Ao começar a investir, muitas pessoas pesquisam instituições financeiras para abrir conta. No entanto, você pode ficar insatisfeito com os serviços prestados e querer saber como transferir ações e fundos de investimento imobiliário (FIIs) de uma corretora para outra.

Afinal, esse é um direito de todo investidor e traz a possibilidade de fazer a transferência dos investimentos com facilidade. Contudo, é comum ter dúvidas sobre o funcionamento desse processo e como realizá-lo.

Para esclarecer como transferir ações e FIIs de uma corretora para outra, nós, da Genial Investimentos, preparamos este artigo com as principais orientações. Confira!

É possível transferir investimentos entre corretoras?

Quando você faz um investimento, ele fica sob a custódia de uma instituição financeira. Nesse sentido, a função da corretora de valores é garantir que eles estejam disponíveis para o investidor.

No entanto, quem investe pode ficar insatisfeito com as condições da corretora atual ou encontrar oportunidades melhores em outras instituições financeiras. Então, se o investidor desejar, é possível transferir os investimentos, como ações e FIIs, para outra custodiante.

Esse processo evita que ele tenha que liquidar todos os seus investimentos e recomprá-los depois. O procedimento é conhecido como portabilidade e normalmente é gratuito, embora possa ser um pouco burocrático em determinados casos.

Quando é vantajoso fazer a portabilidade dos investimentos?

É possível que um investidor se sinta insatisfeito com a corretora em que ele começou a fazer investimentos. Na prática, existem diversas razões que levam ao desejo de fazer a portabilidade dos seus ativos.

Porém, antes de transferir os investimentos, é fundamental analisar quando o processo é vantajoso. Essa reflexão ajuda a evitar frustrações e decisões equivocadas.

Veja em quais situações pode ser interessante migrar seus investimentos para outra corretora de valores!

Insatisfação com o atendimento

Um dos principais motivos para os investidores buscarem a portabilidade de investimentos é a insatisfação com o atendimento da corretora atual. Instituições que não oferecem um suporte qualificado e cuidadoso podem decepcionar quem investe.

Assim, se a sua corretora de valores não tem uma equipe de atendimento pronta para ajudar a solucionar problemas ou auxiliar nas suas decisões, pode ser a hora de trocar de instituição.

Gastos com taxas

Com o avanço da tecnologia e a expansão do mercado financeiro, diversas corretoras passaram a isentar seus clientes de custos. Entre os mais comuns, estão a taxa de custódia e de corretagem.

Por isso, se a instituição que você utiliza para investir mantém custos altos com taxas, pode ser vantajoso procurar uma corretora mais acessível. Nesse processo, considere também o custo-benefício, avaliando as vantagens da instituição.

Usabilidade da plataforma

Mais um motivo que pode tornar vantajoso transferir ações e demais investimentos de uma corretora para outra é a usabilidade da plataforma de operações. Entre as ferramentas utilizadas pelos investidores estão o aplicativo e o home broker, que dá acesso à bolsa de valores.

Mas se as funcionalidades oferecidas são lentas ou pouco fáceis de usar, é possível ter dificuldade para comprar e vender os ativos. Nesse caso, você pode priorizar a mudança para uma corretora que ofereça sistemas intuitivos para otimizar a sua rotina.

Alternativas de investimento

Você também pode perceber que vale a pena fazer a portabilidade quando surge a necessidade de acessar novas alternativas de investimentos. Embora você possa ter conta em mais de uma instituição financeira, costuma ser mais prático manter apenas uma e centralizar o portfólio.

Desse modo, você pode acompanhar a evolução da sua carteira de investimentos em uma plataforma. Para conseguir diversificar ainda mais o portfólio, busque uma corretora que tenha um leque maior de opções para investir.

Afinal, como transferir ações e FIIs de uma corretora para outra?

Se você ficou interessado em saber como fazer a portabilidade dos investimentos, acompanhe o passo a passo a seguir!

Abra uma conta na nova corretora

O processo de portabilidade de investimentos começa com a abertura de conta na corretora de valores que você deseja utilizar. Em geral, esse procedimento é realizado de maneira online e pelo próprio site da instituição.

Nesse momento, lembre-se de analisar as condições e serviços oferecidos. Ao abrir a sua conta na Genial Investimentos, por exemplo, você conta com diversas vantagens. Entre elas, estão:

  • suporte 24 horas;
  • infraestrutura completa para traders;
  • menores custos para operar;
  • plataforma intuitiva;
  • análises do mercado.

Para abrir a sua conta, basta acessar o nosso site ou baixar o aplicativo e fazer o cadastro com os seus dados pessoais. Depois, envie os documentos solicitados e aguarde a aprovação.

Faça a solicitação na sua corretora atual

O pedido de portabilidade deve ser feito na sua corretora atual, certo? Para tanto, acesse o site ou aplicativo da instituição e busque a opção relacionada à transferência de ativos.

Saiba que a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) determina que essa possibilidade deve ser facilitada ao investidor. Se você não encontrá-la, é importante entrar em contato com a instituição e reportar o ocorrido.

Para fazer a solicitação, você deve preencher o formulário denominado “Solicitação de Transferência de Valores Mobiliários (STVM)”. Nesse momento, será preciso enviar determinados documentos para garantir a sua segurança e identificação. Você pode digitalizar a documentação ou mesmo tirar fotos legíveis.

Vale destacar que, dependendo da instituição, é possível fazer a solicitação por meio da área do investidor, no site da B3 (a bolsa brasileira).

Escolha as ações e FIIs para transferir

Por fim, selecione as ações e fundos imobiliários que você deseja transferir para a nova corretora. Vale destacar que não há limitações para a portabilidade em relação aos ativos negociados na bolsa de valores.

Porém, caso deseje fazer o processo com outros investimentos, saiba que podem ter restrições. Isso porque eles também devem estar disponíveis na plataforma da nova instituição financeira. Por exemplo, alguns fundos de investimento podem não ser negociados na corretora de destino.

A troca de planos de Previdência Privada é outra solução que pode envolver conflitos nesse caso. Caso tenha dúvidas, conte com o suporte do seu assessor de investimentos. Ele poderá esclarecer o funcionamento e auxiliar na portabilidade dos seus ativos.

Ao saber como transferir ações e FIIs de uma corretora para outra, você tem a liberdade de escolher a melhor instituição financeira para as suas necessidades. O procedimento pode valer a pena para quem deseja aproveitar os benefícios de outra corretora sem que isso afete seu capital já investido.

Quer investir com o apoio de uma corretora de qualidade e confiança? Então abra a sua conta e venha ser Genial!

Genial Investimentos

Somos uma plataforma de investimentos que tem como objetivo facilitar o acesso ao mercado financeiro e ampliar a educação financeira no Brasil.

Ver todos os artigos
Campanha Institucional - Ativação - Abra sua conta

Navegação rápida

O link do artigo foi copiado!