Isto pode evitar cair em golpes virtuais de roubo de dados. Veja outras orientações de segurança digital.

Uma regra básica que pode fazer toda a diferença para a segurança de quem usa o internet banking é jamais acessar o serviço por meio de links recebidos por e-mail, mensagem de texto (SMS), Whatsapp e outros aplicativos similares. Para acessá-lo, sempre digite o endereço (URL) do site do banco.

Esse cuidado simples pode evitar grandes problemas. Isto porque um dos golpes mais comuns aplicados na internet é o chamado phishing, que consiste no envio de links maliciosos que, ao serem clicados, permitem diretamente a captura de dados ou direcionam a vítima para um site falso, em que serão solicitadas informações pessoais.

O termo “phishing” é derivado do inglês “fishing”, que em português significa pescaria. A nomenclatura faz referência ao fato de o link falso funcionar como uma “isca” para atrair as vítimas do golpe.

Quando o phishing é praticado via SMS, o golpe pode ser denominado como smishing, uma junção dos dois termos. Essa é uma das modalidades que merecem ainda mais atenção dos usuários do internet banking.

Dicas e Cuidados de Segurança Digital

  1. Cuidado com Links Maliciosos
  2. Como identificar um site seguro?

Golpe envia SMS falso em nome do banco

“Atenção, a sua conta do banco X será encerrada. Acesse o link para resolver a situação.” “Seu aplicativo do banco Y foi bloqueado. Para reativá-lo, clique no link.” Estes são alguns exemplos de mensagens de texto enviadas por criminosos para convencer a vítima a acessar o endereço e, assim, concretizar o roubo de dados.

O conteúdo falso é enviado em nome do banco e ativa o sentimento de preocupação e o senso de urgência da vítima. A ideia é que a pessoa não tenha tempo de avaliar com mais calma se deve ou não clicar no link. 

As mensagens são disparadas em massa e, por vezes, a pessoa pode receber o falso SMS sobre um banco do qual ela nem é correntista, o que torna mais fácil a identificação do golpe.

No entanto, outras vezes, o SMS pode chegar, de fato, ao cliente do banco mencionado na falsa mensagem, o que dificulta a compreensão de que se trata de um golpe e induz a vítima a clicar no link e, assim, acontecer a violação dos dados.

Como identificar o smishing

A atenção a alguns detalhes pode revelar se um SMS foi realmente enviado pelo banco ou se trata de um golpe. Confira cinco dicas:

  1. Bancos não enviam SMS solicitando que o cliente acesse um link ou baixe um arquivo;
  2. Se o SMS pede senha, número do cartão ou outros dados pessoais, trata-se de um golpe. Os bancos não pedem esse tipo de informação;
  3. Desconfie de mensagens que colocam ações a serem resolvidas em curto prazo, como “faça isso ou sua conta será encerrada em 24 horas”. Os bancos não realizam esse tipo de abordagem;
  4. Veja o número do telefone que enviou o SMS. Os bancos usam serviços especiais e, por isso, os números não são no formato comum: operadora, 9 e demais dígitos;
  5. Desconfie quando a mensagem é enviada sem uma interação prévia com o banco.

Em caso de dúvidas, entre em contato com o seu banco por telefone e verifique se o teor do SMS é verdadeiro. Vale lembrar, ainda, que também é necessária a atenção para mensagens recebidas por e-mail, redes sociais, WhatsApp e outros aplicativos. Ter cautela é importante para evitar golpes e fraudes.

Cuidados ao usar o Internet Banking

Além de sempre digitar o endereço (URL) do site do banco para acessar o Internet Banking e não clicar em links de origem duvidosa, outras medidas contribuem para aumentar a segurança ao usar o serviço. 

1. Com relação à senha 

  • Defina uma senha forte para utilizar o serviço; 
  • Não permita a configuração de gravar senha em navegadores e celulares;
  • Não compartilhe a sua senha com terceiros;
  • Troque periodicamente a senha.

2. Com relação ao acesso

  • Sempre digite a URL do site do banco;
  • Não acesse a conta em computadores compartilhados, como lan house ou cafés, ou por smartphones de outra pessoa;
  • Evite acessar a conta se estiver logado em wi-fi aberto;
  • Ao finalizar o acesso, clique em “sair” para encerrar a sessão.

3. Para aumentar a segurança

  • Use autenticação em dois fatores com SMS;
  • Crie uma chave de segurança ou token;
  • Tenha um antivírus no computador;
  • Mantenha as atualizações do celular em dia;
  • Não baixe aplicativos suspeitos;
  • Não forneça dados pessoais a terceiros;
  • Não clique em links de mensagens recebidas por SMS, e-mail, redes sociais e aplicativos que afirmam ser do banco.

Ao adotar esses hábitos no dia a dia, a realização de movimentações financeiras pela internet tornam-se mais seguras. O Banco Genial preza pela experiência positiva dos clientes. Para saber mais informações ou esclarecer dúvidas sobre segurança digital, entre em contato com a gente!

Comentários