O Ibovespa, principal índice que mede o desempenho da Bolsa brasileira, mostrou acomodação depois da disparada dos últimos dois dias. O indicador teve leve queda de 0,13% e fechou perto da estabilidade, na casa dos 94.000 pontos, entre a cautela externa com a guerra comercial entre EUA e China e a percepção de alívio no cenário político com o andamento da reforma da Previdência no Congresso, apesar dos esforços do governo serem nulos no momento.

Segundo o estrategista da Genial Investimentos, Filipe Villegas, o impacto positivo da votação de medidas provisórias foi visto especificamente na Gol e Sabesp, que subiram forte. Outro destaque foi a disparada da Natura, que, ao final da tarde, confirmou compra da Avon por meio de troca de ações.

O dólar oscilou mais perto da estabilidade num pregão onde não houve notícia específica que justificasse o comportamento mais comedido dos ativos no período da tarde. CCJ da Câmara aprovou projeto de reforma tributária, o que é considerada uma boa notícia para o mercado. No entanto, não houve grandes reações em torno disso. Os ativos também não reagiram à nova ata do Fed, que renovou sinalização de “paciência”, sem dar sinais de corte de juros.

Confira abaixo o desempenho das principais empresas da Bolsa brasileira:

? Maiores altas do Ibovespa:

  • Natura (NATU3) / R$ 61,50 / +9,43%
  • Gol (GOLL4) / R$ 23,55 / +5,61%
  • Sabesp (SBSP3) / R$ 42,50 / +3,91%
  • CSN (CSNA3) / R$ 17,14 / +3,13%
  • Cielo (CIEL3) / R$ 7,30 / +2,96%

? Maiores baixas do Ibovespa:

  • B2W (BTOW3) / R$ 33,30 / -3,76%
  • Marfrig (MRFG3) / R$ 6,83 / -2,98%
  • Ecorodovias (ECOR3) / R$ 8,58 / -2,39%
  • BR Distrib. (BRDT3) / R$ 23,00 / -1,84%
  • CCR (CCRO3) / R$ 12,57 / -1,80%

abra sua conta

 

Leonardo é jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, com passagens por grandes veículos da imprensa brasileira, como TV Cultura, Veja e Estadão. Especializou-se em jornalismo econômico, com aprovação pela FGV, no curso de trainee promovido pelo Grupo Estado.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *