Os consultores de investimento da Genial Investimentos, plataforma de investimentos à qual pertence ao Grupo Plural, montaram uma planilha de gastos no Excel para ajudar seus clientes a fazerem seu planejamento financeiro.

Agora, a disponibilizamos para qualquer pessoa que queira começar a controlar suas finanças. Nossa planilha financeira serve tanto para anotar receitas e despesas como para montar o orçamento familiar.

A organização financeira é o primeiro passo para quem quer poupar e investir para realizar seus sonhos. Esse processo tem basicamente duas fases: a primeira é o diagnóstico da situação financeira; a segunda é a montagem do orçamento pessoal.

O diagnóstico consiste em verificar para onde seu dinheiro está indo e se é possível cortar o ou reduzir algum gasto.

Para isso, é preciso anotar receitas e despesas por alguns meses, até notar um certo padrão. O objetivo é abrir um espaço no orçamento doméstico para pagar as dívidas ou investir.

como começar a investir

Já a montagem do orçamento consiste em estimar receitas e despesas dali para a frente, separando-se a quantia que deve ser destinada à quitação das dívidas ou aos investimentos.

Como usar a planilha de gastos

Nossa planilha de orçamento é completamente editável para atender às suas necessidades.

Mas ela se divide em categorias que podem ajudar você na hora de cortar, reduzir ou readequar o orçamento pessoal:

Receitas: todas as suas fontes de receita, como salário, aluguéis recebidos, pensões, horas extras e assim por diante;

Investimentos: o montante mensal que você deseja destinar a cada tipo de investimento, como ações, Tesouro Direto, renda fixa etc.;

Despesas fixas: aquelas que custam o mesmo todos os meses, como aluguel, condomínio, prestação da casa própria, diarista, plano de saúde, escola dos filhos, entre outras;

Despesas variáveis: aquelas que ocorrem todos os meses, mas que podem ser evitadas ou reduzidas, como luz, gás, supermercado, transporte público, cabeleireiro, entre outras;

Despesas extras: despesas extraordinárias, mas necessárias, para as quais é preciso estar preparado, como consultas médicas, consertos em casa, manutenção do carro, material escolar dos filhos etc.;

Despesas adicionais: aquelas que não precisam acontecer todos os meses e não são fundamentais, como os gastos com lazer (viagens, cinema, restaurantes etc.), vestuário e presentes.

As despesas fixas são geralmente essenciais e não podem ser cortadas ou reduzidas; muitas das despesas variáveis, embora fundamentais, podem ser reduzidas quando necessário.

Já as despesas extras, embora ocasionais, são de extrema importância, então é importante poupar para elas; e as despesas adicionais, embora importantes, não são essenciais, podendo ser cortadas ou reduzidas quando necessário.

Se você precisar de ajuda para preencher nossa planilha de controle financeiro e planejar o orçamento clique aqui, este post pode te ajudar.

abra sua conta

Publicado por Genial

A Genial é a plataforma de investimentos que está democratizando o acesso aos melhores produtos do mercado, de forma simples, ágil e eficiente, através de uma assessoria financeira isenta, transparente e qualificada.

Contentários