O mercado financeiro no Brasil vem sofrendo impactos negativos por conta do receio no âmbito político-econômico. Nesta sexta-feira, a Bolsa teve sua terceira queda consecutiva, causando novo recorde negativo em 2019. O Ibovespa, índice que mede o desempenho geral das ações listadas, caiu 0,04% e fechou abaixo dos 90 mil pontos, mais precisamente em 89.993 pontos.

A análise do estrategista da genial Investimentos, Filipe Villegas, é de que a semana teve desempenho abaixo do esperado. Nesta sexta, “a Bolsa passou a cair à tarde, junto com a piora das bolsas americanas, embora tenha buscado a estabilidade no fechamento, num dia de estresse para câmbio e juros, em meio ao cenário de incerteza política e econômica”, explica Villegas. No mercado estrangeiro, as preocupações sobre a guerra comercial ainda persistem.

A pressão em cima do governo vem de todos os lados, mas principalmente do mercado financeiro, dos apoiadores assíduos que esperam uma definição mais clara da reforma da Previdência e dos estudantes que protestam contra os cortes na Educação.

“Não era um tsunami, como Bolsonaro havia alertado, foram vários nesta semana”, explica Filipe Villegas. O maior dos problemas, agora, parece ser a notícia de que o Centrão do Congresso Nacional decidiu apresentar uma proposta alternativa da reforma da Previdência, em retaliação à forma como o presidente trata o Parlamento. A crise política se alastra e afeta cada vez mais a economia, colocando o dólar em seu maior patamar frente ao real. A moeda americana fechou em R$ 4,1, também pelo receio dos investidores em relação à situação brasileira.

Veja abaixo as maiores altas e maiores baixas do Ibovespa nesta sexta-feira:

📈 Maiores altas do Ibovespa:

  • Suzano (SUZB3) / R$ 38,00 / +6,09%
  • Embraer (EMBR3) / R$ 18,15 / +4,13%
  • JBS (JBSS3) / R$ 23,57 / +3,88%
  • Natura (NATU3) / R$ 53,80 / +3,07%
  • Vale (VALE3) / R$ 47,72 / +2,84%

📉 Maiores baixas do Ibovespa:

  • Cielo (CIEL3) / R$ 6,84 / -4,34%
  • Ultrapar (UGPA3) / R$ 19,37 / -4,30%
  • Engie (EGIE3) / R$ 40,25 / -3,15%
  • CVC (CVCB3) / R$ 46,43 / -3,07%
  • Cosan (CSAN3) / R$ 42,27 / -3,05%

abra sua conta

Leonardo Pinto

Leonardo Pinto

Leonardo é jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, com passagens por grandes veículos da imprensa brasileira, como TV Cultura, Veja e Estadão. Especializou-se em jornalismo econômico, com aprovação pela FGV, no curso de trainee promovido pelo Grupo Estado.

Deixar um comentário