O mercado de renda variável exige que o investidor esteja atento a diversos fatores antes de tomar uma decisão. Afinal, é preciso considerar as expectativas de ganhos e os riscos envolvidos para fazer escolhas adequadas. Um dos indicadores que colabora nesse sentido é o preço sobre lucro (P/L).

A métrica é calculada a partir de dados relacionados ao ativo e à empresa emissora. Apesar dessa simplicidade para chegar ao número, é preciso ter cuidado no momento de analisar o resultado, a fim de direcionar corretamente suas decisões.

Quer entender o que é o P/L e como utilizá-lo em seus investimentos? Continue a leitura e descubra esse indicador!

O que é preço sobre lucro (P/L)?

Preço sobre lucro — ou simplesmente P/L — é um dado que representa a relação entre a cotação atual de uma ação e o lucro por ação gerado pela companhia em determinado período. Em termos práticos, o P/L informa o quanto o mercado está disposto a pagar pelo lucro apresentado ou projetado pela empresa.

Vale observar que o preço sobre lucro não deve ser analisado de modo isolado. Ele é especialmente relevante quando é usado com demais índices e comparado com outros negócios do mesmo setor ou com o histórico da própria emissora.

Qual é a importância do índice para investidores?

O P/L é uma métrica cuja relevância envolve mais que uma relação entre preço e lucro. Abaixo, você confere pontos que destacam por que ele é significativo para os investidores!

Avaliação de atratividade de investimento

Esse indicador pode fornecer uma ideia da atratividade de um ativo. Um preço sobre lucro baixo sugere que a ação pode estar subvalorizada em relação ao seu potencial de rentabilidade. Isso pode ser um indicativo de oportunidade de investimento, embora seja preciso considerar outros fatores na avaliação.

Comparação entre empresas e setores

A métrica também possibilita a comparação de emissoras pertencentes aos mesmos segmentos e indústrias. Ao analisar o P/L em relação a um setor específico, os acionistas podem identificar se uma companhia está ou não está sendo negociada a um valor mais atraente em relação aos seus pares.

Indicador de confiança dos investidores

Se a métrica estiver elevada, ela pode indicar que as pessoas estão confiantes na perspectiva de crescimento futuro da empresa. Isso pode ser um sinal de que o mercado espera um desempenho sólido, sendo um fator positivo para aqueles que buscam crescimento a longo prazo.

Compreensão da percepção de risco

O preço sobre lucro também é capaz de oferecer insights a respeito da percepção de risco dos investidores em relação a um negócio. Um P/L alto talvez sugira que o mercado tem expectativas elevadas, o que implica que tende a haver mais riscos em caso de resultados abaixo do esperado.

Análise do potencial de retorno

Por fim, ao analisar o preço sobre lucro em conjunto com outras informações sobre a companhia, os acionistas têm uma visão mais abrangente do potencial do investimento. Dessa forma, eles obtêm embasamento para tomar decisões mais informadas e alinhadas com os seus objetivos.

Como calcular o preço sobre lucro de uma ação?

O cálculo do indicador pode ser feito de maneira relativamente simples. Contudo, você deve ter atenção a alguns detalhes para chegar ao valor que apresenta a relação entre o preço da ação e os lucros.

A seguir, você conhecerá um passo a passo para calcular o P/L de um papel!

Encontre o preço da ação

Primeiramente, é necessário ter o preço atual de mercado da ação que deseja analisar. A cotação pode ser obtida por meio de fontes financeiras confiáveis, como sites especializados (a exemplo do Genial Analisa), ou plataformas de negociação.

Identifique o lucro por ação (LPA)

Para calcular o P/L, você precisa conhecer o lucro por ação (LPA) da empresa a ser analisada. O LPA é o lucro total da companhia dividido pelo número de ações em circulação. A informação geralmente está disponível nos relatórios financeiros do negócio ou em boas fontes financeiras.

Efetue o cálculo

Conhecendo o preço da ação (passo 1) e o lucro por ação (passo 2) em mãos, o cálculo do indicador é fácil. Basta dividir, desta forma, os dados encontrados:

P/L = Preço da ação / Lucro por ação

Considere que um ativo seja vendido no mercado por R$ 20. O LPA da emissora em questão é de R$ 10. Nesse caso, o valor é:

P/L = R$ 20 / R$ 10
P/L = 2

Interpretando o resultado

O resultado do cálculo é o preço sobre o lucro da ação. No exemplo acima, um P/L de 2 significaria que os investidores estão dispostos a pagar 2 vezes o lucro por ação atual da empresa — o que poderia significar uma sobrevalorização.

Comparação e análise

Depois de descobrir o indicador, é necessário compará-lo com outros resultados, como o P/L médio do setor ou da indústria em que a empresa atua. Isso ajudará a determinar a atratividade da ação em relação a outras companhias, por exemplo.

Considere também outros indicadores, que podem refletir a saúde financeira da empresa e dar mais dados para embasar a sua avaliação. Isso permitirá ter uma visão mais acertada sobre os fatores que levaram ao resultado do P/L.

Consideração de investimento

Com base na análise e em suas estratégias de investidor, você poderá tomar uma decisão mais precisa  sobre realizar ou não o investimento. A análise também pode ser usada para determinar se é o momento de se desfazer de uma posição.

Como analisar o P/L?

A compreensão do indicador fornece insights valiosos sobre a atratividade do ativo. Por isso, é essencial fazer uma análise completa do resultado obtido.

A seguir, veja dicas para realizar essa avaliação!

Compare-o com a média do setor

Comece comparando o P/L encontrado com o valor médio do setor ou da indústria em que a empresa atua. Essa é uma forma de identificar a melhor oportunidade do segmento e verificar como a empresa se comporta em relação a seus pares.

Imagine que o P/L médio de determinado setor está em 20. Se o P/L de uma ação específica for 15, significa que a ação não é tão sobrevalorizada quanto a média geral do mercado. Já um número bem acima dessa média demonstra que a ação está especialmente cara, em comparação ao segmento.

Analise o histórico de P/L

Também é interessante estudar o histórico do preço sobre lucro de uma determinada companhia. Um valor crescente pode indicar que os investidores estão ficando mais otimistas em relação à empresa ao longo do tempo. Ao mesmo tempo, significa que a empresa ficou mais cara.

O declínio no P/L, por sua vez, pode sinalizar uma avaliação negativa do mercado. Por outro lado, isso pode representar uma oportunidade de desconto no papel.

No geral, lembre-se de não olhar o indicador de modo isolado. Compare as tendências com os resultados financeiros e estratégias da empresa, além de outras informações, para entender as razões desses números.

Considere que o preço sobre lucro da ação estava historicamente em torno de 1. Agora, entretanto, ela está em 1,5. Nesse caso, vale investigar o que impulsionou o aumento, já que ele pode ter sido motivado por um comportamento de manada e não por expectativas positivas embasadas, por exemplo.

Entenda as perspectivas da companhia

Um P/L baixo pode indicar oportunidade de compra somente se houver razões para acreditar que essa é uma distorção e que o papel se valoriza com o tempo. Por outro lado, um preço sobre lucro alto talvez seja justificado caso a companhia esteja prevendo resultados positivos.

Imagine que uma empresa farmacêutica esteja prestes a lançar um medicamento revolucionário. Nesse caso, os investidores podem ficar dispostos a pagar mais pela ação com base nas expectativas de lucros futuros. Logo, apenas o número não apresenta todos os dados necessários sobre a companhia.

Avalie a condição financeira da empresa

A sustentabilidade das finanças pode ser um motivo para o resultado preço sobre lucro. Um P/L baixo não indica necessariamente uma barganha se a empresa estiver enfrentando problemas financeiros e tiver poucas chances de recuperação.

Portanto, verifique o balanço patrimonial, a liquidez e a dívida da empresa, entre outros fatores, para entender melhor seu risco financeiro.

Pondere riscos e diversifique a sua carteira

Lembre-se de que o preço sobre lucro é apenas uma métrica e deve ser considerada em conjunto com outros fatores. Dessa maneira, estude os outros indicadores e diversifique a sua carteira de investimentos para reduzir o risco e não tomar decisões baseadas exclusivamente no P/L.

A análise requer uma abordagem holística que considere não apenas o índice em si, mas também o contexto em que a companhia opera, além de suas perspectivas futuras. Considere esses componentes e realize avaliações criteriosas para tomar decisões bem embasadas com ajuda da análise fundamentalista.

Quais são as limitações do indicador?

