Ano novo, vida nova e com ela uma nova oportunidade para deixar sua carteira de investimentos mais diversificada e rentável! Neste artigo, vamos te dar um panorama de como foi 2021, e quais são os melhores investimentos para ficar de olho em 2022. 

Boa leitura!

Investimentos em 2022

O ano de 2021 foi um ano positivo, no âmbito do número de pessoas investindo, mas também, desafiador para os investidores. 

Se por um lado, batemos o recorde de investidores na B3, vendo um amadurecimento econômico das pessoas de nosso país, buscando cada vez mais a sua independência financeira e um mercado de ações que passou por importantes transformações, e ficando mais acessível.

Por outro, no entanto, acompanhamos grandes companhias de bens de consumo sofrerem quedas bruscas em suas ações, vivenciamos uma forte volatilidade econômica e um cenário menos otimista, do que o previsto no final de 2020. Resultando assim, em uma queda de quase 12% da Ibovespa, um salto da taxa Selic. 

Como a taxa Selic é definida e seu impacto econômico

A Taxa Selic, Sistema Especial de Liquidação e de Custódia, é o principal instrumento de política monetária para controlar a inflação e influencia diversos aspectos da economia, como a taxa de juros no seu cartão, a taxa de financiamentos, entre outros. 

Quando a taxa sobe, os juros cobrados em financiamentos, empréstimos e no cartão ficam mais altos e isso desestimula o consumo, estimulado assim a queda na inflação. Por outro lado, se a inflação está baixa e o Banco Central reduz os juros, barateando os empréstimos e estimulando o consumo.

Para 2021, a meta central de inflação foi de 3,75%, com teto de até 5,5%. Porém fechamos o ano com 10,06%, a maior alta desde 2015.

Uma das razões que podem explicar a disparada da inflação são a alta de commodities, a desvalorização do real frente ao dólar e a crise hídrica, que fez disparar o preço das contas de luz. Diante disso, os investidores em ações de bens de consumo, tiveram dificuldade em obter um retorno real, acima da inflação, de suas aplicações. 

As exceções foram os investidores de criptomoedas, como o Bitcoin e quem investiu em recibos de ações estrangeiras na bolsa, os BDRs (Brazilian Depositary Receipts). Pois esses ativos não são impactados com a inflação do mercado nacional. 

Melhores investimentos para ficar de olho em 2022

E os investimentos para 2022 seguem a previsão de continuarmos em um cenário volátil. Com eleições presidenciais à frente e um possível risco fiscal bastante elevado, a nova variante do covid-19, Ômicron, é certo que o crescimento não virá sem esforço. 

De acordo com análises do Fundo Monetário Internacional (FMI) e de consultorias brasileiras, nossa economia deverá crescer entre 0,8% e 1,9% em 2022. Já a média de crescimento para os países emergentes está com previsão de 5,1%.

Apesar disso, a maior parte dos analistas acredita que o Ibovespa deve registrar ganhos em 2022 após fechar o ano passado a 104.822 pontos. A perspectiva positiva ocorre em meio à avaliação de que o Ibovespa está com uma relação de valor sobre risco convidativa. A média é de um índice fechando o ano a 125.800 pontos, ou uma alta de 20% em relação ao fechamento do ano passado.

Levando em consideração a volatilidade do mercado, mas a perspectiva positiva dos analistas, veja quais podem ser alternativas para você investir em 2022:

Renda fixa

Com a Selic em alta, os ativos de renda fixa passas a ser uma ótimas alternativas de investimentos para 2022. Afinal, os títulos prefixados, pós-fixados e híbridos tendem a render mais nesse cenário. Entre as oportunidades, estão:

Tesouro Selic

O Tesouro Selic é um tipo de título público emitido pelo Tesouro Nacional para o Governo Federal captar recursos. Ele é negociado em uma plataforma conhecida como Tesouro Direto e é uma aplicação pós-fixada.

Esse investimento rende de acordo com a taxa Selic. Com a taxa em alta, o retorno também aumenta. Já a liquidez é diária, pois há a garantia de recompra dos títulos a qualquer momento. Em relação à segurança, é considerado o investimento mais conservador do país, pois garante integralmente os títulos. 

Tesouro Prefixado

O Tesouro Prefixado rende com base em uma taxa fixa, definida previamente. Em relação à liquidez e segurança, tem as mesmas características do Tesouro Selic.

