Você tem ideia de quanto vale seu voto nessa eleição? Calma. Não se trata de compra de votos. Acertar a tendência dos votos dos brasileiros, nesta eleição tão indefinida, está valendo uma nota.

Analistas políticos arriscam afirmar que o eleitor anseia por um nome novo, um outsider; que anda cansado dos políticos tradicionais; que isto seria reflexo dos escândalos de corrupção. Afirmação que soa incoerente, já que o líder nas pesquisas foi condenado sob a acusação de corrupção. Isto é só uma gota nesse mar de idiossincrasias, de incertezas.

Alberto Carlos de Almeida, no livro “O Voto do Brasileiro”, recém lançado pela editora Record, depois de mapear os votos dos brasileiros nas últimas eleições, defende a tese de que, também desta vez, haverá uma polarização entre PT e PMDB. Sem dúvida uma tese ousada, tendo em vista que ambos os partidos estão envolvidos em investigações criminais, como a Lava Jato.

“A extensão territorial do Brasil combinada com a quantidade de eleitores cria uma formidável barreira à entrada de qualquer candidato que não seja nem do PT nem do PSDB”, diz o autor.

São muitas as teses que circulam hoje entre analistas políticos e os investidores estão atentos, acompanhando cada uma delas. Isso porque, os preços dos principais ativos brasileiros vão refletir os avanços e recuos dos candidatos nas pesquisas eleitorais.

Candidatos com discursos populistas e que mostrem pouco respeito às contas públicas tendem a tirar valor dos ativos brasileiros. Ou seja, nesse cenário a probabilidade é de que o dólar dispare, a bolsa caia e os juros subam.

Já candidatos fiscalmente responsáveis e que mostrem condições de arrebatar uma base no Congresso que permita aprovar as principais reformas brasileiras darão um combustível aos ativos brasileiros como há muito tempo não se vê.

Até ficar claro qual será o perfil do próximo presidente, no entanto, é de se esperar uma deterioração no preço dos ativos brasileiros e, você sabe, comprar na baixa é um bom começo para aquele investidor que tem tempo e nervos de aço.

Mara Luquet

Mara Luquet

Idealizadora do MyNews, primeiro canal de jornalismo feito exclusivamente para o YouTube, Mara é jornalista especialista em economia e investimentos. Tem passagens pelos jornais Valor Econômico, Folha de S. Paulo e revista Veja, além de ter sido colunista da CBN e comentarista de jornais da Globo e GloboNews. Apresenta o programa “Economia é Genial” todas as quintas-feiras no canal MyNews, às 20h30.

Deixar um comentário