“Há turbulência, mas o avião não vai cair”. A frase é do ministro Luis Roberto Barroso e foi dita na semana passada a uma plateia em Boston, no MIT, durante a Brazil Conference 2018.

Não se trata de uma previsão econômica, o ministro se referia a tensão política que vive o Brasil. Mas os investidores podem fazer uso da metáfora do ministro. Abril deu início a oscilação de preços de diversos ativos brasileiros que começam a refletir a campanha eleitoral que se inicia. Mas, que fique bem claro, é só o início.

Os analistas de investimento dizem que quando as pesquisas começarem a mostrar de fato os candidatos que têm a chance de comandar o país a partir do próximo ano aí sim a turbulência será intensa.

Ventos de fora

Some-se aos nossos próprios desafios políticos, a guerra comercial entre Estados Unidos e China. Uma guerra que pode tomar proporções sem precedentes e que tem preocupado seriamente mesmo os mais otimistas.

Uma guerra sem precedentes históricos entre as duas maiores economias do planeta pode ser o catalisador de uma onda de venda de ativos nos mercados emergentes, como o brasileiro, mas nesse caso a história não serve como guia.

A única certeza para os investidores, portanto, é que a turbulência voltou aos mercados e no radar já é possível ver sinais de mais instabilidade.

Oportunidade

A boa notícia é que momentos como esses podem gerar muitas oportunidades de ganhos para aqueles que se prepararam adequadamente.

Como bem disse o ministro Barroso, a turbulência não derruba o avião. Mas a tripulação recomenda apertar os cintos de segurança nessas ocasiões.

Nos investimentos, a metáfora pode ser traduzida em três pontos:

  1. Tenha os recursos ao alcance da mão para conseguir aproveitar as oportunidades que certamente aparecerão, ou seja, priorize aplicações com liquidez, como Tesouro Selic, fundos DI ou CDB pós-fixado;
  2. Certifique-se de que está com um piloto de confiança, no caso, uma corretora ou um consultor que seja ágil, tenha um bom time de análise e consiga ajudá-lo a detectar as oportunidades em meio ao pânico.
  3. Não tenha medo de ir contra a maioria quando as oportunidades aparecerem, os investidores de sucesso costumam dizer que uma forma garantida de ganhar dinheiro é comprar na baixa e vender na alta, que na prática significa comprar quando a maioria está desesperada e vender quando a massa está eufórica.

* Mara Luquet escreve todas as quartas-feiras para o blog GENIAL. Este artigo reflete as opiniões de seu autor, não necessariamente as da Genial Investimentos.

Idealizadora do MyNews, primeiro canal de jornalismo feito exclusivamente para o YouTube, Mara é jornalista especialista em economia e investimentos. Tem passagens pelos jornais Valor Econômico, Folha de S. Paulo e revista Veja, além de ter sido colunista da CBN e comentarista de jornais da Globo e GloboNews. Apresenta o programa “Economia é Genial” todas as quintas-feiras no canal MyNews, às 20h30.

Contentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *