A Artesanal Investimentos é uma gestora de São Paulo, nascida da vontade dos sócios Alexandre Chaia e Raphael Galhano de montar um fundo multimercado. Assim nasceu o Artesanal FIC de FIM, um multimercado multiestratégia que rendeu, desde o seu surgimento, 174,40%, o equivalente a uma taxa de 120% do CDI.

Pouco tempo após o nascimento do seu multimercado, os sócios da Artesanal descobriram o potencial do mercado de crédito de empresas e ingressaram no segmento de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios, os FIDCs.

Além de atuar na estruturação de FIDCs, a Artesanal desenvolveu também um fundo diversificado que investe nos seus próprios FIDCs. Trata-se do Artesanal Crédito Privado FIC de FIM, que acumula, desde seu nascimento em 2014, uma rentabilidade de 64,75%, o equivalente a uma taxa de 141,67% do CDI.

Ambos os fundos da Artesanal estão disponíveis na plataforma de fundos de investimento da GENIAL. Com apenas um clique, o cliente GENIAL pode investir nesses dois produtos de estratégias sofisticadas e rentabilidade altamente consistente.

A seguir, conheça um pouco do funcionamento e das estratégias dos fundos da Artesanal, bem como seu histórico de rentabilidade:

Artesanal FIC de FIM

O fundo mais antigo da Artesanal nasceu em dezembro de 2008 e acumula, desde então, uma rentabilidade de 174,40%, frente a 144,35% do CDI. Isso equivale a uma taxa de 120,81% do CDI, dentro do objetivo de rentabilidade do fundo, que é de 120% do CDI.

Seus rendimentos são bastante consistentes ao longo do tempo, como você pode ver no gráfico de desempenho do fundo na plataforma de fundos da GENIAL. Lembrando que os rendimentos já são apresentados líquidos de taxas, mas não de imposto de renda.

No ano, sua rentabilidade equivale a 130,98% do CDI, e nos últimos 12 meses, 120,68% do CDI. A volatilidade – isto é, as oscilações das cotas – é bastante controlada, e hoje está em torno de 1,72%.

O Artesanal FIC de FIM é um fundo multimercado multiestratégia. Os multimercados são fundos que podem investir em diversas classes de ativos, como renda fixa, ações e câmbio. Os multiestratégias são aqueles que lançam mão de diferentes estratégias para buscar rentabilidade e atingir seus objetivos.

Conforme define Roberto Souza, head da área de distribuição e Relações com Investidores da Artesanal, trata-se de um multimercado multiestratégia clássico. “Não é como outros que a gente vê por aí que acabam se concentrando em um só mercado”, diz Souza.

Ele frisa que o fundo é altamente diversificado, com cerca de 70 a 80 operações em carteira, tanto no mercado de renda fixa como de renda variável. “Não há apostas direcionais, isto é, na alta ou queda de preços de ativos. Apenas fazemos operações de distorção de preços”, conta.

Ele explica que a base do fundo é o investimento em Letras Financeiras do Tesouro (LFTs), títulos públicos conservadores, atrelados à taxa básica de juros e que, no Tesouro Direto, recebem o nome de Tesouro Selic.

Segundo Souza, de 50% a 60% da carteira ficam investidos em LFTs, que servem de garantia para as demais operações. Entre elas, operações de arbitragem e long & short, estratégias que consistem em operar distorções de preços de ativos correlacionados.

Nesse tipo de operação, o fundo lucra quando o preço de um ativo começa a se comportar de maneira diferente do seu comportamento histórico em relação a outro ativo, a ele correlacionado. O ganho ocorre quando o ativo que sofreu a distorção de preço retorna ao seu patamar histórico.

“Por exemplo, nós fazemos operações de arbitragem com ações de holdings e suas empresas controladas, ou com as ações de uma companhia e suas units”, explica Souza. Uma unit é um ativo composto por mais de uma classe de valores mobiliários negociados em conjunto. Por exemplo, ações preferenciais e ordinárias de uma mesma companhia.

“Outro tipo de operação que gostamos de fazer é a operação clássica de long & short de pares de ações preferenciais e ordinárias de uma mesma companhia”, completa.

O fundo também faz outros tipos de operações, como financiamento de termo (empréstimos para corretoras de valores fazerem operações no mercado a termo para seus clientes) e o investimento em Letras Financeiras de baixo risco, com classificação AAA. Mas Souza ressalva que nunca são feitas operações nos mercados de câmbio ou juros.

O investimento no Artesanal FIC de FIM é bastante acessível às pessoas físicas. Aberto ao público em geral, o fundo tem aporte inicial mínimo de apenas 500 reais e dispõe também de alta liquidez. O dinheiro cai na conta apenas dois dias após o pedido de resgate.

Artesanal FIC de FIM

Aporte inicial: 500 reais
Movimentação mínima: 250 reais
Taxa de administração: 2,00% a.a. com taxa de administração máxima de 3,00% a.a.
Taxa de performance: 20% sobre o que exceder 100% do CDI
Resgate: Cotização em D+1 útil e liquidação em D+1 útil após a data de cotização.

Artesanal Crédito Privado FIC FIM

O Artesanal Crédito Privado FIC FIM basicamente investe nos FIDCs estruturados pela Artesanal Investimentos.

Os FIDCs, como seu nome indica, investem em direitos creditórios, recebíveis de empresas que concedem crédito a seus clientes, mas que desejam antecipar seus pagamentos. Essas empresas então vendem seus recebíveis – direitos a receber pagamentos futuros – a investidores, que lhes antecipam o valor à vista com desconto.

Os FIDCs são justamente os veículos que permitem aos investidores acessar esses recebíveis. Neste outro post, explicamos com mais detalhes o que são e como funcionam os FIDCs.

Hoje, a Artesanal Investimentos tem bastante relevância no mercado de direitos creditórios. Cerca de 1,2 bilhão, dos seus 1,6 bilhão de reais sob gestão, está concentrado nesse mercado.

A carteira do Artesanal Crédito Privado FIC FIM é composta, por exemplo, de FIDCs voltados para os mercados de microcrédito, financiamento de veículos, financiamentos de cadeia de fornecedores, entre outros.

“Estamos praticamente em todos os setores: veículos, agrícola, empresarial, industrial em geral e multicedentes multissacados, que são aqueles que incluem o desconto de recebíveis de qualquer tipo de empresa”, explica Souza.

Trata-se também de um fundo altamente diversificado. Juntando-se todos os FIDCs da carteira, totaliza mais ou menos 650 cedentes e 70 mil sacados.

Os cedentes são os originadores dos FIDCs, isto é, as empresas que concedem o crédito e antecipam os recebíveis, parceiras da Artesanal. Já os sacados são os tomadores do crédito, aqueles que compram os veículos e o maquinário financiado, por exemplo.

Assim como os FIDCs, o Artesanal Crédito Privado FIC FIM tem três classes de cotas. As cotas subordinadas são as mais expostas ao risco de inadimplência dos sacados. Consequentemente, têm maior potencial de rentabilidade. Elas ficam nas mãos dos originadores dos FIDCs e da própria Artesanal Investimentos.

Segundo Souza, o fundo opera com alto nível de subordinação:

“O índice de subordinação médio nos fundos da Artesanal é de 55%. Isso significa que os nossos recursos e os do originador representam 55% do patrimônio do fundo, em cotas subordinadas. No caso do fundo Artesanal Crédito Privado FIC de FIM, para os investidores sentirem um eventual impacto negativo, os FIDCs da carteira teriam que ter, juntos, 50% de inadimplência. Hoje ela fica por volta de 2%”, explica.

As cotas que são distribuídas aos investidores são as seniores, que são as menos arriscadas, e as mezanino, que têm risco intermediário. Elas pagam percentuais pré-determinados do CDI, não apresentando volatilidade. Sua rentabilidade tende a ser menor que a das cotas subordinadas, mas ainda assim é bem superior à da renda fixa tradicional.

Desde o início, em julho de 2014, o Artesanal Crédito Privado FIC de FIM rendeu 64,75%, contra 45,71% do CDI, o equivalente a uma taxa de 141,67% do CDI.

O desempenho do fundo vem se mantendo consistente ao longo do tempo, como pode ser visto na plataforma de fundos da GENIAL. No ano, sua rentabilidade é de 141,26% do CDI, e em 12 meses, de 139,60% do CDI. Lembrando que as rentabilidades são sempre divulgadas já líquidas de taxas, mas não de imposto de renda.

Por se tratar de um fundo de FIDCs, o Artesanal Crédito Privado FIC FIM é voltado apenas para investidores qualificados.

Podem ser considerados investidores qualificados, por exemplo, os investidores profissionais e as pessoas físicas com mais de um milhão de reais em aplicações financeiras. Veja a lista completa de quem é considerado investidor qualificado no Brasil.

Artesanal Crédito Privado FIC FIM

Aporte inicial: 25 mil reais
Movimentação mínima: 5 mil reais
Taxa de administração: 2,00% a.a.
Taxa de performance: 20% sobre o que exceder 100% do CDI
Resgate: Cotização em D+90 corridos e liquidação em D+1 útil após a data de cotização.
Investimento voltado apenas para investidores qualificados.

Conheça mais sobre a história, as estratégias e os diferenciais da Artesanal Investimentos nesta entrevista com Roberto Souza, head da área de distribuição e Relações com Investidores da gestora.

Advertência

Selo da AnbimaEste material tem propósito informativo, não consistindo recomendação financeira ou estratégica para investimentos. A Geração Futuro pode efetuar alterações no conteúdo deste documento a qualquer momento. As informações contidas neste material são de caráter exclusivamente informativo e não necessariamente foram auditadas. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador do fundo, do gestor da carteira, de qualquer mecanismo de seguro ou, ainda, do Fundo Garantidor de Créditos – FGC.

A rentabilidade divulgada não é liquida de impostos. Para a avaliação de performance de fundo de investimento é recomendada uma análise de no mínimo 12 (doze) meses. LEIA O PROSPECTO E O REGULAMENTO ANTES DE INVESTIR EM QUALQUER FUNDO DE INVESTIMENTO. RENTABILIDADE PASSADA NÃO REPRESENTA GARANTIA DE RENTABILIDADE FUTURA. A comparação da rentabilidade dos Fundos com os respectivos indicadores econômicos se trata de mera referência econômica, e não meta ou parâmetro de performance.

Artesanal FIC de FIM: iniciou atividades em 09/12/2008, P.L. em AGOSTO de R$ 77.612.253,29 e P.L. Médio 12 Meses R$ 75.685.000,00. No MÊS sua rentabilidade foi de 0,68% contra 0,80% do CDI. No ANO acumulou uma rentabilidade de 9,70% contra 7,36% do CDI e ao longo dos últimos 12 meses acumulou uma rentabilidade de 14,51% contra 12,07% do CDI. A rentabilidade acumulada desde o início foi de 173,67%, enquanto o CDI acumula no mesmo período 143,94%. O FUNDO ACIMA É DESTINADO AO PÚBLICO EM GERAL.

Artesanal Crédito Privado FIC FIM: iniciou atividades em 18/07/2014, P.L. em AGOSTO de R$ 133.457.597,82 e P.L. Médio 12 Meses R$ 85.115.000,00. No MÊS sua rentabilidade foi de 1,05% contra 0,80% do CDI. No ANO acumulou uma rentabilidade de 10,41% contra 7,36% do CDI e ao longo dos últimos 12 meses acumulou uma rentabilidade de 16,84% contra 12,07% do CDI. A rentabilidade acumulada desde o início foi de 64,38%, enquanto o CDI acumula no mesmo período 45,46%. O FUNDO ACIMA É DESTINADO APENAS A INVESTIDORES QUALIFICADOS.

A Genial é a plataforma de investimentos que está democratizando o acesso aos melhores produtos do mercado, de forma simples, ágil e eficiente, através de uma assessoria financeira isenta, transparente e qualificada.

Contentários