Antes de falar sobre como investir na Bolsa de Valores, você sabe o que ela é e o que significa? A Bolsa é onde se negociam títulos empresariais e demais produtos financeiros. Trata-se de uma instituição que atua como um grande mercado, facilitando o processo de compra e venda de ações entre investidores, entre outros ativos.

A Bolsa oficial do Brasil é a B3 (Brasil, Bolsa e Balcão), que surgiu em 2017 como resultado da fusão entre a BM&FBovespa e a Cetip. A B3, localizada em São Paulo, está entre as 5 maiores bolsas de mercado financeiro e de capitais de todo o mundo. Quer saber mais sobre como funciona esse mercado e aprender como investir na Bolsa de valores? Então acompanhe o artigo.

Como investir na Bolsa de Valores

Do ponto de vista técnico, não há complicações para quem deseja investir na Bolsa. Basta ter uma conta em uma instituição autorizada (corretora ou banco), fazer a transferência do dinheiro para o Home Broker e começar a investir.

O Home Broker nada mais é do que uma ferramenta, onde é possível acompanhar aquilo que é importante nesse mercado, ou seja, as cotações, fazer as ordens de compra e venda das ações e as variações dos títulos.

Como começar na Bolsa de Valores

Em primeiro lugar, é preciso entender que comprando uma ação você adquire uma parte de uma empresa. Isso faz de você sócio daquela instituição, tendo direito aos lucros que ela gera e à participação nas decisões tomadas (nos casos em que isso é especificado).

Uma informação básica sobre como investir na Bolsa de valores é que não existe um valor mínimo para o investimento. Você pode aplicar o quanto quiser, entretanto, o recomendável é que comece com cuidado. Isso porque, somente com o tempo, que você conseguirá o aprendizado e a experiência necessária para alcançar resultados cada vez maiores. 

Evite aquela ideia de lucro imediato. Na Bolsa, assim como existem possibilidades reais de ganho, há riscos de perda. Para lucrar, vale a pena ter prudência e trabalhar com uma corretora capacitada, como a Genial Investimentos, para lhe orientar de acordo com o seu perfil de investidor e te ajudar a fazer as melhores escolhas.

home brokerQual a estratégia ideal para um iniciante

Vá com calma e use a prática para aprender como investir na Bolsa de Valores. Por se tratar de uma modalidade de renda variável, a Bolsa naturalmente oscila. Portanto, esse é o primeiro aspecto a ser analisado. O ideal é que você tenha alguns critérios para lidar com as ações e outros produtos disponibilizados no mercado.

Pensando em longo prazo, as ações costumam seguir os fundamentos de cada empresa, ou seja, se a companhia for boa, a tendência é que seus resultados sejam melhores. No curto prazo, os resultados são imprevisíveis, podendo variar de acordo com situações repentinas e diárias.

Uma dica válida é diversificar os seus investimentos.  Como você ainda é iniciante, acaba correndo mais riscos, portanto, o ideal é seguir um “mantra” no mercado de ações: evite colocar todos os ovos na mesma cesta. O que isso quer dizer? Que se você dividir o seu dinheiro em diferentes tipos de investimentos, mesmo que haja perdas, haverá uma compensação entre os ativos que não forem bem e outros que tiverem um bom desempenho. 

Como avaliar as empresas

Como destacado anteriormente, é importante saber lidar com as cotações. Essa dica é fundamental para quem quer aprender como investir na Bolsa de Valores. Se o seu objetivo for investir em longo prazo, o correto é se concentrar nos aspectos que fazem com que a empresa seja considerada boa, ou seja, quando ela reúne elementos, como boa governança e lucratividade. Isso pode ser verificado nos balanços. É por meio deles que você consegue analisar questões como lucro, dívidas e fluxo de caixa.

Por isso, fique atento: as empresas geralmente publicam informações a respeito de suas relações com os investidores em seus sites ou por meio da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão que regula o mercado financeiro no Brasil. Se você não tem familiaridade em analisar os balanços das empresas, é válido consultar os assessores e especialistas das corretoras. 

Como identificar as empresas na Bolsa

As ações podem ser ordinárias ou preferenciais. Assim, cada empresa possui um código próprio em função de sua operação financeira para identificação. Trata-se do que o mercado chama de “ticker”. Na Bolsa, as empresas são sempre identificadas com quatro letras e um número, no modelo ABCX.

As letras ficam a critério de cada instituição. Por exemplo, a Petrobras é identificada como PETRX. Já os números mostram se as ações são ordinárias ou preferenciais, da seguinte forma: quando for 3, temos uma ação ordinária, ou seja, que dá ao sócio direito de participar das decisões da empresa.

No caso do número 4, isso significa que trata-se de uma ação preferencial, ou seja, que limita o sócio à participação nos lucros e dividendos da empresa, sem que isso permita a ele direito a voto nas assembleias.

O passo a passo para investir

Com as informações apresentadas acima, você certamente já deve estar mais seguro em relação ao investimento na Bolsa de Valores. Para tanto, preparamos um passo a passo para começar esse processo:

1. Escolha uma instituição financeira

Você pode optar por uma corretora ou um banco. Recomendamos usar os serviços de uma corretora, como a Genial, que pode te dar mais atenção por ter profissionais especializados e focados em investimentos na Bolsa de Valores.

2. Defina seus objetivos

Sua estratégia depende dos objetivos que você definir. Saiba onde quer chegar e então escolha os investimentos de acordo com as suas metas. Para tanto, é importante contar com uma assessoria de qualidade.

3. Determine o seu plano de investimentos

Nessa etapa define-se aquilo que chamamos de carteira de investimentos. Nela, o ideal é diversificar para evitar riscos. Considere diferentes tipos de empresas para proteger seu dinheiro.

4. Escolha as ações

É nesta fase que você opta pelas empresas de acordo com o planejamento realizado.

5. Acesse o Home Broker

Como explicado anteriormente, o Home Broker é o sistema utilizado para lidar com a Bolsa. O ideal é que seja intuitivo para que você tenha como investir com simplicidade, considerando as regras e horários da Bolsa

6. Acompanhe seus investimentos

Por fim, não deixe de estar de olho na movimentação do seu dinheiro, mas faça isso com critérios. Cuidado para não se atrapalhar acompanhando as cotações diariamente e acabar agindo errado. Pense no seu propósito de longo prazo, sempre mais recomendado porque as boas empresas costumam dar grande rentabilidade com um prazo maior.

Enfim, investir na Bolsa de Valores não é algo tão complicado se você tiver prudência e a devida orientação para agir. Com a Genial Investimentos você tem acesso às melhores soluções do mercado para fazer seu dinheiro render e ainda conta com um time de especialistas em Bolsa de Valores à sua disposição.

Entendeu como investir na Bolsa de valores? Caso tenha ficado alguma dúvida, comente e entre em contato com qualquer assessor de investimentos da Genial. Abra sua conta já! 

abra sua conta

Leonardo é jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, com passagens por grandes veículos da imprensa brasileira, como TV Cultura, Veja e Estadão. Especializou-se em jornalismo econômico, com aprovação pela FGV, no curso de trainee promovido pelo Grupo Estado.

Contentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *