A bolsa de valores brasileira, B3, disponibiliza uma plataforma para os investidores consultarem os extratos de movimentações e posições dos seus investimentos. Por isso, se você ainda não sabe o que é CEI, precisa conhecê-lo. 

Por esse canal, é possível consultar seus produtos de renda fixa e as operações realizadas na bolsa de valores. Então, ele pode ser um aliado para as suas estratégias. Quer saber mais sobre essa solução? 

Neste artigo, você descobrirá o que é e como utilizar o CEI para auxiliar na gestão da sua carteira de investimentos. Continue a leitura e entenda! 

O que é e como funciona o CEI? 

CEI é a sigla para Canal Eletrônico do Investidor. A plataforma surgiu a partir do cenário de modernização da B3, como um canal de atendimento para manter os investidores informados sobre seus investimentos. 

Assim, ele permite fazer consultas sobre investimentos de diversas fontes e instituições com maior praticidade. Tudo fica registrado em um só lugar, o que facilita o acesso dos investidores. 

Vale ressaltar que a plataforma é organizada pela própria bolsa de valores. Isso garante confiabilidade para as informações. Portanto, o sistema também serve como um mecanismo de segurança para o investidor. 

Qual é a finalidade do CEI? 

O principal objetivo do CEI é consolidar informações sobre as negociações realizadas pelos investidores. Confira quais são os principais dados que podem ser acessados: 

  • Carteira de investimentos
  • Rendimentos, como dividendos; 
  • Extratos (listado, balcão e Tesouro Direto); 
  • Empréstimo de títulos; 
  • Garantias; 
  • Informe de rendimento; 
  • Histórico de negociações;
  • Avisos de transferências; 
  • Movimentações (aplicações, eventos e vencimentos). 

Assim, o sistema fornece informações relevantes e de maneira prática para que o investidor consiga visualizar os seus aportes por meio de um único canal.  

Quais as vantagens de utilizar o CEI? 

Como você viu, o CEI centraliza as informações sobre os seus investimentos. Logo, é possível usufruir de benefícios interessantes para otimizar a sua estratégia e o dia a dia na gestão da sua carteira.  

Para entender por que vale a pena contar com essa ferramenta, conheça as principais vantagens de utilizar o portal do investidor: 

Melhor controle da gestão financeira 

O primeiro benefício é que o CEI proporciona maior controle para a sua gestão financeira. Nem sempre é fácil acompanhar todos os investimentos, especialmente para quem tem conta em mais de uma instituição financeira. 

Nesse caso, a plataforma simplifica todo o processo e garante que você acessará todas as informações. Dessa maneira, você pode tomar decisões mais embasadas para proteger e aumentar seu patrimônio, conforme as suas necessidades.  

Afinal, o sistema também oferece uma série de dados relevantes sobre o desempenho dos investimentos na sua carteira. Devido à confiabilidade do CEI, as suas análises se tornam ainda mais acertadas. 

Transparência e segurança 

A transparência da plataforma é outra vantagem de utilizar o portal. O investidor pode acessar relatórios precisos com o histórico de movimentações, saldo dos investimentos e operações que foram realizadas em seu nome. 

Dessa maneira, é possível compará-los aos dados fornecidos por instituições financeiras para entender se eles estão corretos e evitar fraudes. Os relatórios também podem ser usados para embasar os registros de informações na Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda

Quando utilizar o CEI? 

Depois de conhecer melhor o que é e como funciona o Canal Eletrônico do Investidor, vale saber quando utilizá-lo. Na verdade, isso dependerá de suas necessidades. Porém, é interessante acessar os registros sempre que você precisar visualizar com clareza todos os seus investimentos.  

Além disso, muitas vezes, os investidores buscam taxas e oportunidades mais atrativas e decidem fazer aportes em corretoras diversas. No entanto, isso poderia trazer dificuldade para acompanhar os aportes em produtos financeiros e ativos distintos por meio de instituições variadas.  

Nesse caso, também vale a pena recorrer aos registros disponibilizados no portal. Por fim, quem busca mais facilidade para a rotina também pode se valer dessa ferramenta para otimizar o dia a dia.  

Como utilizar o CEI? 

Você já aprendeu o que é o CEI e seu funcionamento, mas como acessá-lo? Essa é uma questão importante para conseguir aproveitar todos os benefícios. O procedimento é bastante simples. 

Quem já é investidor não precisa fazer um cadastro. Nesse caso, a corretora de investimento é a responsável por fazer o registro do investidor no sistema para enviar as informações sobre o seu investimento.  

Após esse registro, a B3 envia um e-mail de boas-vindas e fornece as instruções para entrar no portal. Na mesma mensagem, você pode conferir o login, que é o número do CPF ou do CNPJ do investidor, e a senha provisória para acessar o site. 

Se você não tiver um e-mail cadastrado, poderá receber as informações no seu endereço residencial, via Correios. Com os dados do login e a senha, basta acessar o portal do CEI e inserir as informações para o primeiro acesso. Em seguida, cadastre a senha que será usada nos próximos acessos.  

Contudo, se você não receber as informações no seu e-mail ou por carta, é possível solicitar um novo acesso diretamente no site. Para isso, siga estes passos: 

  • Acesse o portal; 
  • Clique em “recuperar senha”; 
  • Informe seu CPF ou CNPJ, sua data de nascimento e o código descrito.  

Se todas as informações estiverem corretas, o CEI enviará para o seu e-mail uma nova senha. No entanto, se você verificar que a conta ainda não foi criada pela corretora, entre em contato com a instituição financeira para informar a situação e entender o que pode ter acontecido. 

Conclusão 

Agora que você sabe o que é CEI, pode consultar e conferir as informações sobre seus investimentos. Aproveite para acompanhar seus resultados com confiança e transparência. Afinal, o sistema é organizado pela própria bolsa de valores e pode beneficiar a sua estratégia de investimento. 

Gostou do conteúdo? Acompanhe nosso canal no YouTube e fique por dentro das informações sobre o mercado!

Comentários