Você sabe o que é um home broker? Quem está iniciando nos investimentos ou buscando alternativas de renda variável pela primeira vez deve conhecer essa ferramenta. Afinal, é ela que trará acesso a diversos ativos do mercado financeiro.

Mas, antes de utilizá-la, é fundamental entender suas principais características, para que ela serve e como escolher um bom home broker. Dessa maneira, será possível aproveitar todas as suas funcionalidades de forma segura.

Ficou interessado em saber o que é home broker e como ele funciona? Então continue a leitura deste conteúdo sobre o assunto!

O que é um home broker?

Home broker é um tipo de plataforma de investimentos online que conecta os investidores e a bolsa de valores. Oferecido pelas corretoras de valores atuantes no mercado, ele permite que o investidor pessoa física negocie, por conta própria, uma série de ativos e derivativos de renda variável.

Você pode imaginar o home broker como a vitrine e a área de transações da bolsa de valores. Nela, você encontra os ativos em negociação, pode enviar as suas ordens de compra e venda e acompanhar os preços de cada ativo.

É possível, por exemplo, comprar e vender ações, opções de ações, contratos futuros, fundos imobiliários e ETFs (fundos de índice). Tudo pela internet, de forma prática, autônoma, ágil e transparente, com uma plataforma oferecida pelas instituições financeiras.

Dessa maneira, é possível entender o home broker como uma evolução das negociações na bolsa de valores. Antes de existir essa plataforma, todas as transações eram realizadas por meio da mesa de operações, entrando em contato com um operador (um broker).

Você já deve ter visto essa cena: diversos profissionais no ambiente da bolsa de valores, com telefones, lançando as ordens de compra e venda de seus clientes, não é mesmo?

Esse processo ocorreu até 1999. Nesse ano, foi lançado o home broker (que, em uma tradução livre, significa operador em casa) Com ele, surgiu o pregão eletrônico, que atualmente é o ambiente nativo das bolsas de valores.

Logo, para realizar suas negociações na bolsa de valores brasileira (B3), não é mais preciso entrar em contato com um operador. Basta acessar o home broker em qualquer lugar, desde que exista acesso à internet.

Qual é a finalidade da plataforma?

Agora que você já sabe o que é home broker, é importante se aprofundar sobre as suas finalidades. Você viu que ele é uma plataforma oferecida pelas corretoras de valores para negociação de ativos e derivativos na bolsa.

Um dos objetivos da criação do home broker é tornar toda negociação mais fácil e intuitiva. Bastam alguns cliques para fechar uma transação, sendo possível programar ordens de compra e venda fora dos horários de negociação.

Como ele é um sistema de negociação eletrônico, o investidor consegue realizar todas as operações por conta própria, desde que esteja cadastrado e tenha conta em uma corretora. Além disso, a instituição financeira deve ter sua regularidade comprovada perante os órgãos oficiais.

Outra finalidade do home broker é facilitar a entrada de pequenos investidores no mercado de renda variável. Antes dele, toda a burocracia e as operações realizadas presencialmente ou por telefone eram mais caras e inacessíveis.

Com o home broker, você pode investir como se estivesse utilizando o internet banking. Muitas corretoras permitem o uso de aplicativos em smartphones, oferecem uma plataforma intuitiva e o acompanhamento de toda a evolução dos investimentos pelo aplicativo.

Esse sistema pode ser um dos responsáveis pela popularização dos investimentos na bolsa de valores. Apenas em 2022, houve um crescimento de 15% no número de investidores na B3, totalizando o montante de 4,4 milhões de pessoas.

Além de possibilitar a compra e a venda de ativos de renda variável, o home broker disponibiliza as cotações em tempo real — o que facilita a tomada de decisão. Também há análises, notícias e acompanhamento da transação, para identificar se ela foi ou não realizada.

Por fim, o home broker permite visualizar os ativos que o investidor tem em carteira, os custos das transações, entre outras informações.

Quais tipos de investimento são feitos pelo home broker?

Como o home broker é a plataforma de investimentos que permite o acesso a ativos da bolsa de valores, todos os investimentos disponíveis na B3 também estarão presentes nele.

Confira, a seguir, quais são as principais oportunidades:

Ações

As ações representam a fração mínima do capital social de uma empresa listada na bolsa de valores. Seu preço varia conforme a oferta e demanda dos investidores.

Ao comprar uma ação, o investidor passa a ter diversos direitos, como a possibilidade de receber proventos e votar em assembleias. Contudo, ele também estará exposto aos riscos do negócio.

BDRs

BDR é a sigla para brazilian depositary receipt, também conhecido como certificado de depósito de valores mobiliários. Eles são ativos listados na bolsa de valores brasileira que representam alternativas de investimentos do exterior.

Com eles, é possível ter acesso a ações, ETFs, títulos de renda fixa e outras oportunidades internacionais sem sair do Brasil.

Fundos imobiliários

Também é possível negociar as cotas de fundos imobiliários (FIIs) na B3. Eles são veículos de investimentos administrados por um gestor profissional. Os FIIs são focados em ativos do mercado imobiliário, como imóveis físicos, títulos atrelados a esse mercado e cotas de outros fundos.

As cotas representam uma fração mínima do patrimônio do fundo, variando de preço conforme as movimentações da carteira e a oferta e demanda dos investidores.

ETFs

Os ETFs (exchange traded funds), também conhecidos como fundos de índice, têm as suas cotas negociadas na bolsa de valores. Eles são fundos de investimento em que o objetivo do gestor profissional é replicar os resultados de um índice financeiro.

Contratos futuros

Por fim, vale citar a possibilidade de negociar os contratos futuros. Eles são contratos padronizados ligados a derivativos — como commodities, índices e moedas — que permitem ao operador se posicionar contra ou a favor dos resultados do ativo relacionado ao contrato.

Como comprar e vender ativos por meio da plataforma?

Ficou interessado em saber como comprar e vender ativos através do home broker de uma corretora de valores? Então confira a seguir um passo a passo para isso:

Obtenha acesso ao home broker

Para se tornar um cliente de home broker, o investidor precisa apenas abrir conta em uma corretora que ofereça a plataforma e dispor de conexão com a internet. Desse modo, será possível fazer as operações com praticidade.

Acesse a plataforma

Após ter sua conta na corretora de valores, basta acessar a plataforma pelo site ou aplicativo da instituição. Na primeira tela você encontrará diversas informações do mercado, mas os detalhes da plataforma que você utilizar.

É comum encontrar o saldo da sua conta e suas ordens — os pedidos de compra ou venda de ativos no home broker. Também será possível verificar as cotações em tempo real das principais alternativas do mercado.

Em boas corretoras, essa primeira tela do home broker é personalizável. Ou seja, você poderá adicionar janelas, incluir ou retirar informações e determinar atalhos para facilitar as suas operações no dia a dia.

Envie a sua ordem

Para comprar ou vender ativos, de forma geral, haverá um botão direcionando a essas operações. Os home brokers costumam ser bastante intuitivos, então deve ser fácil identificar todas as opções e os caminhos para realizar suas operações.

Se você quiser comprar um ativo, busque essa opção no home broker. Uma nova tela ou aba deve aparecer no seu navegador, com diversos campos para preenchimento. Primeiro, você deve procurar pelo ticker do ativo que deseja comprar.

O ticker é o código de negociação do ativo na bolsa de valores. Ele costuma ser representado por 4 letras e uma combinação numérica ao final. As ações preferenciais da Petrobrás, por exemplo, possuem o ticker PETR4.

Ao buscar pelo código, você verá o book de ofertas, no qual há todos os lançamentos de compra e venda e seus respectivos preços. Assim, você poderá decidir se os ativos estão com uma cotação que faz sentido para a sua estratégia.

Se você decidir pela compra, basta preencher os campos com a quantidade de ativos que deseja adquirir e finalizar a operação. Nesse momento, você deve esperar pela liquidação da negociação e, assim que isso acontecer, os investimentos farão parte da sua carteira.

Acompanhe os resultados

Vale dizer que no próprio home broker você pode visualizar o preço dos ativos em sua carteira, quanto tem disponível em conta e outras informações importantes. Dessa maneira, é possível acompanhar os resultados de seus investimentos com mais facilidade.

Como escolher um bom home broker para fazer suas operações?

Você aprendeu que cada corretora de valores oferece uma plataforma própria para ter acesso ao home broker da bolsa de valores. Portanto, existem diferenças entre essas plataformas que devem ser conhecidas e analisadas.

Nesse sentido, é comum que os investidores iniciantes fiquem com dúvidas sobre como escolher um bom home broker para realizar as operações na bolsa. Afinal, com todas essas diferenças, as informações podem sobrecarregar os usuários.

Veja a seguir os principais pontos de atenção para escolher um bom home broker:

Segurança

O primeiro ponto que você deve se atentar ao escolher um bom home broker é a segurança da plataforma. Nessa questão, é muito importante que você pesquise sobre as corretoras de valores e suas medidas para proteger os clientes.

Lembre-se de que essas instituições são responsáveis por depositar valores e ativos, ficando responsável pela guarda do seu capital investido. Logo, ter mais segurança nunca é demais, não é mesmo?

Layout

Outra questão sobre o home broker é o layout. Ele diz respeito à apresentação da plataforma — sua parte visual. Isso não trata apenas de achar o sistema agradável ou não, mas também se relaciona à usabilidade.

Um layout muito poluído com informações desnecessárias ou com pouca usabilidade atrapalha as suas negociações. Nesses casos, você pode se perder nas informações e ter mais trabalho para lançar as ordens na plataforma.

Personalização

Um bom home broker também deve ser personalizável. Cada investidor tem a sua própria maneira de realizar as negociações e as informações que achar mais relevantes nesse momento.

Nesse contexto, ter um home broker com um layout personalizável é fundamental para trazer mais facilidades e tranquilidade no momento de realizar as negociações.

Intuitividade

O home broker também precisa ser intuitivo. Esse termo significa a capacidade que a plataforma tem de ser entendida com mais facilidade.

Um sistema intuitivo é aquele que possui um bom layout, opções claras, poucos cliques para se chegar a uma informação e explicações concisas. Com isso, você não terá problemas para aprender a utilizá-lo e perderá menos tempo em suas operações.

Custos

Por fim, considere os custos para a utilização das plataformas oferecidas pelas corretoras de valores. Elas costumam cobrar a chamada taxa de corretagem, que incide sobre as operações realizadas pelos seus clientes.

Esse custo pode afetar a rentabilidade líquida dos investimentos, afinal, ele deve ser descontado do retorno obtido. Quanto menor a taxa de corretagem, maior será o seu retorno proporcional, melhorando a rentabilidade.

A Genial, por exemplo, oferece a corretagem com custo zero. Dessa maneira, os principais ativos são isentos da taxa, permitindo que você aproveite ao máximo a rentabilidade obtida com os investimentos.

Conheça o home broker da Genial

A Genial é uma plataforma de investimentos online, e como tal, também não poderia faltar um home broker. O investidor tem acesso ao sistema pelo nosso site, usando o mesmo login que permite acessar as plataformas online de fundos e de renda fixa.

Se você ainda não conhece o home broker da Genial, é possível aprender o passo a passo para ativá-lo. Aproveite e confira também os planos de corretagem.

A Genial é uma corretora de valores com mais de 20 anos de mercado, com experiência em renda variável, resultados consistentes, tecnologia e inovação.

Somos habilitados pela bolsa de valores para executar operações em renda variável. Possuímos os selos de Execution Broker e Retail Broker, emitidos pela B3, que atestam a qualidade dos serviços e processos executados.

Mesmo sendo uma plataforma digital, a Genial conta com um time de assessores sempre dispostos a tirar todas as suas dúvidas, de forma descomplicada. Aqui, acreditamos que, com a assessoria certa, todo mundo pode ser um investidor.

Conseguiu entender o que é o home broker e para que serve essa plataforma? Como você percebeu, saber utilizá-lo é essencial para realizar suas negociações na bolsa de valores. Então busque uma corretora que preze pela sua segurança e praticidade.

E pra você que deseja aprender um pouco mais sobre o mercado de ações, adquira agora mesmo o curso “Aprenda a Investir em Ações”, produzido pelo nosso estrategista, Filipe Villegas, disponível na plataforma da Genial Educação. Clique aqui e saiba mais: https://educacao.genialinvestimentos.com.br/aprenda-a-investir-em-acoes

Ficou interessado em ter conta em uma corretora de valores que proporcione um home broker ideal para suas necessidades? Então vem ser Genial!

Caroline Rosa

Há 12 anos no mercado financeiro e com forte desejo de encorajar mais mulheres a construírem sua liberdade financeira, Caroline Rosa é sócia e gerente comercial na Genial Investimentos. Além disso, coordena o HUB de educação financeira, a Genial Educação, onde sua missão é democratizar o acesso ao conhecimento dentro do mercado financeiro de forma simples, acessível e objetiva.

Ver todos os artigos
E-book Trader

Navegação rápida

O link do artigo foi copiado!

Planilha Comparativa de Renda Fixa