Sumário

Independentemente do seu nível de renda, perfil e objetivos, existem investimentos que podem ser mais adequados para você.

Nesse sentido, conhecer as opções disponíveis no mercado é importante para realizar investimentos condizentes aos seus planos e possibilidades.
Além disso, é preciso ter em mente que investir é diferente de poupar. Ao fazer um investimento, você aplicará um valor pensando na rentabilidade, liquidez e segurança durante um determinado período, que pode ser de curto, médio ou longo prazo. 

Por isso, ter informações é a melhor maneira de fazer escolhas sólidas, que ajudem você a realizar suas metas pessoais e fazer seu dinheiro, de fato, trabalhar para você.

Quer estar preparado para investir melhor e acumular patrimônio a partir de 2021? Então confira este e-book que nós, da Genial Investimentos, preparamos para você aprender a identificar os melhores investimentos para 2021 e construir um portfólio adequado às suas necessidades!


Boa leitura!

Introdução

A importância de investir

Como começar a organizar as finanças para investir?

Investimentos de renda fixa que podem fazer parte da sua carteira em 2021

01020304

Introdução

Investir garante maior segurança financeira e mais tranquilidade em relação ao futuro. A prática ajuda a impulsionar suas finanças e pode ser fundamental para alcançar objetivos que dependam de mais recursos para serem realizados. 

Alguns exemplos são a compra de um carro, a aquisição da casa própria, a educação dos filhos ou mesmo a aposentadoria. Investir é, portanto, construir um patrimônio e deixar o dinheiro trabalhar por você, com foco em um objetivo maior.

No entanto, não existe um investimento perfeito. Como isso depende de diversos critérios pessoais, as alternativas mais adequadas para você podem ser muito diferentes daquelas que outras pessoas buscam.

Neste ebook, vamos trazer alguns dos melhores investimentos para 2021, e que podem ajudá-lo a escolher aqueles que fazem mais sentido para a sua carteira de investimentos.

Acompanhe!

A Importância de Investir

Previdência
P
rivada

Como declarar o

Imposto
de Renda 2019

Quem tem planos para o futuro precisa aprender a poupar e a investir.

Além de garantir tranquilidade financeira, essas atividades possibilitam a realização dos sonhos. Com hábitos de poupança e investindo da maneira certa, é possível aumentar seu patrimônio e as chances de alcançar seus objetivos.

Para isso, é importante ter um bom planejamento financeiro.

Pode ser necessário, por exemplo, cortar ou reduzir alguns gastos mensais. Logo, é interessante fazer uma avaliação objetiva das despesas, fixar metas e ter persistência. Afinal, fazer aportes frequentes nos investimentos é essencial para fazer o patrimônio crescer. Portanto, é importante entender que poupar é diferente de investir, que significa colocar o dinheiro em aplicações que rendam juros ou outra forma de remuneração ou correção.

Quando se trata de finanças, é necessário escolher um investimento adequado às suas necessidades. Também é importante lembrar que nem todas as opções disponíveis no mercado têm rendimentos muito altos.
Isso acontece especialmente em momentos que a Selic está baixa e a inflação está elevada. Nessa situação, o seu dinheiro pode perder poder de compra, mesmo que você receba uma pequena taxa de juros todos os meses.

Como começar a organizar as finanças para investir?

voltar para o sumário

Contrato de Índice Futuro

O planejamento financeiro permite controlar gastos, entender padrões financeiros e otimizá-los. Para isso, existem algumas dicas que podem ajudar você a rever as finanças e investir melhor em 2021.

Confira:

voltar para o sumário

Investimentos de renda fixa que podem fazer parte da sua carteira em 2021

Nas próximas páginas você conhecerá alguns dos investimentos de renda fixa que podem fazer parte da sua carteira. Veja!

Passo a passo para declarar as contribuições feitas no plano VGBL:

voltar para o sumário

Como fazer os melhores investimentos em 2021?

