Quem é investidor sabe que este universo está recheado de surpresas e oscilações. Novas moedas surgem, os valores sobem e despencam, e por isso acompanhar as notícias sobre os seus investimentos é fundamental! Neste artigo, você vai ficar por dentro dos principais acontecimentos acerca da XRP e sua cotação atual. 

{ “symbol”: “MERCADO:XRPBRL”, “width”: 350, “colorTheme”: “light”, “isTransparent”: false, “locale”: “br” }

Boa leitura!

O que é o RIPPLE (XRP)

O  Ripple é um sistema de liquidação bruta, fornecedora de soluções em blockchain e criptomoeda para empresas, que também opera com  dinheiro fiduciário e câmbio de mercadorias e remessas que foi criado em 2012 pelo desenvolvedor Ryan Fugger, o empresário Chris Larsen e o programador Jed McCaleb. 

Lançado em 2013, as criptomoedas nativas desta plataforma são os Ripples, abreviadas como XRP,  este ativo busca complementar os pagamentos tradicionais, migrando as transações que ocorrem hoje entre bancos de dados controlados por instituições financeiras para uma infraestrutura mais aberta.

O XRP introduziu uma nova maneira de operar um sistema de transações e registros de blockchain, que o torna mais adequado para entidades regulamentadas que devem seguir leis rígidas sobre transmissão de dinheiro.

Ao contrário do Bitcoin, que permite que qualquer pessoa contribua com poder de computação para validar transações e proteger o software, o XRP concede esse poder apenas a participantes aprovados.

Usada por empresas como a UniCredit, a UBS e o Santander, o Ripple tem sido cada vez mais adotado por bancos e redes de pagamento como uma tecnologia de infraestrutura de liquidação devido à velocidade de pagamento dentro da rede, estabilidade da tecnologia e a capacidade da moeda servir como ponte. 

Como os nodes não ganham XRP por manter uma versão correta do histórico do blockchain, todos os 100 bilhões de XRP existentes foram criados e distribuídos para indivíduos e empresas (bem como para o público em geral) no lançamento por meio de presentes e giveways.

Ultimas notícias do XRP

Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) sofreu um golpe em seu caso contra a Ripple.

A Ripple Labs está envolvida em uma ação movida pela Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) desde o final de 2020, alegando que a Ripple e seus executivos ofereceram XRP como títulos não licenciados aos investidores.

Na primeira quinzena de julho, a SEC sofreu um golpe em seu caso contra a Ripple depois que um juiz dos EUA decidiu que a SEC deveria produzir documentos internos relacionados ao “discurso de Hinman”, que poderia ser uma evidência fundamental em apoio à defesa da Ripple.

Ao negar a moção, a juíza do magistrado dos EUA Sarah Netburn criticou a hipocrisia da SEC ao argumentar que o discurso, no qual o ex-oficial Bill Hinman sugeriu que o Ether (ETH) não era um título, era um assunto pessoal para Hinman, ao mesmo tempo em que alegava que devia ser protegido porque recebeu aconselhamento jurídico da SEC para confirmar as políticas da comissão:

Se a Ripple for bem-sucedida em argumentar que o XRP não é um título, alguns acreditam que essa decisão pode abrir um precedente para outros emissores de cripto tokens semelhantes, aumentando os preços do XRP.

O resultado deste caso pode determinar se o XRP é um título. Se o juiz decidir a favor da SEC, pode ser o precedente que a comissão precisa para buscar uma ação legal contra outros projetos de criptomoedas que venderam tokens de forma semelhante à Ripple.

Ex fundador da Ripple, Jed McCaleb esvaziou sua carteira de investimentos na Ripple.

Em julho de 2022, o ex fundador da Ripple, Jed McCaleb, esvaziou sua carteira de investimentos na plataforma após 8 anos de vendas contínuas

A transação marca o fim de uma venda de 9 bilhões de XRP iniciada por McCaleb depois de deixar a Ripple Labs para co-fundar o protocolo de pagamento rival Stellar em 2014.

O preço do XRP na época estava em 0,3564, teve um aumento de 0,82% nas últimas 24 horas após o ocorrido, mas ainda sim, o ativo estava em queda de quase 90% em relação à sua alta histórica de janeiro de 2018 de US $3,40.

Em seu novo relatório de valor sobre Criptoativos e blockchain,  Ripple destaca  a utilidade de NFT, blockchain e CBDC nas configurações de negócios.

O novo relatório da Ripple destaca as tendências na adoção e utilização de tecnologias emergentes como cripto e blockchain em instituições empresariais e financeiras.

O relatório aponta que 76% das instituições financeiras pesquisadas planejam usar criptomoedas nos próximos três anos, de acordo com o Value Report da Ripple. 

Tanto as instituições financeiras quanto as empresas estão entendendo os benefícios do uso interno de criptomoedas. O motivo mais comum é que a criptomoeda dá a mais pessoas acesso a mais serviços financeiros, dizem 42% das instituições financeiras e 41% das empresas. De acordo com a pesquisa, o gerenciamento de portfólio e os pagamentos aparecem como as adições mais importantes no mundo corporativo.

 A gestão da carteira é detalhada como proteção contra inflação, proteção contra outros tipos de ativos e valorização de ativos. Os participantes disseram que a segurança e a qualidade dos dados são dois grandes benefícios do uso de blockchain e criptomoeda para pagamentos.No entanto, o relatório também enfatizou que o processo lento de regulamentações em torno do setor desperta a hesitação dos usuários em potencial.

As regulamentações de países de todo o mundo estão em constante fluxo, à medida que as autoridades correm para acompanhar o cenário de criptomoedas em ritmo acelerado.

Banco britânico fecha acordo com a Ripple em pagamentos de remessas internacionais em XRP no Brasil

A Ripple anunciou em agosto de 2022 um acordo com a com a operação brasileira do banco britânico Travelex Bank para utilização no Brasil do On-Demand Liquidity (ODL), tecnologia de soluções corporativas em blockchain e criptomoedas da Ripple.

O Brasil é considerado um país estratégico para o avanço do On-Demand Liquidity (ODL), tecnologia da startup californiana, na América Latina.

O acordo prevê a simplificação de acesso dos clientes do Travelex Bank ao dinheiro internacional por meio de vários serviços, em que estão incluídos remessas e pagamentos internacionais, disponibilização de caixas eletrônicos e cartões pré-pagos em 20 moedas. O que, na prática, seria uma alternativa mais barata ao sistema Swift, que permite transferências rápidas através de fronteiras nacionais. 

As liquidações ficarão disponíveis 24 horas, sete dias por semana, aos seus parceiros que, segundo a empresa, possuem capital limitado para cobrir os custos de pré-financiamento, o que atrapalha o crescimento das empresa. 

Entretanto, inicialmente a Travelex só apoiará pagamentos entre Brasil e México, com planos de ampliar a região de atuação e os casos de uso, o que inclui a implantação de uma tesouraria interna e pagamentos em massa para pequenas e médias empresas. 

Segundo o CEO da Ripple, Brad Garlinghouse, o Brasil é um dos dez maiores  mercados da Ripple no mundo e que sistemas como o PIX criou no consumidor uma demanda para que algo similar aconteça em remessas internacionais. 

Agora, que você está por dentro dos últimos acontecimentos do XRP, comenta aqui qual te deixou mais empolgado (a) e se você já tem algum investimento em XRP.

Vexter

Genial Investimentos

Somos uma plataforma de investimentos que tem como objetivo facilitar o acesso ao mercado financeiro e ampliar a educação financeira no Brasil.

Ver todos os artigos
E-book Trader

Navegação rápida

O link do artigo foi copiado!

Planilha Comparativa de Renda Fixa