A liberação das contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) pelo Ministério da Economia é uma grande oportunidade para você usar um dinheiro que não estava contando e resolver pendências que ainda não tinha tirado do papel. 

Saiba de antemão que a poupança não é o melhor lugar para deixar o dinheiro do seu FGTS por causa da baixa rentabilidade. Atualmente, a caderneta rende 70% da taxa Selic, que está em 6,5%, + a Taxa Referencial, que há tempos está zerada. Então, a poupança rende hoje, aproximadamente, 4,55% ao ano. 

Aproveitando que você terá esse dinheiro extra, por que não aplicar em opções tão seguras quanto e muito mais rentáveis do que a poupança e o próprio FGTS? 

Aqui na Genial, há várias alternativas para investir esse dinheiro considerando todos os perfis de investidor. Veja abaixo:

Previdência privada 

Que tal aproveitar o recurso extra para investir pensando na aposentadoria? A Genial oferece fundos de Previdência Privada para todos os gostos e com os melhores gestores do mercado. Todos batendo a rentabilidade do FGTS. Nos últimos doze meses, as rentabilidades foram de 7,5%, de um fundo para perfil moderado, a 42%, de um fundo para perfil agressivo.  

Nos fundos, você pode escolher duas modalidades: PGBL e VGBL, com todas as vantagens tributárias que esses tipos de planos de previdência privada têm. Saiba qual escolher clicando abaixo.

Por que investir o FGTS pensando em aposentadoria

Quanto mais cedo começamos a investir para a aposentadoria, melhor. No mundo dos juros compostos das aplicações financeiras, o tempo é nosso melhor amigo, pois os rendimentos são potencializados.  

Quem começa a investir pouco a pouco, ainda jovem, terá mais tempo para fazer os recursos renderem, poderá tomar algum risco para obter ganhos maiores e precisará fazer um esforço menor do que quem deixa para começar a reserva perto de se aposentar.  

Para quem ganha acima do teto da Previdência Social, hoje em 5,8 mil reais, a aposentadoria do INSS provavelmente será insuficiente para manter um bom padrão de vida na terceira idade.  

Mesmo quem ganha abaixo do teto, mas acima de um salário mínimo, pode não se contentar com os ganhos. Até porque, nem sempre os gastos reduzem após a aposentadoria.  

Os gastos com saúde na terceira idade podem ser pesados por causa de planos de saúde e remédios, principalmente. 

Saiba mais conferindo a nossa Live: Onde investir o FGTS?

Tesouro Direto

Os títulos públicos, disponibilizados pelo Tesouro Direto, são ótimas opções se você tiver perfil mais conservador. O investimento na dívida do governo é considerado o mais seguro do mercado, ou seja, com o menor risco possível de calote do mercado.  

Além de seguro e extremamente acessível, o investimento no Tesouro Direto é muito mais rentável do que o FGTS e a poupança. Para os mais conservadores, é possível investir no título pós-fixado, conhecido como Tesouro Selic, que segue a rentabilidade da taxa Selic (6,5% ao ano).  

Quem tiver objetivos de médio prazo pode preferir os títulos prefixados, que vão de 5,8% a 7,1% ao ano. E para quem pensa mais a longo prazo, os títulos atrelados à inflação são os mais indicados, pois sempre acompanharão a inflação + uma taxa predefinida.  

A Genial é uma das agentes integradas ao Tesouro Direto. Isso quer dizer que, sendo cliente, você pode investir em títulos públicos somente por meio da plataforma da Genial de forma muito mais simples e rápida.  

Além disso, a Genial é uma das poucas instituições que não cobram nenhuma taxa pelo investimento no Tesouro Direto. Você só pagará a taxa de custódia obrigatória cobrada semestralmente (duas parcelas de 0,125%) pela B3, a Bolsa de Valores oficial do Brasil.

Fundos de investimento

Por aqui, é possível encontrar os melhores fundos de investimento do mercado. São fundos geridos pelas mais renomadas instituições financeiras do país para todos os perfis de investidor e todos os valores de investimento inicial, partindo de R$ 100.

Esse tipo de investimento é indicado para quem não tem muito conhecimento, quer mais comodidade para alocar o dinheiro e busca, no mínimo, rentabilidade acima de 100% do CDI.

Para os mais conservadores, há os fundos referenciados DI, que tentam seguir a rentabilidade aproximada da Selic e têm liquidez diária, ou seja, você pode resgatar quanto e quando quiser. São ideais para uma reserva de emergência, por exemplo.  
  
Há também fundos moderados, arrojados e agressivos para quem quer aproveitar a expectativa de queda da taxa Selic e, assim, arriscar um pouco mais para obter rentabilidades maiores. Para esses casos, procure fundos multimercados ou fundos de ações.

Fundos Imobiliários

Além dessas opções, os fundos imobiliários são acessíveis para você investir o seu FGTS. A maioria deles tem investimento inicial de R$ 100. Esse tipo de investimento pode lhe garantir uma rentabilidade mensal, como se você recebesse um aluguel. 

E, também, tem a possibilidade de você lucrar com a valorização das cotas e vender por um preço mais caro do que você pagou. Além disso, um dos grandes benefícios dos Fundos Imobiliários é que os dividendos, isto é, os pagamentos mensais, não são tributados.

Agora que você já sabe o que são as contas do FGTS e como saber o saldo delas, é hora de investir o dinheiro que você resgatou. Faça o dinheiro trabalhar por você nos melhores investimentos do mercado. Abra a sua conta na Genial Investimentos!

abra sua conta

Leonardo é jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, com passagens por grandes veículos da imprensa brasileira, como TV Cultura, Veja e Estadão. Especializou-se em jornalismo econômico, com aprovação pela FGV, no curso de trainee promovido pelo Grupo Estado.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *