É comum no mercado financeiro ou até em situações cotidianas ouvir alguém soltar a seguinte frase: “não existe almoço grátis”. Mas, afinal , o que isso significa?

A frase foi popularizada pelo ganhador do Nobel de Economia de 1976, Milton Friedman, que transformou essa expressão em um dito popular que significa que sempre tem alguém pagando o preço, não importa se você não está tendo custos.

E a frase também pode ter uma conotação no sentido de que as coisas podem não ser tão fáceis quanto parecem. E isso tem tudo a ver com investimentos. Entenda abaixo o porquê.

‘É muito bom para ser verdade’

Não existir almoço grátis pode se relacionar à outra expressão clássica: “É muito bom para ser verdade”. No mundo dos investimentos, a expressão do almoço é muito usada para alertar os interessados a avaliar no que ele irá investir antes de tudo, já que por um lado o investimento pode ser muito vantajoso, mas por outro pode compensar negativamente. Por isso, “não existe almoço grátis”.

Por exemplo, investir pelos grandes bancos, onde você já tem conta corrente, pode parecer uma boa ideia pela conveniência. Mas toda essa facilidade geralmente cobra seu preço na forma de baixa rentabilidade e custos elevados, ao menos para quem tem pouco dinheiro para investir.

Mesmo quando a rentabilidade e os custos são justos, o potencial de retorno das aplicações financeiras é proporcional ao risco que o investidor corre.

Em tese, um investidor só aceita correr risco se souber que tem a possibilidade de ganhar um rendimento maior do que em uma aplicação de baixo risco.

Assim, ao optar pela segurança, você está abrindo mão de ganhar uma rentabilidade mais alta; e ao optar pela rentabilidade, você abre mão de uma segurança maior.

Questionar sempre: a alma do ‘não existe almoço grátis’

A moral da história é que, para não cair em armadilhas, é aconselhável sempre fazer algumas perguntas.

Quem paga pelos serviços que são gratuitos para o consumidor final e de que maneira? Qual o preço das coisas que são fáceis e convenientes? Qual o custo de oportunidade de cada decisão? Esse investimento é realmente tão vantajoso assim?

A ideia não é deixar de lado tudo que é fácil, conveniente, acessível, seguro ou financeiramente gratuito para escolher sempre o caminho mais trabalhoso e difícil. A ideia é ter elementos para responder à pergunta: vale a pena?

Saiba mais sobre investimentos acompanhando o nosso blog e na prática! Sim, confira os investimentos que a Genial oferece e abra uma conta agora mesmo!

abra sua conta

Publicado por Leonardo Pinto

Leonardo é jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, com passagens por grandes veículos da imprensa brasileira, como TV Cultura, Veja e Estadão. Especializou-se em jornalismo econômico, com aprovação pela FGV, no curso de trainee promovido pelo Grupo Estado.

Contentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *