Ninguém deseja perder ao operar na bolsa de valores, mas nem sempre isso pode ser evitado. Em operações mais afetadas pela volatilidade, como o day trade, é necessário estar preparado para os resultados negativos. Para controlá-los, é possível usar o stop loss. 

Esse mecanismo permite que você se proteja de perdas muito elevadas, pois funciona de maneira automática e de acordo com a sua configuração. Ao saber como ele pode ajudar e a maneira de usá-lo, suas operações de especulação poderão ter uma gestão de riscos melhor. 

Na sequência, nós, da Genial Investimentos, trouxemos as principais informações sobre o stop loss e seu funcionamento. Confira! 

O que é o stop loss? 

Em tradução livre, o significado de stop loss pode ser apresentado como “interromper ou parar a perda”. No mercado financeiro, o stop loss é um mecanismo que executa uma ordem automática de fechamento de posição quando um limite de perda é alcançado. 

Portanto, ele depende do estabelecimento de uma perda máxima — cadastrando um preço que seja considerado tolerável por quem opera com a renda variável. Caso as condições sejam atingidas, o acionamento do recurso acontece de maneira automática. 

Como funciona esse mecanismo? 

O stop loss é definido de modo personalizado por cada operador. Logo, tudo começa com uma determinação sobre o limite máximo de perda que você considera confortável em determinada operação na bolsa de valores. 

Em uma operação comprada, por exemplo, é possível estabelecer um volume máximo de perda para o caso de a ação sofrer uma queda. O stop pode ser configurado diretamente no home broker, que costuma contar com esse recurso integrado. 

Depois de estabelecer o limite, ele será usado para encerrar sua posição, caso o preço o atinja. Para quem opera comprado, o encerramento consiste na venda do ativo ou produto financeiro. Porém, para quem opera vendido, o stop loss age pela emissão de ordem de compra. 

Como essa ordem de compra ou venda é automatizada, ela não exige qualquer interferência da sua parte. Por isso, é uma forma de acompanhar as condições do mercado mesmo sem estar online. 

Para que serve o stop loss? 

A principal função do stop loss é evitar que a perda de dinheiro na bolsa de valores ocorra de maneira indefinida, sem qualquer tipo de limite. Em algumas operações, as perdas podem se acumular em níveis muito elevados, comprometendo suas finanças e o alcance de objetivos. 

Pense, por exemplo, em alguém que opera vendido e pretende fechar a posição no mesmo pregão. Porém, a ação passa por um processo atípico de valorização, conhecido como short squeeze. Como não há um teto para o preço da ação, o limite de perda é infinito. 

O stop loss serve, justamente, para gerar um controle sobre o tamanho do prejuízo. Embora perder dinheiro na bolsa não seja desejável, é preciso saber que os riscos existem. Assim, o mecanismo permite que você só perca o que julgar aceitável. 

Além disso, o stop loss ajuda a evitar a ocorrência da chamada zeragem automática. O processo se dá quando a corretora de valores é obrigada a fechar suas posições porque o prejuízo ultrapassou limites da sua margem de garantia. 

A situação se dá quando um operador de day trade não encerra a posição antes do horário-limite ou quando toda a margem de garantia é consumida. Sendo zerado automaticamente, o trader é cobrado pela corretora. Com o stop loss, é possível limitar as perdas para que a margem não seja completamente usada, evitando a situação. 

Quando usar o stop loss? 

Pensando no tipo de operação na bolsa de valores, o stop loss costuma ser mais usado no gerenciamento de risco do day trade e outros tipos de especulação.  

Ele se torna ainda mais importante em momentos de alta volatilidade no mercado. Se você decidir especular em um momento turbulento, ter o stop loss definido ajuda a garantir que não perderá além do previsto. 

Como utilizar a ferramenta? 

Para adotar o stop loss, você precisa, em primeiro lugar, entender qual é a perda máxima que espera ter. Isso considera algumas questões — como o volume da operação, os recursos disponíveis na margem de garantia e sua tolerância ao risco. 

Se a sua capacidade de perda for menor, o stop loss deve ser estabelecido para comportar uma volatilidade menos intensa. Porém, fique atento: a queda até o patamar encerra a posição. Logo, se surgirem boas oportunidades depois em uma retomada do mercado, você não estará posicionado. 

Por isso, é recomendado equilibrar a sua perda máxima com os objetivos e as expectativas em relação ao ganho. Definido o montante, é a hora de configurar o mecanismo na ferramenta em que você realiza suas ordens. 

Também é possível alterar o número do stop loss ao longo do pregão, caso você perceba mudanças. Em alguns casos, há como cadastrar um stop móvel, que se adapte a determinadas condições do mercado. 

Qual a diferença entre stop loss e stop gain? 

O stop loss não é o único mecanismo que pode ser utilizado. Também existe o chamado stop gain, que é usado para limitar os ganhos com uma operação. Ele também prevê o fechamento automático da posição, mas a diferença é que o faz quando certo patamar de ganho é atingido. 

Ou seja, o operador define qual é o ganho que seria considerado suficiente para encerrar a negociação. Isso evita que o trader perda a chance de realizar um lucro por não estar online no momento, por exemplo. 

Como fazer o controle de riscos ao especular? 

Ao definir suas estratégias de trading é muito importante cuidar da gestão de riscos para evitar perdas desconfortáveis. Como visto, o stop loss pode ajudar, mas deve fazer parte de um conjunto de práticas. 

Conhecendo seu perfil de investidor, você poderá entender qual é a sua real tolerância à perda, mesmo na especulação. Também é fundamental explorar as estratégias de trading, incluindo a realização de análise gráfica de ações e o processo de tomada de decisão. 

Como você viu, o stop loss é um mecanismo que limita a perda que pode ocorrer em uma operação de especulação na bolsa de valores. Sabendo como usá-lo, portanto, sua atuação poderá ser menos arriscada. 

Quer operar na bolsa de valores com toda a estrutura de uma corretora sólida e estável? Abra sua conta na Genial Investimentos e aproveite nossos recursos! 

Comentários