Contudo, observe que esse é um título sujeito à marcação a mercado. Se a tendência é de aumento de juros, a marcação faz com que os títulos já emitidos se desvalorizem e vice-versa. Assim, o preço depende das perspectivas de mercado e do comportamento da taxa de juros. 

Portanto, esse investimento pode ser uma alternativa para aproveitar a Selic mais alta, já que esse avanço se reflete nas taxas fixas oferecidas. Porém, é preciso levá-lo ao vencimento para garantir o retorno definido inicialmente.

Fundos de inflação

Como você viu, investir de modo atrelado à inflação pode ser uma alternativa para 2022, é uma forma de proteger o poder de compra e pode ser uma decisão adequada para o longo prazo.

Os fundos de inflação alocam a maior parte dos recursos em títulos públicos que seguem os índices de inflação no Brasil. Logo, ajudam a proteger o patrimônio da perda de valor do dinheiro.

Essa é uma alternativa que costuma ter um prazo maior e cujos títulos sofrem efeitos da marcação a mercado. Porém, pode ajudar a diversificar a carteira e a atender a esse objetivo de proteção.

Renda variável

Com o aumento de juros, a renda variável pode se tornar menos atraente, considerando a relação de risco e retorno.  Contudo, vale lembrar que o investimento em renda variável costuma ser feito em longo prazo, pois isso ajuda a diluir os riscos.

 Sendo assim, mesmo com o cenário de alta de juros de 2022, a classe pode trazer oportunidades.

Ações

As ações são pequenas partes do capital social de uma empresa e são negociadas na bolsa de valores. Ao adquiri-las, você passa a participar dos resultados do negócio escolhido. Nesses ativos, existem duas principais formas de obter retorno.

A primeira é na venda dos papéis por um preço maior que o de compra. Também há a chance de obter proventos, como os dividendos. Eles correspondem a uma parcela do lucro líquido dividida proporcionalmente entre os investidores.

Para o investidor, pode ser um bom momento de encontrar ações baratas (descontadas) e aproveitar uma possível valorização futura. No entanto, é importante realizar uma análise para embasar a sua escolha. Assim, é possível encontrar empresas sólidas e com boas perspectivas quanto ao futuro.

Também é interessante trazer o comportamento financeiro da diversificação nesse investimento. Se você alocar seu dinheiro em apenas uma empresa ou segmento, os riscos são maiores. Por isso, ao montar uma carteira de ações, vale a pena diversificar entre companhias e setores de atuação.

Fundos de investimento

Os fundos de investimento de renda variável se dividem entre os que têm cotas negociadas na bolsa e os que são disponibilizados na plataforma da sua instituição financeira.

Se você quer decidir onde investir na bolsa de valores, os fundos imobiliários (FIIs), como títulos de renda fixa, imóveis físicos, cotas de outros FIIs. Como também nos fundos de índice (ETFs) que replicam a carteira teórica de um indicador de mercado nacional ou internacional. Com isso, você pode obter um desempenho equivalente ao do índice, antes de taxas e impostos.

Também existem fundos de ações, fundos cambiais, que acompanham a variação do câmbio, e fundos internacionais, cujo o foco está em ativos com exposição ao mercado externo, o que pode favorecer sua diversificação. Ainda, existem os fundos multimercados que não precisam seguir regras de alocação mínima dos recursos. 

Investimentos alternativos

Outra possibilidade que pode fazer parte da sua carteira de investimentos em 2022 é a de investimentos alternativos. Eles são diferentes das opções já consolidadas no mercado, como é o caso das ações e dos fundos de investimento. Um exemplo comum de investimento alternativo são as criptomoedas. Os criptoativos podem ser opções de curto e médio prazo para quem tem um perfil mais tolerante ao risco.

Seja em um momento de queda ou alta dos juros, dinheiro investido é sempre melhor do que dinheiro parado. Então, neste novo ano que se inicia, você, investidor, júnior ou sênior encontrará boas opções de produtos no mercado financeiro.

Conta para gente, de acordo com o seu perfil investidor, quais tipos de investimento você está planejando adicionar na sua carteira?

Vexter

Genial Investimentos

Somos uma plataforma de investimentos que tem como objetivo facilitar o acesso ao mercado financeiro e ampliar a educação financeira no Brasil.

Ver todos os artigos
Campanha Institucional - Ativação - Abra sua conta

Navegação rápida

O link do artigo foi copiado!