De tempos em tempos, o governo precisa, de alguma forma, tomar algumas decisões para estimular o desenvolvimento econômico e incentivar as pessoas a consumirem mais, colocando o país em atividade mais acelerada de crescimento no curto prazo.  A liberação dos saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) pelo Ministério da Economia é uma grande oportunidade para a população usar uma quantia que não estava contando e resolver pendências.

Essas quatro letrinhas que podem ser uma bela injeção de ânimo em relação ao bolso dos brasileiros.

O que esperar com o anúncio dos novos saques do FGTS?

De acordo com os especialistas da Genial Investimentos, o estímulo dado pelo governo deve dar certo. “Estimamos o crescimento do consumo devido à possibilidade de saques das contas do FGTS (ativas e inativas)”, preveem José Márcio Camargo e Tiago Tristão, economistas da Genial.

Utilizando dados das liberações de saques das contas inativas que aconteceram durante o governo Temer em 2017 (na ocasião foram sacados cerca de R$ 40 bilhões), a previsão é de que cerca de 75% dos recursos sacados se transformam em consumo presente.

Ao longo de 2017 os saques impactaram positivamente o crescimento do consumo, que saltou de uma taxa de 0,45% no primeiro trimestre de 2017 para 1,2% no trimestre seguinte, conforme o gráfico abaixo.

O governo estima que o montante de saques alcance o valor de R$ 30 bilhões até o final deste ano. Se realmente o volume de saques for desta magnitude e o calendário de saques ocorrer homogeneamente ao longo do terceiro e quarto trimestres deste ano, a massa de rendimentos deve crescer entre 3% e 4% até o final do ano.

Dessa forma, o impacto no consumo das famílias será de 0,4% em cada trimestre. No PIB do ano, o impacto será de 0,1% a 0,2% no crescimento, considerando a comparação anual.

Se quiser ter mais conteúdos e análises sobre a economia brasileira continue acompanhando as nossas postagens. Abra a sua conta na Genial Investimentos para encontrar os melhores produtos financeiros!

abra sua conta

Publicado por Leonardo Pinto

Leonardo é jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, com passagens por grandes veículos da imprensa brasileira, como TV Cultura, Veja e Estadão. Especializou-se em jornalismo econômico, com aprovação pela FGV, no curso de trainee promovido pelo Grupo Estado.

Contentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *