A Petrobras é a maior empresa petrolífera do país e chama a atenção dos investidores — nacionais e internacionais. A companhia já foi considerada a maior da carteira teórica do índice Ibovespa. Se você tem interesse em se tornar um acionista, deve se perguntar como comprar Ações da Petrobras. 

Quem foca no longo prazo pode ver a empresa como vantajosa devido à sua função de liderança no setor energético brasileiro. Além disso, o segmento de energia e petróleo é importante no mundo todo. 

Se você se interessa pelo assunto e quer saber como comprar Ações da Petrobras, não se preocupe! Preparamos este artigo com todas as informações necessárias. Vamos lá? 

História da Petrobras

A Petrobras foi fundada em 3 de outubro de 1953, como resultado de uma campanha popular que durou sete anos. A lei 2004, sancionada pelo presidente Getúlio Vargas, instituiu a Petróleo Brasileiro S.A. e definiu as atribuições do Conselho Nacional do Petróleo, estabelecendo a política nacional do petróleo. 

Em 1961, foi fundada a Reduc (Refinaria de Duque de Caxias), no Rio de Janeiro. Dois anos depois foi criado, também no Rio de Janeiro, o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento (Cenpes). Em alguns anos, ele se tornou um dos mais importantes complexos de pesquisa aplicada do mundo. 

A primeira plataforma móvel de perfuração, denominada P-I, foi construída em 1968. Ela tinha capacidade para operar em águas de até 30 metros de profundidade. 

No ano seguinte, ela permitiu que o primeiro campo de petróleo na plataforma continental brasileira fosse descoberto. Aconteceu no mar de Sergipe e deu origem ao campo de Guaricema. 

Em meio à crise do petróleo, na década de 1970, a Petrobras descobriu a Bacia de Campos. Ela é situada na costa norte do estado do Rio de Janeiro e se estende até o sul de Espírito Santo. Alguns anos depois, ela se tornou a maior província petrolífera do Brasil e foi responsável por mais de 80% da produção nacional do petróleo. 

Depois de atingir a marca de 500 mil barris diários, o desafio da Petrobras era manter o nível de produção para alcançar a autossuficiência. A visão era otimista, por conta do conhecimento adquirido na Bacia de Campos e a expectativa de novas descobertas em águas profundas.

Pré-sal

Em 2007, aconteceu uma das maiores conquistas da Petrobras. As descobertas de petróleo e gás na camada pré-sal da costa brasileira trouxeram um novo horizonte para a indústria de petróleo mundial. 

Paralelamente, a empresa criou uma série de práticas estratégicas que garantissem o desenvolvimento de toda a cadeia de bens e serviços. Isso trouxe mais tecnologia, capacitação profissional e grandes oportunidades para a indústria nacional. 

Sete anos após a primeira descoberta, a Petrobras chegou à marca de 300 mil barris de petróleo por dia. Esse intervalo de tempo foi muito inferior ao que foi necessário para alcançar o mesmo patamar em outras importantes áreas de produção marítima no mundo. 

Em meados de 2016 — menos de dez anos após a descoberta das jazidas — a produção de petróleo operada no pré-sal superou o patamar de 1 milhão de barris por dia. O resultado comprovou a viabilidade técnica e econômica do pré-sal, assim como a sua alta produtividade. 

Em 2018, a Petrobras completou 10 anos de produção no pré-sal. Na época, alcançou a marca de 1,5 milhão de barris de petróleo produzidos por dia. 

Operação Lava Jato

Quando se fala na empresa, é impossível deixar de citar a Operação Lava Jato. A Petrobras foi envolvida, a partir de 2014, no escândalo de desvio e lavagem de dinheiro.  

O esquema de corrupção envolvendo políticos, empreiteiras e empresários movimentou bilhões de reais e marcou a história da companhia. 

O caso foi investigado pela Polícia Federal e levou à prisão vários executivos da estatal. Isso fez com que a companhia perdesse valor de mercado. A falta de confiança dos investidores externos também aumentou muito, especialmente quando sigilos bancários foram quebrados para investigações. 

Contudo, a empresa vem se recuperando e, em 2018, a B3 autorizou a adesão da Petrobras ao nível 2 de governança corporativa. As Ações passaram a ser negociadas no segmento especial de listagem e a tendência é que mais investidores sejam atraídos pelos papéis dela. 

Ações disponíveis

Na bolsa de valores é possível encontrar dois tipos de Ações da Petrobras. Eles são conhecidos pelos códigos PETR3 e PETR4.  

Saiba mais sobre cada um deles a seguir:

PETR3

Esse é o ticker para as Ações ordinárias (ON) da Petrobras. Elas são o tipo mais comum na bolsa de valores. Uma das principais características desses ativos é que eles oferecem aos investidores o direito de votar nas assembleias das empresas. 

No entanto, a força de participação de cada acionista nas votações depende da quantidade de Ações ordinárias que eles possuem. No caso da Petrobras, o acionista majoritário é o Governo Federal brasileiro. 

Assim, as principais decisões sobre os negócios da companhia passam pela administração pública. Pela dinâmica, é difícil para o investidor comum exercer influência nas deliberações da Petrobras. 

Além disso, as Ações ordinárias apresentam algumas desvantagens — como não ter preferência na distribuição de lucro da empresa. Em caso de liquidação do negócio, os acionistas com esses papéis só recebem algum valor depois que os sócios preferenciais e os credores tiverem sido pagos. 

PETR4

Ao contrário das Ações ON, as preferenciais (PN) não oferecem aos investidores o direito de voto nas Assembleias Gerais. Por outro lado, quem tem papéis do tipo PN possui prioridade no recebimento de dividendos.  

Em caso de liquidação da empresa, eles também estão entre os primeiros para possíveis recebimentos. No entanto, é importante ressaltar que é muito comum que, nesse caso, até mesmo os investidores com Ações preferenciais não recebam o valor que lhes seria de direito.  

Outra característica das Ações preferenciais é que elas são exigíveis. Isso significa que a empresa pode comprar de volta as Ações a qualquer momento, sem precisar de justificativa para isso. 

Com relação à liquidez, tanto as Ações preferenciais quanto as ordinárias da Petrobras têm bom volume de negociações na bolsa de valores. Afinal, trata-se de uma das companhias mais negociadas na B3. 

Valor de mercado

O valor de capitalização da Petrobras em novembro de 2020, de acordo com a Investing, é de R$ 313,34 bilhões. A companhia sempre se mantém entre as maiores empresas do país nas últimas décadas, o que chama a atenção de investidores nacionais e internacionais. 

A Petrobras é considerada uma blue chip. Ou seja, uma das grandes empresas da bolsa, com alto valor de mercado, como mostramos. Normalmente, as blue chips são companhias consolidadas em relação às concorrentes e apresentam histórico de lucro consistente. 

Vale a pena investir em Petrobras?

Essa é uma decisão muito particular, que você deve tomar após analisar alguns fatores, como seu perfil de investidor e seus objetivos. É preciso saber que o investimento em renda variável apresenta alguns riscos, e é importante ter tolerância a eles. 

Além disso, se o seu foco está no longo prazo, é fundamental avaliar a saúde financeira da empresa, sua solidez, projeções para o futuro, entre outros fatores. No caso da Petrobras, as expectativas de crescimento parecem boas no longo prazo. 

A companhia apresenta estratégias de crescimento, ampliando suas atividades de refino e explorando alternativas, como o pré-sal. Contudo, é importante continuar acompanhando para saber se ela seguirá fazendo sentido para o investidor. 

Além do longo prazo, quem visa especular na bolsa também pode encontrar oportunidades com a Petrobras. As principais vantagens para o especulador são a liquidez das Ações e a exposição às oscilações de preço. Assim, é possível lucrar com as variações do mercado no curto prazo. 

Entre as desvantagens que devem ser consideradas em relação à Petrobras está o controle estatal na administração. Isso afeta a qualidade da gestão da empresa e a determinação dos preços. Inclusive, deixa a companhia suscetível à corrupção e a crises políticas, como vimos. 

O preço do petróleo pode ser outra desvantagem. Os barris estão expostos a variações bruscas, que podem estar relacionadas a diversas questões. Por exemplo, os conflitos políticos internacionais e a produção de outros países. Assim, há maior volatilidade. 

Como investir em Petrobras?

Se depois de conferir todas as informações você decidiu investir em Petrobras, precisa entender como fazer isso. O processo é o mesmo para a compra de outras Ações e é bastante simples. 

Confira o passo a passo a seguir: 

Planejar seu investimento

O primeiro passo é fazer um planejamento financeiro para investir. Avalie a sua receita e os seus gastos antes de começar os aportes. Afinal, é preciso entender como está a sua saúde financeira e quais adaptações precisará fazer no orçamento. 

Também é fundamental ter uma reserva de emergência antes de investir na bolsa. No planejamento, busque definir também quais serão os valores e a frequência dos seus aportes. As informações são úteis para montar uma estratégia. 

Definir seus objetivos

É a partir dos seus objetivos financeiros que você poderá comprar Ações com mais consciência. Se a meta é investir para a aposentadoria, por exemplo, as decisões deverão ser voltadas para o longo prazo. 

Existem duas formas básicas de obter lucro com investimento em Ações. A primeira delas é com a valorização dos ativos ao longo do tempo. A outra é por meio do recebimento de dividendos — que são uma fração do lucro do negócio distribuído aos acionistas. 

Antes de investir em Ações da Petrobras, no entanto, é importante lembrar que o investimento em renda variável envolve maiores riscos. A empresa pode se valorizar e trazer bons lucros, mas também pode enfrentar desvalorização e resultar em perda de dinheiro aos investidores. 

Na bolsa, não há garantiras de ganhos. Por isso, é fundamental conhecer bem os tipos de Ações e analisar com cuidado em quais papéis você pretende investir. 

Abrir conta em corretora de valores 

Para comprar Ações, você precisa ter conta em uma corretora de valores. Ela deve ser autorizada a atuar como intermediadora nas operações de renda variável. É essa instituição financeira que promove o acesso à bolsa de valores. 

Por isso, escolha uma corretora da sua confiança para investir. Na Genial Investimentos é possível acessar a renda variável e aportar em Petrobras e outras Ações com mais tranquilidade. 

Transferir o dinheiro 

O próximo passo para comprar Ações da Petrobras é enviar o dinheiro para a sua corretora de valores. A transferência deve ser feita da conta bancária de sua titularidade para a conta da instituição financeira. 

Dependendo do prazo de transação, o dinheiro ficará disponível depois de algum tempo e você poderá realizar as negociações na bolsa. 

Acessar o home broker 

A corretora tem a função de intermediar a sua ordem de compra para que ela chegue até a bolsa. Para isso, ela deve oferecer um ambiente seguro e estável para as suas negociações por meio do home broker

É possível comprar as Ações da Petrobras acessando a plataforma online. Ela contém todas as informações necessárias para fazer as operações — como preço em que os papéis estão sendo negociados naquele momento. 

Definir a quantidade de Ações 

Normalmente, as Ações são negociadas no mercado tradicional em lotes de 100 papéis. No entanto, se você não quiser ou não tiver recursos suficientes para a compra, é possível fazer a aquisição no mercado fracionário. 

Nesse caso, basta adicionar a letra “F” ao ticker que deseja comprar, ou seja, busque por PETR3F ou PETR4F. Desse modo, é possível comprar desde 1 Ação até 99 papéis. 

Enviar a ordem de compra 

Depois de escolher quantas Ações você deseja comprar, é necessário enviar uma ordem de compra. Ela pode ser feita a mercado, ou seja, sem especificar o preço a pagar. Assim, a aquisição ocorrerá pela cotação que o papel está sendo negociado no momento. 

Também é possível definir um valor máximo que você quer pagar pelas Ações. Nesse caso, a compra só ocorre de fato quando o papel atinge o preço especificado. 

Monitorar seu investimento 

Por fim, as Ações farão parte da sua carteira e você deve monitorar o seu investimento. Não significa ter que olhar todos os dias. O ideal é seguir acompanhando notícias sobre o mercado, avaliando os fundamentos da empresa e entendendo qual está sendo o seu retorno com ela. 

Agora que você sabe como comprar Ações da Petrobras, pode avaliar se o investimento vale a pena para você. Lembre-se de que a decisão deve ser tomada de acordo com o seu perfil e objetivos. Além disso, é importante fazer uma análise dos fundamentos da empresa! 

Quer comprar Ações da Petrobras de forma simples? Abra a sua conta na Genial Investimentos e comece a investir! 

Comentários