Sextou! Estamos aqui com mais uma edição da nossa news diária para te deixar sempre informado sobre tudo que movimenta o mercado! Vem com a gente!

👎 Water Labbu rouba ativos de outros ladrões

Você provavelmente já deve ter escutado o ditado “ladrão que rouba ladrão tem 100 anos de perdão” mas esse definitivamente não é o caso 🤡 

Apesar de extremamente revolucionário, o mundo das finanças digitais ainda é alvo de muitos golpistas que usam técnicas de engenharia social para roubar dinheiro de pessoas inocentes. O esquema agora foi além, um usuário ou grupo de usuários conhecido como “Water Labbu”  identificou golpistas para roubar os criptoativos que eles já haviam roubado. 

Em vez de criar seus próprios sites fraudulentos para empregar golpes, o Water Labbu comprometeu sites de outros golpistas que estavam se passando por aplicativos descentralizados legítimos (dApps) e injetou um código JavaScript malicioso neles. Golpe em cima de golpe…

Infelizmente nada mudou para as vítimas do golpista original, que ainda foram roubadas no final das contas. A única diferença é que o Water Labbu começou a roubar criptomoedas dos fraudadores, desviando os fundos para suas próprias carteiras. De todo modo, fica o alerta para tomarem cuidado com a legitimidade dos sites que acessam para investir.

📱 PIX mais popular entre os mais jovens

Os mais jovens são os que mais aderiram ao PIX, sistema de transferências gratuito e instantâneo de recursos iniciado o fim de 2020. A informação é do Banco Central, que divulgou seu Relatório de Economia Bancária de 2021.

O relatório demonstrou que, exceto o grupo entre 15 e 24 anos, conforme a idade da população aumenta, o uso do PIX diminui, assim como o uso de TED (transferências entre bancos não gratuitas).

Foi observada também uma “forte substituição” do uso de TED pelo PIX, assim como uma clara diferença dos valores médios transacionados no PIX, que geralmente é utilizado para valores mais baixos.

👀 Um terço do planeta em recessão em 2023

De acordo com a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, o próximo ano deve ser difícil para a economia mundial, com pelo menos um terço do planeta entrando em recessão,

A fala de Georgieva foi feita dias antes da divulgação do relatório de projeções econômicas da instituição para o próximo ano, e indica previsões para baixo sobre o crescimento da economia mundial.

Segundo Georgieva, “múltiplos choques” mundiais, como a invasão da Ucrânia pela Rússia, os altos preços de energia e alimentos e as pressões inflacionárias persistentes são as principais razões para uma perspectiva negativa da economia para o próximo ano.

Leia também

Após bloqueio no MEC, reitores de universidades dizem que terão de ‘cortar no osso’: limpeza, restaurante, luz, água e bolsas estudantis

Embraer fecha acordo para venda de até 12 jatos em negócio de US$ 934,6 milhões

Saques da poupança superam depósitos em R$ 5,9 bilhões em setembro, diz BC

Vexter

Genial Investimentos

Somos uma plataforma de investimentos que tem como objetivo facilitar o acesso ao mercado financeiro e ampliar a educação financeira no Brasil.

Ver todos os artigos
Lançamento App 30

Navegação rápida

O link do artigo foi copiado!