, existem custos operacionais no mercado de ações. As principais taxas cobradas são: a corretagem, os Emolumentos, a custódia e o imposto de renda. 

A corretagem e os Emolumentos incidem sobre cada operação. Por outro lado, a custódia e o imposto de renda, exceto o recolhido na fonte, são custos mensais. Abordaremos separadamente cada um dos custos citados. 

Taxa de Corretagem

A taxa de corretagem e a taxa de custódia são taxas cobradas pelas corretoras. A corretagem é um valor fixo ou variável, calculado sobre o valor da transação. 

O ISS significa Imposto Sobre Serviço e ele incide sobre a taxa de corretagem também, com alíquota de 2% a 5%. Esse imposto varia de acordo com cada município.

Taxa de Custódia

A taxa de custódia é uma tarifa paga a uma instituição para fazer o registro de um investimento em nome de quem aplicou o dinheiro. Esse valor pode ser cobrado sobre diversos tipos de investimento, no entanto, é mais comum vermos essa cobrança sobre ações e títulos públicos.

A taxa de custódia pode ser mensal ou anual e é calculada sobre o valor total da aplicação.  Ela pode ser cobrada no momento da aplicação inicial, do resgate ou durante o período da aplicação. A instituição que realiza a custódia varia dependendo do tipo do investimento, para o caso das ações, ela é feita pela CBLC.

Imposto de Renda

O Imposto de Renda é um tributo muito importante, sendo ele o responsável por cobrir gastos públicos do nosso país, como segurança, saúde e educação, por exemplo. A declaração do IR serve para que o fisco tenha conhecimento sobre os bens e a renda de cada cidadão brasileiro. As aplicações financeiras são consideradas bens, por essa razão elas também devem ser declaradas e seus ganhos tributados.

Para entender como declarar ações no Imposto de Renda, é preciso agrupar as operações em dois tipos principais: swing trade (operações com duração superior a um dia) e day trade. As alíquotas e a dinâmica varia entre elas, portanto, é preciso primeiro entender qual é o tipo de operação que você está realizando, para depois entender quanto você vai pagar de imposto.

Emolumentos 

Emolumentos são  taxas cobrada pela Bolsa e pela CBLC (Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia) sobre a compra e venda de ativos, junto com a taxa de liquidação. O valor dessa taxa varia em relação ao investimento feito e é apresentado nas notas de corretagem, juntamente com outras despesas. 

Essas taxas são recolhidas para pagar os gastos envolvidos nas transações. Antes de ter em mente os custos dos Emolumentos, é interessante que você também conheça a taxa de liquidação.

O que é a Taxa de Liquidação?

Uma taxa que também é cobrada pela CBLC. Ela varia de acordo com o volume financeiro negociado em cada transação. Então, quem investe na Bolsa o patrimônio de R$5.000,00 paga uma taxa diferente de quem investe R$40.000,00, por exemplo.

Como saber os custos dos Emolumentos?

Essa taxa também varia de acordo com o tipo e volume de operação, sendo consideradas:

  • Operações normais: compra e venda efetuadas em pregões distintos;
  • Operações day trade: compra e venda de um ativo no mesmo dia.

Como a taxa possui uma grande variação entre os casos, além de poder se alterar dada que é uma política comercial da B3, você pode conferir a fórmula de cálculo neste link 

Ficou com alguma dúvida sobre o que é Emolumentos Bovespa? Para evitar qualquer erro, confira no site da Bolsa a taxa mais atual para cada caso. Se preferir, deixe um comentário abaixo com a sua pergunta que nós podemos te ajudar!

Vexter

Genial Investimentos

Somos uma plataforma de investimentos que tem como objetivo facilitar o acesso ao mercado financeiro e ampliar a educação financeira no Brasil.

Ver todos os artigos
Campanha Institucional - Ativação - Abra sua conta

Navegação rápida

O link do artigo foi copiado!