Às vezes precisamos de gatilhos para sair da inércia. Sempre tem aquela resolução de ano novo no começo do ano, depois vem o carnaval e aí nos arrastamos até o meio do ano para avaliar o que fizemos durante o 1º semestre.

Por que não aproveitar essa época, então, para finalmente começar a se organizar para investir o seu dinheiro? Sabemos o quão é difícil se planejar financeiramente, mas é por isso que você está lendo este post. Aqui, você terá um guia básico para finalmente realizar isso sem precisar adiar mais o processo para você se tornar um investidor em 2019!

O que você realmente precisa para ser um investidor?

Com o preparo certo, todo mundo pode ser um investidor. Se você acha que investir não é para você, repense. Investir é para todos, mas tem dois requisitos básicos para começar: livrar-se das dívidas, ter alguma fonte de renda (mesmo que seja mínima) e traçar os seus objetivos financeiros.

Entenda o que é e o que não é um investimento

Você sabe o que é investir? Para saber o que é investir, você precisa entender o que é e o que não é um investimento.

Um investimento basicamente é um ativo que faz seu dinheiro trabalhar para você. Ou seja, faz seu dinheiro crescer. Também é importante se livrar de algumas ideias pré-concebidas – e erradas – sobre os investimentos. Conheça os “mitos” sobre os investimentos.

Organize suas finanças

Organizar as finanças é primordial. Você deve começar anotando todas as receitas e despesas por alguns meses para diagnosticar onde está gastando demais e ajustar o seu orçamento.

O objetivo é abrir um espaço dentro das suas possibilidades para se planejar melhor, ou seja, poupar e acumular dinheiro para investir ou até mesmo renegociar e quitar dívidas, caso ainda esteja no vermelho.

Saia do vermelho

Se você tem dívidas, em atraso ou não, seu primeiro passo deve ser se livrar delas. Para pensar em investir, você não deve ter nenhuma pendência financeira porque pense o seguinte: os juros que você precisa pagar das dívidas, geralmente, são muito mais altos do que os retornos dos investimentos. Portanto, não compensa. Saia do vermelho o quanto antes para poder investir.

Transforme seus sonhos em objetivos financeiros

Os sonhos são como incentivos para você guardar dinheiro, mas eles devem ser transformados em objetivos financeiros com valor e prazo claros. Afinal, para realizá-los certamente você precisará de um bom montante, como uma viagem/intercâmbio, casamento, compra de um carro, aquisição de um apartamento, etc.

Aprenda conceitos básicos de economia e finanças

Embora você possa sempre contar com uma assessoria financeira, é sempre válido conhecer os conceitos básicos de economia e finanças para se sentir mais seguro e ser capaz de entender as recomendações feitas para você. Você estará investindo o seu dinheiro, por isso, quanto mais certo do investimento que escolher mais tranquilo você ficará.

Aprenda um pouco sobre as características dos principais tipos de investimento

Estude! Você deve ainda ficar de olho em duas coisas para ter certeza de que a rentabilidade de um investimento é mesmo boa.

Primeiro, você deve se certificar de que o investimento escolhido é capaz de superar a inflação.

Em segundo lugar, para compará-los e saber de fato quanto vai receber, é fundamental conhecer sua rentabilidade líquida, isto é, descontadas as taxas e o imposto de renda.

Conheça os aspectos práticos dos investimentos

Você já sabe por que instituição financeira vai investir? Como vai fazer para transferir o dinheiro para ela? Como funcionam os resgates e saques? Sabe que tipos de risco está disposto a correr e qual seu perfil de investidor?

Vença a inércia e os medos

O primeiro passo para se tornar um investidor é vencer a inércia. Para cada etapa descrita neste guia você pode lançar mão de alguns truques para manter a disciplina e não desanimar.

Mas a inércia muitas vezes é causada pelo medo. Ser iniciante causa insegurança, mas também tem suas vantagens.

Comece pela reserva de emergência

A partir do momento em que você tiver uma folga financeira e puder poupar, passe a se dedicar à formação de uma reserva de emergência.

Essa poupança, voltada para emergências como a perda de um emprego ou uma urgência doméstica, deve ser o primeiro objetivo financeiro de todo mundo. Ela será seu colchão financeiro, aplicado em investimentos de baixo risco e alta liquidez.

Passada esta etapa, você pode começar a poupar para outros objetivos, de prazos distintos, como a viagem dos seus sonhos, a compra da casa própria e até a aposentadoria.

Não se esqueça dos seguros

Os seguros são parte fundamental do planejamento financeiro. Eles te impedem de parar de poupar ou de precisar consumir seu patrimônio em caso de infortúnio. Em resumo, seguros e reserva de emergência são o kit básico do investidor. A partir do momento em que você tem esses dois elementos, você pode se considerar um investidor bem protegido.

Não se esqueça da aposentadoria

Além da reserva de emergência, outro objetivo essencial de todo investidor deve ser a poupança para a aposentadoria. Ela será essencial para complementar a Previdência Social no futuro. Aqui, trazemos tudo que você precisa saber para planejar a sua aposentadoria.

Venha para a Genial!

A Genial Investimentos é a plataforma online de investimentos com mais de 20 anos de experiência no mercado financeiro. Oferecemos as melhores oportunidades de investimentos do mercado! A sua hora de investir é agora. Abra a sua conta na Genial e dê vida ao seu dinheiro!

abra sua conta

Publicado por Leonardo Pinto

Leonardo é jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, com passagens por grandes veículos da imprensa brasileira, como TV Cultura, Veja e Estadão. Especializou-se em jornalismo econômico, com aprovação pela FGV, no curso de trainee promovido pelo Grupo Estado.

Contentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *