A CETIP está presente no dia a dia dos investidores, mas você sabe o que ela é? Mesmo não a utilizando diretamente, quem faz movimentações financeiras, investimentos em renda fixa e operações em renda variável utiliza seus serviços. 

Essa instituição é muito importante para o mercado financeiro, trazendo segurança, integração e agilidade para negociações. Ademais, ela tem uma relação direta com o CDI, um índice muito utilizado nos investimentos. 

A seguir você conhecerá a CETIP, como ela funciona e suas principais funções. Também entenderá qual é a sua relação com o CDI. Acompanhe! 

O que é CETIP? 

CETIP significa Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos Privados. Ela é uma empresa de capital aberto que fornece serviços para integralizar o mercado financeiro. Assim, realiza transferências bancárias, como TED e DOC, custódia de ativos e liquidação de investimentos. 

Esses serviços são utilizados por instituições financeiras — como os bancos, corretoras de valores, fundos de investimentos, seguradoras etc. Logo, ela serve como uma intermediária que realiza as operações para os clientes. 

A CETIP foi fundada em 1984, mas entrou em funcionamento em 1986, operando de forma eletrônica. Em 2017, ela se fundiu à BM&F Bovespa — dando origem à B3, a atual bolsa de valores brasileira. 

Antes da CETIP, todas as transações e movimentações financeiras eram feitas fisicamente. Assim, era preciso fazer a emissão de cheques ou títulos para registrar a operação em nome dos investidores, por exemplo. 

Dessa forma, a CETIP consegue trazer agilidade, segurança e desburocratização para as movimentações financeiras. 

Como ela funciona? 

Conforme você viu, a CETIP está presente na rotina financeira dos brasileiros. Quando você faz uma transferência bancária, por exemplo, é ela que instrumentaliza essa operação. Para isso, possui uma estrutura de tecnologia própria para oferecer os seus serviços de forma virtual.  

Então, ao transferir valores, você não utiliza somente os serviços do seu banco ou corretora. A CETIP também está envolvida na movimentação, ofertando a estrutura e garantias necessárias. 

Com isso, ela é integrante do Sistema Brasileiro de Pagamentos, sendo a responsável pelo clearing do mercado financeiro no Brasil. Dessa maneira, ela funciona como uma centralizadora de operações financeiras. 

Para trazer ainda mais segurança, a CETIP é fiscalizada e regulamentada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Existe, ainda, uma estrutura interna de autorregulação. Assim, todas as operações feitas e os serviços realizados são constantemente acompanhados. 

Quais são as principais funções da CETIP? 

Após entender o que é a CETIP e seu funcionamento, você precisa conhecer as suas principais funções. Com toda a estrutura que ela fornece no mercado financeiro, todos os investidores já utilizaram seus serviços, mesmo sem saber. 

Sua primeira função você já conhece: oferecer uma plataforma virtual de forma que as operações financeiras ocorram em tempo real e sem burocracias. É por meio desse ambiente que as instituições credenciadas realizam movimentações e negociações financeiras. 

Além disso, a CETIP também tem a função de registrar as operações feitas pelo mercado. Portanto, quando você envia uma ordem de compra ou venda de um ativo ou título para sua corretora, quem realiza o registro é a CETIP. 

Dessa maneira, ela serve como um intermediário entre o investidor e as empresas responsáveis pelos investimentos. Ou seja, com esse registro, o cliente tem a certeza de que suas ordens realmente ocorreram e foram operacionalizadas pela corretora. Assim, instituições que buscam fraudar ou aplicar golpes em clientes são facilmente identificadas. 

Outra função fundamental da CETIP é se responsabilizar pela custódia de ativos, contratos e títulos. Ou seja, é ela que faz a guarda, a atualização, a manutenção e o exercício dos ativos negociados no mercado. 

Isso serve para que os direitos relacionados aos títulos fiquem em depósito para os investidores e custodiados pela CETIP. Logo, quando o titular requer a devolução dos ativos, a operação será realizada com segurança. 

Qual é a relação da CETIP com o CDI? 

Quem busca informações sobre investimentos ou já está nesse mercado com certeza ouviu falar em CDI. O Certificado de Depósito Interbancário é uma taxa utilizada nos empréstimos realizados entre bancos. 

Conforme o Banco Central, os bancos brasileiros precisam terminar o dia com saldo positivo. Contudo, isso nem sempre acontece nas movimentações normais da instituição. Então, a solução é fazer um empréstimo para ter dinheiro em caixa e cumprir a regra. 

Quando o empréstimo ocorre, a taxa utilizada para calcular os juros cobrados entre bancos é o CDI. Mas, afinal, qual é a relação desse índice com a CETIP? Como você viu, é ela que intermedia a transferência de valores e a liquidação de títulos no Brasil.  

Logo, todos os empréstimos entre bancos são registrados pela CETIP. Assim, ela tem a capacidade de calcular a média do CDI cobrado entre os bancos com precisão. Por isso, é a responsável pelo cálculo do CDI e pela divulgação diária da taxa — que é feita no site da B3

Por que é importante conhecer esses conceitos? 

Como você percebeu, a CETIP é muito relevante para os investidores. Mesmo que você pareça não ter contato com ela diretamente, a instituição traz integração e segurança para o mercado financeiro. 

O seu selo, o CETIP Certifica, por exemplo, é uma forma de certificar e validar uma aplicação, registrando-a no CPF ou CNPJ do investidor. Para isso, o emissor precisa estar cadastrado na instituição. 

Essa certificação é aplicada nos títulos de renda fixa, nos fundos de investimento, nos certificados de operações estruturadas e outros ativos. Assim, o investidor terá mais segurança em seus investimentos, além de conhecer a regularidade do ativo. 

Além disso, é importante conhecer a CETIP por sua participação no CDI — um dos principais benchmarks para os investidores. Diversas aplicações e fundos são atrelados a esse índice. Assim, saber como ele é calculado e divulgado é fundamental. 

Conseguiu entender o que é a CETIP e como ela funciona? Neste conteúdo, você conheceu suas funções e sua relação com o CDI. Lembre-se de acompanhar a variação da taxa e o trabalho da instituição para avaliar os seus investimentos. 

Está interessado em uma corretora de valores para começar a investir seu dinheiro? Então venha ser Genial! 

Comentários