Como você viu, o P/L é uma ferramenta valiosa na análise de ativos. Entretanto, assim como outros dados, ele possui limitações sobre as quais os investidores devem estar cientes.

Em primeiro lugar, o P/L não considera elementos além do preço e do lucro por ação, como visto. Informações importantes, como a saúde financeira da empresa, a sua estratégia de negócios e as perspectivas do setor, podem ser negligenciadas.

Ademais, o indicador pode ser distorcido por ganhos não recorrentes ou eventos extraordinários que afetam temporariamente os lucros da emissora. O P/L também não considera a política de dividendos da empresa, o que pode ser relevante para investidores que buscam renda passiva.

Outra limitação do preço sobre lucro está relacionada à comparação entre companhias de diferentes setores. O que é considerado um número alto em uma indústria pode ser normal em outra, devido às características específicas de cada segmento.

Por último, o P/L tende a não ser adequado para negócios em crescimento acelerado, uma vez que seus lucros podem ser baixos ou até negativos nos primeiros anos. Nesses casos, indicadores como o Price/Earnings to Growth (PEG) podem ser mais apropriados.

Embora o preço sobre lucro seja uma ferramenta útil, é essencial usá-lo em conjunto com outras métricas e análises para tomar decisões de investimento mais equilibradas, certo?

Existe um P/L ideal para uma empresa na bolsa de valores?

O próximo aspecto a considerar é que não existe um valor específico de preço sobre lucro considerado perfeito para todas as empresas do mercado. A métrica pode variar amplamente entre diferentes setores e negócios; logo, a sua interpretação depende de fatores contextuais.

Vale destacar que o P/L adequado é influenciado pelo segmento de operações. Nichos com maior potencial de crescimento, como tecnologia, tendem a ter números mais altos, enquanto setores mais estáveis, como utilities, podem ter P/Ls menores.

Além disso, a estratégia de crescimento da empresa é fundamental. Companhias que evoluem rapidamente podem justificar números mais expressivos. Negócios mais maduros, por sua vez, talvez tenham índices mais baixos em comparação a outros ativos da bolsa de valores.

A qualidade dos lucros também é crucial. Resultados não-recorrentes e ganhos eventuais podem gerar uma visão parcial. Outro fator que precisa ser considerado é a situação econômica do país e do mundo, bem como oscilações de curto prazo. Essas situações afetam a interpretação do indicador.

Portanto, é preciso considerar o preço sobre lucro junto a outros índices e informações relevantes sobre a empresa em questão. A análise completa inclui a avaliação da saúde financeira, perspectivas de crescimento, estratégia de negócios e o ambiente macroeconômico.

Quais cuidados ter ao analisar o preço sobre lucro (P/L)?

Ao utilizar o indicador como parte de sua análise de investimentos, é fundamental considerar alguns cuidados para garantir uma avaliação precisa e embasada. Entre eles, estão:

  • contextualize o setor, comparando o P/L com empresas do mesmo segmento;
  • faça uma análise aprofundada, usando informações como saúde financeira da empresa;
  • verifique a qualidade dos lucros, estudando possíveis resultados distorcidos;
  • analise o futuro dos negócios para tentar prever os próximos movimentos do P/L;
  • compreenda o contexto econômico do Brasil e do mundo;
  • avalie histórico e tendências para entender como o mercado percebe a empresa ao longo do tempo.

Lembre-se de que o P/L, embora seja uma ferramenta útil, é apenas um dos muitos indicadores que devem ser considerados ao tomar decisões de investimento. A análise criteriosa, baseada em uma variedade de métricas e fatores, proporciona uma visão mais completa.

Como você conferiu neste artigo, o P/L é um que fornece uma visão prática sobre a sobrevalorização ou subvalorização de um papel no mercado. Ao usá-lo em conjunto com outros indicadores, você poderá embasar suas decisões sobre o investimento em ações.

Quer continuar aprendendo sobre ações e bolsa de valores? Então aproveite as análises e informações da plataforma Genial Analisa!

Genial Investimentos

Somos uma plataforma de investimentos que tem como objetivo facilitar o acesso ao mercado financeiro e ampliar a educação financeira no Brasil.

Ver todos os artigos
Campanha Institucional - Ativação - Abra sua conta

Navegação rápida

O link do artigo foi copiado!