Ao entrar no mundo dos investimentos, uma das primeiras coisas que você terá de descobrir é qual o seu perfil de investidor. O teste de avaliação do perfil é uma etapa crucial e garante que você irá tomar as melhores decisões possíveis dentro do confortável, considerando as oportunidades que os investimentos podem proporcionar.

Continue e leitura e saiba como isso acontece e por que o perfil de investidor é essencial.

Para que serve o perfil de investidor?

Há diversos tipos de investimentos disponíveis no Brasil. Então, como saber qual é o mais adequado para você? Nesse sentido, o perfil de investidor serve como um primeiro filtro.

É com base no seu perfil de investidor que será possível escolher, entre todos os investimentos disponíveis, quais podem atender melhor às suas necessidades, mantendo o risco na medida certa para você. De acordo com o seu perfil, uma série de investimentos podem ser eliminados e, ao mesmo tempo, outros são recomendados. Em suma, essa análise torna a escolha mais simples e efetiva.

O perfil de investidor é também chamado de suitability, que quer dizer conformidade entre o seu perfil e os investimentos.

Por que a análise do perfil de investidor é necessária?

Toda vez que você começar a investir por meio de uma instituição financeira, seja um banco, corretora ou plataforma de investimentos, você terá de responder a algumas perguntas para que a organização saiba qual o seu perfil de investidor. Essa etapa serve como uma garantia para ambas as partes. Assim, a empresa poderá oferecer as melhores indicações para você, que terá mais clareza sobre o perfil no qual se encontra no momento.

Esse questionário de perfil de investidor é obrigatório, conforme decreto da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), entidade que regula os investimentos no Brasil, então. Ele deve ser feito pelo menos uma vez para cada instituição em que você invista.

Como é feito o perfil de investidor?

Para a formação do seu perfil de investidor, a instituição financeira leva em consideração dados como: idade, por quanto tempo pretende manter a aplicação, qual a finalidade do investimento, o quanto você conhece de investimentos e qual a sua tolerância aos riscos. Diante de suas respostas, a instituição poderá indicar em qual perfil você se encaixa.

Os três perfis de investidor

O resultado do seu perfil de investidor será um dos três tipos: conservador, moderado ou arrojado.

Abaixo, veja uma breve descrição de cada perfil de investidor:

Conservador: é o investidor que prioriza a preservação dos seus recursos acima de tudo. Não assume riscos que possam comprometer seu patrimônio, ainda que a rentabilidade dos seus investimentos fique mais baixa se comparada a de outros ativos. É o que menos tolera perdas e falta de liquidez.

Moderado: é o investidor que assume riscos um pouco maiores em busca de uma rentabilidade superior à dos investimentos conservadores. Mas o investidor moderado também dá importância à segurança, por isso, busca investir de forma equilibrada em diversas classes de ativos, diversificando as faixas de risco e rentabilidade dos seus investimentos.

Arrojado: assume riscos mais altos em busca da maior rentabilidade possível. Então, o investidor neste perfil têm tolerância à eventuais perdas em rentabilidade, visando possíveis ganhos em médio ou longo prazo. Tem sólido conhecimento do mercado.

É importante notar que o perfil de investidor não está ligado somente à personalidade ou à fase da vida do investidor, mas também está relacionado ao seu conhecimento sobre investimentos. Por isso não é possível não entender nada de investimentos e ter um perfil arrojado ou agressivo. A CVM considera que, para se enquadrar no perfil arrojado, o investidor deve compreender os riscos relacionados ao produto, serviço ou operação.

Já uma pessoa que entende de investimentos pode, sim, se encaixar no perfil conservador. Ela pode entender que há opções mais rentáveis, mas preferir ter seu dinheiro aplicado em opções mais conservadoras que tenham menos oscilações.

Quais investimentos indicados para cada perfil?

Conforme explicado anteriormente, há investimentos que são mais ou menos indicados para cada perfil de investidor. Eles levam em conta as três variáveis que contemplam, em maior ou menor grau, os fatores: risco, rentabilidade e liquidez.

Investimentos para o perfil conservador

O conservador prefere a segurança em detrimento das maiores rentabilidades. Ou seja, ele deseja produtos de baixo risco mesmo que apresentem menores rendimentos. Por isso, se você é um investidor de perfil conservador, os investimentos mais indicados são os menos arriscados, como os de renda fixa: Tesouro Direto e CDB, por exemplo.

Investimentos para o perfil moderado

Investidores de perfil moderado costumam ter mais conhecimento de investimentos e optar por assumir um pouco mais de riscos do que o conservador em troca de rentabilidades superiores. Preferem fazer isso de forma balanceada, diluindo os riscos de ações, por exemplo, em fundos mistos, ou mantendo parte da carteira em ativos de baixo risco. Outros exemplos de investimentos que podem estar na carteira de investidores moderados são os fundos multimercados, debêntures, ações, fundos de ações, fundos imobiliários e letras financeiras.

Investimentos para o perfil arrojado

O investidor de perfil arrojado prefere a chance de ter a maior rentabilidade possível, mesmo que isso signifique mais riscos. Para este perfil são indicadas ações como grande parte da carteira de investimentos. Investidores arrojados podem manter parte dos investimentos em ativos moderados e também conservadores, mas essa fração será menor do que a de ativos mais arriscados.

O meu perfil de investidor pode mudar?

Sim, o seu perfil de investidor pode mudar. Conforme adquire mais experiência com seus investimentos ou toma mais conhecimento sobre como funciona o mercado, pode ser que você se torne mais arrojado. Ou pode ser que, após uma mudança em sua fase de vida ou dos seus objetivos, se torne mais cauteloso, ou mais conservador.

Mudar é normal. Então, após alguns anos, ou sempre que sentir necessidade, você pode refazer o teste de perfil de investidor ou conversar com um profissional da sua plataforma de investimentos sobre o assunto antes de fazer novos aportes.

Quer fazer o teste? Abra agora uma conta na Genial Investimentos para saber o seu perfil e começar a investir!

abra sua conta

Publicado por Genial

A Genial é a plataforma de investimentos que está democratizando o acesso aos melhores produtos do mercado, de forma simples, ágil e eficiente, através de uma assessoria financeira isenta, transparente e qualificada.

Contentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *