Você já ouviu falar em minicontratos e sabe quais as vantagens de operar com eles? A negociação dos minicontratos acontece no mercado futuro da bolsa de valores brasileira, a B3.  

Eles foram criados para atender à demanda dos pequenos investidores que desejam se posicionar na compra ou venda do contrato com base na expectativa dos preços dos ativos relacionados a ele. O principal objetivo é oferecer possibilidades de proteção (hedge) ou especulação no curto prazo. 

Apesar de terem sido criados com foco no pequeno investidor, os minicontratos também estão na carteira dos investidores com grandes patrimônios. Afinal, eles apresentam particularidades que podem ser interessantes para quem opera no mercado. 

Quer saber mais? Neste post, você entenderá o que são os minicontratos e conhecerá 5 principais vantagens de operar com eles.  

Confira!  

O que são minicontratos? 

Como o nome sugere, os minicontratos são pequenos contratos de compra e venda negociados no mercado financeiro com uma data de vencimento no futuro. Por isso, as negociações acontecem no mercado futuro. 

Em 2001, antiga BM&FBovespa criou os minicontratos com o objetivo de tornar as operações futuras acessíveis também aos pequenos investidores. Eles possuem exigência de capital menor em relação aos contratos cheios. 

Além disso, os minicontratos trabalham com uma margem de garantia. Isso significa que existe um valor mínimo que o investidor ou trader, para operar, deve deixar depositado na corretora como garantia da operação.  

Cabe ressaltar que essa margem também é necessária nos contratos cheios. No entanto, como os minicontratos têm um valor menor, a margem de garantia também é mais baixa. 

Os principais minicontratos são o mini dólar futuro (WDO) e o mini índice Ibovespa (WIN). Mas também existem o minicontrato S&P, o minicontrato de euro e o minicontrato de petróleo, entre outros. 

Quais são as vantagens de operar minicontratos? 

Agora que você sabe o que são os minicontratos, vamos identificar as principais vantagens de operar esses produtos. Confira 5 vantagens! 

  1. Alavancagem 

Uma das grandes vantagens para quem opera minicontratos é a alavancagem. Ela permite ao trader movimentar grande volume de capital sem a necessidade de ter todo esse recurso disponível. Na prática, o trader deve ter apenas uma fração do valor de cada contrato depositado na corretora. 

Atualmente, na Genial Investimentos, a margem para operar mini-índice no day trade é de R$ 20,00 por contrato e de R$ 25,00 para minicontratos de dólar. Logo, quem quer operar 10 minicontratos de dólar, por exemplo, precisa ter R$ 250,00 depositados na corretora. 

O mesmo vale para o mini-índice: quem deseja operar 10 minicontratos precisa ter apenas R$ 200,00 em margem de garantia para as negociações. 

Nas operações de day trade, os minicontratos demandam uma pequena margem de garantia, como mostramos acima. Ainda assim, graças à alavancagem, eles podem oferecer um maior potencial de rentabilidade em relação ao mercado de ações. 

Como sempre, esse potencial de ganho vem acompanhado de riscos de perdas proporcionais. Por isso, o ideal é que o trader tenha um rigoroso controle dessas operações através da sua estratégia de gestão de riscos. 

  1. Custo operacional 

Além da margem de garantia menor, os minicontratos também têm um custo de corretagem competitivo.  

Na Genial Investimentos, por exemplo, se o cliente contratou a RLP (Retail Liquidity Provider) que não tem nenhum custo adicional para efetuar essa contratação os contratos de mini-índice e minidólar têm custo de R$ 0,05 por contrato operado no day trade realizados via home broker ou plataforma profissional. Já sem a RLP o custo fica por R$ 0,12 por contrato operado no day trade, enquanto os mesmos índices nos contratos cheios têm corretagem de R$ 0,25 com RLP ou R$ 0,50 sem RLP por contrato operado no day trade. 

Também na Genial, operações de day trade de minicontrato S&P e contratos futuros de ações têm corretagem zero. Todos os custos e tarifas, bem como a margem requerida para cada tipo de contrato estão disponíveis no site da Genial

  1. Liquidez 

A liquidez das operações no mercado futuro também é um grande diferencial para o day trade. Isso porque quanto maior a liquidez (maior volume de negociações), mais dados estão disponíveis para os padrões da análise técnica. Consequentemente, o day trade será mais assertivo. 

O IBOV, índice que reúne os ativos mais negociados na bolsa de valores brasileira possui um volume financeiro em torno de R$ 28 bilhões (média dos últimos 21 dias úteis), enquanto isso, o dólar futuro acumula um volume financeiro acima dos R$ 92 bilhões por dia (média dos últimos 21 dias úteis). Obs.: Esses dados foram extraídos na plataforma profissional ProfitPro no dia 26/03/2021.  

Essa liquidez torna a negociação dos minicontratos muito mais dinâmica. Isso vale não apenas pelo maior volume de informações para a análise técnica, mas também por tornar a abertura e o encerramento de posições mais rápidos ao trader. 

  1. Volatilidade 

Não importa se a tendência é de alta ou de baixa. Com os minicontratos, é possível operar de forma especulativa graças à volatilidade característica dessas operações. Além disso, ao contrário do mercado acionário, não é necessário alugar ações. 

Como você viu, as operações de minicontratos podem ser realizadas em segundos graças à alta liquidez desses produtos. Já no mercado acionário, por exemplo, a abertura e o encerramento de posições podem levar horas. 

Assim, a volatilidade e a liquidez presentes nos minicontratos favorecem a possibilidade de especulação com a tendência dos preços. Isso oferece uma dinâmica mais rápida para o day trade e outras estratégias. 

  1. Flexibilidade 

Os minicontratos são, atualmente, os derivativos mais comuns nas operações de day trade. Um dos motivos disso é a flexibilidade que oferecem: são negociados com agilidade e as operações podem ser realizadas de qualquer lugar.  

Na Genial, além do home broker e de outras plataformas para negociação de ativos, o trader tem acesso ao GTrader. A ferramenta é gratuita, completa e estruturada para suportar sistemas de alta performance. 

Além disso, oferece mais precisão para criar e executar estratégias de day trade através de funcionalidades como: relatórios de performance, replay de mercado e acesso ao simulador. 

Na Genial, os traders também têm acesso ao Trader Cockpit, uma plataforma de gestão de riscos integrada e desenhada para facilitar as operações de day trade. Com ela, é possível verificar posições e realizar alocações em diferentes plataformas, como o próprio GTrader e o home broker. 

Com ferramentas mais eficazes, as negociações de minicontratos são potencializadas. Assim, o trader tem a chance de melhorar sua performance, explorando ao máximo as vantagens dos minicontratos, como a alavancagem, liquidez e volatilidade a baixo custo operacional. 

Ainda não opera com a GenialAbra sua conta gratuita e aproveite todas as possibilidades e ferramentas disponíveis para os traders com as melhores taxas do mercado! 

Comentários