Agora que você já conhece diversas opções de investimentos para fazer em 2021, é hora de entender como investir.  Confira nossas dicas:

Declaração de resgates ou rendas de PGBL e VGBL

Conclusão

voltar para o sumário

eBook online

Luciano Faustino

CMO da Genial Investimentos

CMO da Genial Investimentos

voltar para o sumário

A preocupação com questões relacionadas à sustentabilidade tem crescido no Brasil e no mundo – e já era tempo. Consequentemente, mais investidores e empresas têm se posicionado quanto a isso.  

Afinal, é muito importante buscar o desenvolvimento econômico e, ao mesmo tempo, promover boas práticas, limitando ao máximo o nosso impacto negativo no mundo, garantindo um bom futuro para as próximas gerações. Dado que o seu maior poder como investidor é o bolso, pense quais iniciativas está financiando.  

Os 
fundos que atendem às políticas ambientais, sociais e de governança apresentam alguns benefícios, e a demanda por eles tem aumentado no Brasil e em outras partes do mundo.   

No entanto é muito importante estar atento a alguns aspectos antes de investir, como, por exemplo, se a empresa ou o fundo adota as práticas ESG.  

Tomando os devidos cuidados, você ficará seguro e tranquilo de estar investindo seu dinheiro em prol de um propósito que vai agregar valor para a sociedade.   
 
Diante do discutido neste e-book, podemos dizer que o ESG é a nova realidade do mercado, portanto conhecer o termo assim como o universo que o acompanha é muito importante.

Esperamos que o conteúdo tenha sido útil para você.  

Conheça também os serviços da Genial Investimentos e veja como podemos ajudá-lo a investir o seu dinheiro com segurança.

Não há investimento sem risco

Um ponto importante que devemos ressaltar é que todo investimento tem algum grau de risco. Até mesmo um dos investimentos mais populares no Brasil: os imóveis. O mercado imobiliário está sujeito às altas e baixas no momento da venda.

Além disso, pode ser difícil vender.

Mas, apesar de o risco fazer parte do mercado financeiro, quem investe pode atingir seus objetivos mais rápido. Assim, o ideal é conhecer as características de cada alternativa e avaliar se elas estão adequadas ao que você busca.

Facebook Genial Investimentos
Twitter Genial Investimentos
Instagram Genial Investimentos
YouTube Genial Investimentos
LinkedIn Genial Investimentos

Siga a gente nas redes sociais!

Facebook Genial Investimentos

Baixe o nosso aplicativo

Fale com a gente

CENTRAL DE ATENDIMENTO
Logo Genial Investimentos
Autorregulamentação ANBIMA
Certificação B3

Acesse o disclaimer.
GENIAL INVESTIMENTOS CORRETORA DE VALORES MOBILIÁRIOS S.A.
CNPJ: 27.652.684/0001-62
www.genialinvestimentos.com.br

2020 Genial

Acesse o disclaimer.
GENIAL INVESTIMENTOS CORRETORA DE VALORES MOBILIÁRIOS S.A.
CNPJ: 27.652.684/0001-62
www.genialinvestimentos.com.br

2020 Genial

ABRA SUA CONTA
Logotipo Genial Investimentos

Investir é inteligente.
Lucrar é Genial.

Capítulo 1

Capítulo 2

Capítulo 3

Capítulo 4

Capítulo 6

Capítulo 6

Controle seus gastos

Para controlar seus gastos, o primeiro passo é anotar suas despesas fixas e variáveis, tentando observar suas tendências de consumo. Desse modo, você pode fazer as adaptações que forem necessárias para ter um orçamento mais enxuto.

Além disso, é importante ter disciplina para começar a investir. Saber onde e como gastou o dinheiro ajuda a visualizar com clareza o que é desnecessário. Isso faz com que o controle seja cada vez mais simples e intuitivo, até se tornar um hábito.


Tenha um planejamento financeiro

O planejamento financeiro pode ser descrito como uma ferramenta que permite aproximá-lo mais rapidamente de seus sonhos. Ele é capaz de protegê-lo de eventuais imprevistos, além de ajudar a equilibrar o que entra e o que sai da conta.

Ou seja, o planejamento financeiro é a base para a otimização de renda. Afinal, sem objetivos claros, é mais difícil direcionar a tomada de decisão e chegar ao sucesso.


Separe uma quantia mensal para investir

Com planejamento e organização, é possível separar uma parcela do seu salário por mês. Ela pode ser utilizada, inicialmente, para construir uma reserva de emergência. Após finalizar essa etapa, você pode investir com foco em outros objetivos. 

Lembre-se de que o crescimento do seu patrimônio se dá pela multiplicação dos rendimentos. Para isso, também é importante que os aportes sejam recorrentes. Sem eles, a evolução dos seus recursos será limitada.

Investimentos de renda variável que podem fazer parte da sua carteira em 2021

05

Como fazer os melhores investimentos em 2021?

06

Conclusão

07

Sobre a Genial Investimentos

08

Tesouro SELIC

O Tesouro Selic é um dos títulos públicos emitidos pelo Governo.

Ele está disponível na plataforma do Tesouro Direto e pode ser uma boa alternativa para quem está montando a reserva de emergência.
Trata-se de um investimento remunerado pela taxa Selic – a taxa básica de juros da economia brasileira. Entre as características desse produto está a liquidez diária.

Ela permite que você retire o seu dinheiro a qualquer momento, sem o risco de perdas financeiras.
Outra característica é que o rendimento é diário, de modo que seu investimento renda a cada dia útil. Além disso, os títulos públicos são considerados os investimentos mais seguros do país. Afinal, eles contam com a proteção do Governo Federal.


CDB

Os Certificados de Depósito Bancário também podem atender aqueles que estão formando a reserva de emergência — desde que tenham liquidez diária. Além disso, existem títulos com prazos variados que podem servir a diversos objetivos.

Uma das vantagens desse produto é a segurança. Há proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC). A cobertura vale até o limite de 250 mil reais por CPF ou CNPJ e por instituição financeira até o limite global de 1 milhão de reais, renováveis a cada 4 anos. 

Comprar um CDB é como se você estivesse emprestando dinheiro ao banco. A rentabilidade pode ser prefixada, pós-fixada ou híbrida. Em geral, os CDBs pós-fixados são atrelados ao CDI (Certificado de Depósito Interbancário), que é uma taxa próxima da Selic.

Quando não há liquidez diária, é importante ter atenção ao prazo de vencimento, pois não será possível fazer o resgate antes. Vale ressaltar que, assim como ocorre no Tesouro Selic, há cobrança de Imposto de Renda regressivo sobre o rendimento.


Fundos DI

Normalmente, os Fundos de Renda Fixa Referenciados em DI têm a maior parte da carteira investida em títulos atrelados ao CDI.  Apesar de a nomenclatura ser muito conhecida, vale ressaltar que ela não existe mais, de acordo com a ANBIMA.

Em relação aos outros fundos disponíveis no mercado, esse costuma ser um dos mais indicados para montar sua reserva de emergência. Isso se deve ao fato de que eles são atrelados ao CDI e a Selic. E apresentam liquidez diária.


Debêntures

As Debêntures são alternativas de investimento que podem trazer melhores rendimentos em tempos de Selic baixa. No entanto, elas são mais arriscadas do que outras aplicações de renda fixa, pois não têm a cobertura do FGC.

Nesse caso, o empréstimo não é feito para um banco ou o Governo, mas para uma empresa. Isso também pode aumentar o risco do investimento. A companhia emite Debêntures (que podem ser comuns ou incentivadas) para custear as suas atividades.

As comuns têm cobrança do Imposto de Renda, enquanto as incentivadas são isentas. Isso acontece porque o dinheiro é usado em projetos de infraestrutura no país.

Com relação à renumeração, assim como outros títulos, é possível encontrar Debêntures prefixadas, pós-fixadas ou híbridas. Em relação à liquidez, é preciso ter cuidado. Normalmente, as aplicações apresentam baixa liquidez, o que significa que o dinheiro é resgatado apenas no vencimento.


LCI e LCA

As Letras de Crédito podem estar ligadas ao setor imobiliário (LCI) ou do agronegócio (LCA). Mas isso não significa que você está investindo diretamente nesses ramos. O funcionamento desse investimento acontece da mesma forma que outras aplicações de renda fixa.

Ou seja, você empresta seu dinheiro para o banco, que lhe devolve com juros. Portanto, a relação das Letras de Crédito com os mercados imobiliários e de agronegócios se dá no empréstimo que a instituição faz a empresas dos setores.

Ainda assim, o fato traz vantagens: os títulos são isentos de Imposto de Renda. Isso acontece porque as áreas são consideradas prioritárias no país. Da mesma maneira que os CDBs, é possível encontrar LCIs e LCAs com lógicas de remuneração e prazos de vencimento variados.


CRI e CRA

O Certificado de Recebíveis é outro título que oferece exposição ao segmento de imóveis (CRI) ou do agronegócio (CRA). Ao investir nesse produto, você adquire o fluxo de rendimentos de crédito utilizado para financiar projetos nesses setores.

A empresa que faz a emissão dos títulos utiliza o valor para antecipar seus recebimentos. Dessa forma, os investidores têm o direito de receber a remuneração do emissor periodicamente ou na data de vencimento.

Para isso, as companhias que concedem o crédito contratam empresas privadas, chamadas de securitizadoras. Elas são responsáveis por emitir os títulos de renda fixa e oferecê-los aos investidores. De modo geral, trata-se de aplicações de maior risco do que as alternativas.


Tesouro IPCA

Outro título público que você encontra no Tesouro Direto é o Tesouro IPCA. A rentabilidade desse produto é considerada híbrida, pois apresenta uma parte pós-fixada e outra prefixada. A taxa pós-fixada está atrelada ao índice de inflação IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo).

Como também é garantida uma taxa prefixada, o rendimento estará sempre acima da inflação. A grande vantagem do Tesouro IPCA, portanto, é que ele protege o dinheiro da perda do poder de compra ao longo dos anos.

Além disso, ele costuma ter prazos de vencimento maiores, o que pode tornar a alternativa interessante para quem tem planos no longo prazo. Por esse motivo, o Tesouro IPCA é utilizado, muitas vezes, para a aposentadoria.

Vale ressaltar que não existe apenas um título desse tipo disponível. Existem opções com prazos e taxas diferentes. Além disso, o Tesouro IPCA pode ou não pagar juros semestrais. Se você optar por um título sem o cupom, a rentabilidade contratada será paga no resgate.

voltar para o sumário

Investimentos de renda variável que podem compor sua carteira em 2021

Também existem alternativas de renda variável para quem quer investir em 2021. Conheça algumas alternativas que podem ser interessantes para você:

Passo a passo para declarar as contribuições feitas no plano VGBL:

Capítulo 5

Ações

Ações correspondem a partes do capital social de uma empresa. Isso significa que a companhia vende o direito de participação na sua sociedade para levantar dinheiro que será utilizado no seu crescimento e nos seus projetos.

Assim, ao adquirir Ações, você se torna sócio do negócio. Isso lhe dará o direito de participar da divisão dos lucros da companhia, por exemplo. No entanto, se ela passar por problemas financeiros, sua carteira sentirá as consequências.

É possível lucrar com as Ações de diversas formas. A mais comum é manter os papéis no longo prazo e aproveitar uma eventual valorização ou receber dividendos.

Mas também existe a possibilidade de especular na bolsa de valores. Nesse caso, o foco é no curto e no curtíssimo prazo. Cabe a você decidir o que combina mais com o seu perfil e com as suas necessidades.


Fundos Imobiliários

Fundo de Investimento Imobiliário é uma modalidade do mercado financeiro que foca em investir em elementos do mercado de imóveis. Uma característica importante é que o investimento pode ser feito tanto em imóveis físicos quanto em títulos de renda ligados ao setor ou cotas de outros fundos. 
Assim como qualquer Fundo de Investimento, essa opção funciona de forma coletiva. Investidores com interesses semelhantes se reúnem para realizar aportes. Para isso, é necessário adquirir cotas do fundo, de modo que cada participante se torna um cotista.
O gestor do 
Fundo Imobiliário é o responsável por gerir o patrimônio.  O profissional toma decisões com base na estratégia predefinida. Assim, ele aloca os recursos em investimentos que comporão o portfólio.
Como qualquer investimento de renda variável, a rentabilidade dos Fundos Imobiliários pode variar ao longo do tempo. Para o investidor, é possível lucrar tanto com a valorização das cotas quanto com o pagamento de dividendos, que é uma característica comum desses fundos.


Fundos ESG

Em geral, empresas consideradas ESG apresentam  níveis maiores de compromisso com meio ambiente, sociedade e governança. Aliás, é isso que a sigla significa: Environmental, Social and Governance.
É cada vez mais importante desenvolver modelos de negócio que sejam sustentáveis e tenham responsabilidade social. Isso não apenas com a sociedade em si, mas também com quem trabalha nas companhias.

Por isso, empresas que respeitam os critérios ESG costumam atrair a atenção dos consumidores e investidores. Nos últimos anos, os investimentos com tal foco têm crescido, pois as companhias sustentáveis conseguem obter resultados financeiros interessantes.
Nesse sentido, os 
Fundos ESG visam identificar negócios sustentáveis e organizar investimentos neles. Assim, no momento de selecionar as empresas para compor o portfólio, a gestão do fundo precisa ter atenção para critérios ambientais, sociais e de governança.


Fundos Internacionais

Outro tipo de Fundo de Investimento disponível no mercado, os Fundos Internacionais se diferenciam por ter como foco as operações com ativos estrangeiros. Isso significa que o portfólio é montado com total ou grande participação de investimentos de mercados externos.

Você pode investir em Fundos Internacionais sem sair do país. Portanto, não é necessário abrir conta em uma instituição estrangeira ou realizar transações em outras moedas. Tudo é feito de forma online e envolvendo apenas o Real.

Ou seja, o fundo é negociado no mercado nacional, mas o portfólio dele é composto por Ações, títulos ou derivativos de mercados de outros países. Essa pode ser uma forma simples de diversificar a carteira.

Além disso, eles também podem ter função de hedge (ou proteção) para o investidor. Como os ativos de outros países costumam ter baixa correlação com a bolsa brasileira, é esperado que eles tenham comportamento oposto aos ativos internos.


BDRs


O Brazilian Depositary Receipt (BDR), em Português Depósito de Valores Mobiliários, é mais um investimento emitido no Brasil. São instituições brasileiras que fazem a emissão, mas eles representam Ações de empresas estrangeiras ou outros ativos internacionais.

Cada BDR está vinculado aos ativos de outros países, mas é negociado na bolsa de valores do Brasil. Logo, toda a negociação também acontece dentro do país, assim como os Fundos Internacionais. Contudo, ao adquirir um BDR você não está comprando diretamente os ativos internacionais.

Os certificados são lastreados nos investimentos de outros países. Então os ativos ficam bloqueados, sob responsabilidade de um agente custodiante. A emissão dos BDRs é fiscalizada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Atualmente, os recibos podem ser adquiridos por qualquer investidor.

Avalie seu perfil e tolerância a riscos

O primeiro passo para buscar o investimento ideal para você é ter autoconhecimento. Sem isso, não é possível identificar quais são os seus desejos e expectativas em relação ao mercado. Claramente, as melhores escolhas são aquelas que satisfazem as suas necessidades.

Portanto, um conhecimento essencial para montar uma carteira adequada é saber o seu perfil de investidor. É ele que revelará sua tolerância aos riscos e, com isso, guiará suas decisões entre a renda fixa e a renda variável.

Existem três perfis de investidor: conservador, moderado e arrojado. O nível de abertura aos riscos é crescente, assim como o apetite por rentabilidade. Os conservadores, portanto, são investidores que focam na segurança e não tanto nos rendimentos.

Já os investidores moderados buscam equilibrar os dois fatores, procurando retornos mais significativos ao aumentar sua exposição ao risco. Por fim, o último grupo foca na rentabilidade, mesmo que isso signifique se expor a riscos mais elevados.

A relação inversa entre segurança e rentabilidade acontece porque o mercado financeiro funciona através da lógica de que investimentos de maior risco trazem oportunidades de retornos maiores. Mas, por conta dos riscos, os ganhos não são garantidos.


Defina objetivos

A definição dos seus objetivos é outro fator indispensável no momento de escolher os melhores investimentos para 2021. A sua carteira deve estar de acordo com o que você planeja para o futuro, independentemente se os planos são para o próximo ano ou para a aposentadoria.

Cabe ressaltar que o mercado financeiro é muito dinâmico e oferece opções para diferentes metas. Assim, o desafio é identificá-las e buscar os investimentos que combinam com cada uma e seu respectivo prazo.

As melhores aplicações para a reserva de emergência, por exemplo, provavelmente serão diferentes das mais adequadas para o projeto de comprar um carro. O mesmo vale para quem visa obter a independência financeira e viver de renda passiva.


Conheça os investimentos disponíveis

Após ler este e-book, você estará mais à vontade com este tópico.     Mas conhecer as alternativas que estão disponíveis no mercado é essencial. Sem isso, é muito mais difícil escolher os melhores investimentos de acordo com as suas características.

Para identificar os investimentos que estão disponíveis, você pode abrir conta em uma corretora de valores e conferir as opções que ela oferece. Na plataforma da Genial é possível encontrar diversos produtos de renda fixa e renda variável para fazer o seu dinheiro render.


Diversifique a carteira

Como você viu, existem diversos investimentos no mercado financeiro. Diante disso, você não precisa – e nem deve – investir em apenas um deles. A estratégia mais adequada é diversificar a carteira. Essa atitude é essencial para diluir os riscos do seu portfólio, pois colocar todo o dinheiro em apenas uma opção aumenta a vulnerabilidade. Portanto, o mais adequado é escolher alguns ativos financeiros e distribuir os aportes entre eles.

Assim, você monta uma carteira de investimentos mais equilibrada e não fica tão exposto aos riscos de um produto só. A estratégia também pode ajudar a obter rentabilidades melhores, sem se expor a riscos muito altos no geral.

Conclusão

Investir não é uma tarefa complicada quando temos conhecimento, organização e persistência. Lembre-se de que os melhores investimentos para 2021 são aqueles que atendem seus objetivos e seu perfil. Com isso, eles ajudam você a conquistar seus sonhos no curto, médio e longo prazo.

Se você ainda tiver dúvidas sobre onde e como investir e precisar de ajuda, pode seguir as análises e recomendações da equipe de análise da Genial Investimentos. Assim, encontrará boas oportunidades de investimento, especialmente na renda variável.

Sobre a Genial Investimentos

Somos uma plataforma de investimentos que tem como objetivo facilitar o acesso ao mercado financeiro e ampliar a educação financeira no Brasil.

Descomplicamos o mercado financeiro para você tomar boas decisões na hora de investir. Acreditamos que investir pode ser fácil e rápido.

Somos 100% digitais, mas sempre humanos.

Aqui, na Genial Investimentos, nosso principal investimento é sempre você! 

Abra sua conta conosco!

Capítulo 8

voltar para o sumário

descubra como fazer o seu dinheiro trabalhar para você neste ano!

Melhores investimentos para 2021:

Capítulo 7

voltar para o sumáriovoltar para o sumário