A esperada atualização do Ethereum 2.0 está chegando ao seu lançamento e nós iremos te dar mais detalhes sobre o assunto nesse artigo.

A segunda maior criptomoeda do mundo, a Ethereum, vem roubando a cena no mercado de criptos e chama a atenção para a sua maior atualização, chamada Ethereum 2.0. 

Essa atualização consiste em migrar a criptomoeda para o sistema de consenso proof of stake (ou PoS, na sigla em inglês), uma forma de uma pessoa com uma certa quantidade “tokens” conseguir utilizar suas criptomoedas por um tempo determinado e validar transações. 

O que é o ethereum 2.0? 

Ethereum 2.0, também conhecido como Eth2 ou “Serenity”, é uma atualização para o blockchain Ethereum. A atualização visa aumentar a velocidade, eficiência e escalabilidade da rede Ethereum para que ela possa processar mais transações e aliviar gargalos.

Mas a Eth2 também não existe totalmente – em janeiro de 2022, a Ethereum Foundation disse que deixaria de se referir à atualização como Ethereum 2.0. A nova marca pretende refletir o fato de que o que foi anteriormente chamado de Ethereum 2.0 é uma atualização de rede e não uma nova rede. 

Assim, a Eth1 agora é conhecida como a “camada de execução”, onde residem os contratos inteligentes e as regras de rede, enquanto a Eth2 é chamada de “camada de consenso”, que garante que os dispositivos que contribuem para a rede estejam agindo de acordo com suas regras.

Quando o ethereum 2.0 chega para o público? 

O Ethereum 2.0 está sendo lançado em várias fases, com a primeira atualização, chamada Beacon Chain, lançada em 1º de dezembro de 2020. 

A Beacon Chain introduz o staking nativo ao blockchain Ethereum, um recurso fundamental da mudança da rede para um mecanismo de consenso PoS. Como o nome sugere, é uma blockchain separada da rede principal Ethereum.

A segunda fase, chamada “The Merge” (a fusão, em tradução livre), está prevista para o primeiro ou segundo trimestre de 2022 e fundirá a Beacon Chain com a rede principal Ethereum.

A fase final são as cadeias de fragmentos, que desempenharão um papel fundamental no dimensionamento da rede Ethereum. Em vez de liquidar todas as operações em um único blockchain, as cadeias de fragmentos espalham essas operações em 64 novas cadeias.

A atualização completa para o Ethereum 2.0 deve ocorrer até 2023, de acordo com a Ethereum Foundation.

O que muda entre o ethereum e o ethereum 2.0? 

A principal diferença é o “mecanismo de consenso” utilizado (confirmação de uma transação). O Ethereum usa prova de trabalho (PoW), enquanto o Ethereum 2.0 usará prova de participação (PoS).

O mecanismo Proof of Work PoW em sua forma atual é um processo computacional e intensivo em energia, resolvendo um quebra-cabeça matemático complexo atualmente usado pelos mineradores de Ethereum para validação de transações. 

O mineiro mais rápido para resolver o quebra-cabeça recebe uma recompensa. Espera-se que o mecanismo PoW promova a inovação no setor de energia renovável.

No Proof of Stake, as transações são verificadas pelos validadores em vez dos mineradores. PoS é mais eficiente em termos de energia do que PoW porque proteger uma blockchain por PoS usa muito menos poder de computação para a criação de blocos. 

A Ethereum Foundation estima que o Ethereum 2.0 usará 99,95% menos energia do que o ETH 1.0.

Você já sabia dessas atualizações da rede Ethereum? Conta para a gente nos comentários!

Vexter

Genial Investimentos

Somos uma plataforma de investimentos que tem como objetivo facilitar o acesso ao mercado financeiro e ampliar a educação financeira no Brasil.

Ver todos os artigos
E-book Trader

Navegação rápida

O link do artigo foi copiado!

Planilha Comparativa de Renda Fixa