O mundo dos investimentos é realmente fantástico. Quanto mais conhecimento se adquire, mais se tem o desejo de investir, fazendo que o dinheiro trabalhe para você.

Mas antes de começar, há uma série de fatores a serem levados em consideração para  escolher a aplicação financeira mais adequada. O principal deles é o perfil do investidor. Esse conceito abrange alguns fatores como: o grau de disposição ao risco por parte de cada indivíduo, o poder aquisitivo, o grau de conhecimento do mercado financeiro e o momento de vida.

Diante da grande variedade de produtos existentes no mercado, nem sempre é fácil escolher a melhor opção para o seu perfil e, consequentemente, fazer uma escolha segura. Neste artigo, forneceremos dicas sobre como investir com segurança. Você ainda saberá em quais aplicações é possível perder dinheiro e conhecerá os ativos cobertos pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC).

Como investir com segurança?

Primeiramente, é preciso que você descubra qual é o seu perfil de investidor entre os três existentes.

Conservador: aquele que prioriza preservar  seus recursos acima de tudo. Não assume riscos que possam comprometer seu patrimônio, não tolera perdas e falta de liquidez.

Moderado: perfil de quem assume um pouco mais de riscos em busca de rentabilidade superior à média do mercado. Para garantir sua segurança, investe de forma equilibrada em diferentes ativos.

Arrojado: investidor que assume riscos mais altos, buscando maior rentabilidade possível e possui bom conhecimento do mercado.

Caso seja ansioso e/ou não possa lidar com perdas (que podem acontecer a depender das aplicações financeiras escolhidas) é mais indicado priorizar opções conservadoras, como os ativos de renda fixa.

Além disso, é preciso atentar ao seu nível de conhecimento do mercado financeiro. Isso porque as aplicações com perfil mais arrojado (como os produtos de renda variável) exigem do investidor um conhecimento mais amplo sobre finanças. Ao investir na Bolsa de Valores, por exemplo, é preciso entender sobre o mercado e verificar constantemente se há tendência de alta ou baixa dos preços dos ativos entre outras questões.

Se o iniciante deve priorizar as opções mais conservadoras, por outro lado, os investidores experientes sabem administrar melhor os riscos e, por isso, têm mais chances de conseguir um bom desempenho lidando com produtos mais agressivos.

Para investir com segurança, observar sua realidade financeira é outro fator primordial. Caso tenha uma reserva de emergência baixa, suas aplicações devem priorizar investimentos com alta liquidez. Assim, em casos de emergências, você poderá contar com o capital quando necessitar.

Em quais investimentos é possível perder dinheiro?

Todas as aplicações apresentam três propriedades: segurança, liquidez e rentabilidade. Nenhum investimento é rentável, seguro e tem alta liquidez ao mesmo tempo. Considerando esse fato, podemos afirmar que os ativos mais rentáveis, na maioria das vezes, são os que apresentam maior risco de perdas.

Nessa modalidade entram os investimentos de renda variável, como as ações e as commodities. O risco de perda se deve ao fato desses mercados serem muito voláteis. O preço de um ativo ou uma mercadoria pode se valorizar ou desvalorizar rapidamente, dependendo das condições político-econômicas do mercado nacional ou internacional.

Em relação aos títulos públicos, o investidor pode perder dinheiro se optar por  fazer o resgate do papel antes do vencimento. Nesse caso, há a marcação de mercado. Se o ativo se desvalorizar no ato da venda, haverá perda de capital.

Por que sair da poupança

A caderneta de poupança não é mais uma boa opção, pois apresenta um baixo rendimento: atualmente, gira em torno de apenas 70% da taxa Selic, ou seja, 4,55% ao ano. Quem ainda recorre à poupança para guardar dinheiro  corre o risco de perder poder de compra. Isso porque, nem sempre a rentabilidade da poupança supera o valor do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor, considerada a inflação oficial do país).

O mercado oferece diversas aplicações financeiras tão seguras quanto à tradicional caderneta e que proporcionam melhores rentabilidades. Entre elas estão os títulos públicos, o Certificado de Depósito Bancário (CDB), Letra de Crédito Imobiliário (LCI) e Letra de Crédito do Agronegócio (LCA). Na primeira alternativa, o investidor empresta dinheiro ao governo e recebe a rentabilidade em troca. Nas outras opções, o indivíduo empresta o seu capital aos bancos.

Quais investimentos são cobertos pelo FGC?

Os investimentos em renda fixa são considerados seguros, pois a maior parte deles  conta com a proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC). A instituição se responsabiliza por ressarcir prejuízos de até R$ 250 mil por CPF e por instituição financeira.

Os únicos ativos de renda fixa que não contam com a proteção do FGC são os fundos de investimentos e os títulos públicos. Porém, o Tesouro Nacional é a instituição responsável por garantir a segurança dessa aplicação.

Investir pela internet é seguro?

Muita gente pode se sentir receio ao fazer investimentos via internet. No entanto, fazer aplicações financeiras em ambiente online é uma realidade já consolidada e oferece uma série de praticidades. Hoje em dia, as melhores e mais rentáveis aplicações do mercado estão ao alcance de qualquer pessoa por meio das plataformas de investimento. Elas, aliás, favorecem o investimento do  seu dinheiro com mais rentabilidade e menor custo em comparação aos dos grandes bancos. Como diferencial, conta-se ainda como uma consultoria especializada e  gratuita.

Em relação à segurança só é preciso tomar alguns cuidados para não ter surpresas desagradáveis no futuro. Entre eles, evitar o uso de senhas óbvias e fáceis de serem descobertas, atualizar frequentemente o software antivírus e não utilizar as plataformas de investimentos em computadores públicos. Seguindo essas medidas, investir seu dinheiro pela internet torna-se algo extremamente seguro.

Caso você tenha se interessado pelo mundo dos investimentos, mas ainda não se sente confiante para dar o primeiro passo, entre em contato com a Genial. Nossos consultores te ajudarão a descobrir qual o melhor produto financeiro para o seu perfil de investidor.  Caso deseje saber mais sobre o tema, confira o artigo Quais as melhores aplicações financeiras para o seu perfil?

abra sua conta

Publicado por Genial

A Genial é a plataforma de investimentos que está democratizando o acesso aos melhores produtos do mercado, de forma simples, ágil e eficiente, através de uma assessoria financeira isenta, transparente e qualificada.

Contentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *