O fundo imobiliário Malls Brasil Plural (MALL11) fechou seu primeiro mês de negociação na bolsa com valorização de 3,70% nas suas cotas. O fundo estreou na bolsa em 18 de dezembro de 2017, após ter captado cerca de 200 milhões de reais em sua primeira oferta pública de cotas.

O fundo de investimento imobiliário (FII) é gerido e administrado por empresas do grupo Brasil Plural, ao qual também pertence a GENIAL Investimentos. Ele utilizou os recursos captados para adquirir o Maceió Shopping, tradicional shopping center da capital alagoana.

No seu primeiro mês de negociação, o fundo teve liquidez acima do esperado, chegando a negociar, em muitos dias, uma quantia entre 500 mil e um milhão de reais. É uma liquidez equivalente à dos 20 fundos mais negociados do IFIX, índice que mensura o desempenho dos fundos imobiliários abertos em bolsa.

A valorização da cota, em certos dias, chegou a bater os 5% em relação ao primeiro dia de negociação. Algumas corretoras até incluíram o MALL11 em suas carteiras recomendadas de fundos imobiliários.

Como em toda oferta pública de FII, os investidores do Malls Brasil Plural tiveram um prazo para reservar suas cotas, que foi de 8 de novembro a 8 de dezembro do ano passado. Após esse período, a captação foi encerrada. A liquidação financeira ocorreu em 14 de dezembro.

Quem não conseguiu participar da oferta pública teve a oportunidade de comprar cotas na bolsa, neste primeiro mês de negociação. Cotistas que quiseram vender suas cotas também puderam fazê-lo dessa maneira.

Isso ocorre porque fundos imobiliários são fundos fechados, isto é, não aceitam aplicações e resgates. Fora do período de reserva, a única forma de entrar e sair do fundo é por meio da negociação direta entre os cotistas.

Saiba mais sobre as como investir em fundos imobiliários: as duas formas de virar cotista.


Fundo fará novas ofertas públicas

O FII Malls Brasil Plural é um fundo multiativo, de gestão ativa e focado na geração de renda. Em outras palavras, sua estratégia consiste em adquirir diversos shopping centers com bom potencial de geração de renda por meio de aluguéis.

O primeiro pagamento de rendimentos ainda não ocorreu. A distribuição dos rendimentos referentes aos aluguéis de janeiro ocorrerá até o décimo dia útil de fevereiro. Lembrando que os rendimentos são isentos de imposto de renda, como na maioria dos fundos imobiliários.

A captação inicial de quase 200 milhões de reais foi destinada à compra de apenas um imóvel por enquanto. O Maceió Shopping é o melhor shopping center dentre aqueles que foram avaliados pela gestão do fundo.

Trata-se de um ativo já consolidado, com taxa de ocupação próxima de 98%, isto é, quase integralmente locado. Foi o primeiro shopping center de Maceió, localizado na região central da cidade, próximo aos bairros nobres de Ponta Verde e Pajuçara. Inaugurado em 1989, passou recentemente por uma expansão e revitalização.

Futuramente, o Malls Brasil Plural fará a aquisição de outros shopping centers. Para isso, fará novas ofertas públicas em 2018 para captar mais recursos. Os ativos já estão sendo avaliados pela gestão do fundo.

As novas ofertas públicas funcionarão de maneira semelhante à oferta inicial: os investidores interessados terão um prazo para reservar as cotas, findo o qual elas passarão a ser negociadas em bolsa.

As taxas de gestão e administração do fundo totalizam 0,5% ao ano, abaixo da média de FII comparáveis, que fica entre 1,0% e 1,5% ao ano. Taxas baixas comem menos a rentabilidade do cotista e permitem ao fundo adquirir shoppings de maior qualidade.

Fundos imobiliários têm apresentado bom desempenho

Fundos de shopping são bastante interessantes para quem deseja receber rendimentos periódicos com aluguel. O setor é resiliente, e os imóveis já são naturalmente diversificados. Um único shopping já tem inúmeros inquilinos, o que reduz o risco relativo à inadimplência e à vacância.

Além disso, os contratos de aluguel são de longo prazo e uma parte do aluguel é variável, atrelada às receitas dos locatários. Isso permite que a rentabilidade desses fundos aumente quando o setor se sai melhor, possibilitando, por exemplo, uma captura da recuperação econômica brasileira, caso ela de fato engrene.

Os fundos imobiliários em geral continuam se saindo bem, dadas a queda na taxa básica de juros e as perspectivas de recuperação econômica. Assim, seus rendimentos se tornaram atrativos, o que aumentou a demanda e impulsionou a valorização das cotas em bolsa.

Saiba mais sobre as características e as vantagens dos fundos imobiliários de shopping centers e entenda por que os fundos imobiliários voltaram a ser atrativos.

Ainda não é cliente GENIAL? Veja como podemos ajudar você a investir melhor o seu dinheiro.

Crédito da foto: Divulgação.

Publicado por Genial

A Genial é a plataforma de investimentos que está democratizando o acesso aos melhores produtos do mercado, de forma simples, ágil e eficiente, através de uma assessoria financeira isenta, transparente e qualificada.

Contentários