O mercado financeiro tem passado por frequentes transformações. De tempos em tempos, novos fundos de investimento surgem e empresas decidem abrir seu capital na bolsa de valores. Entre as mudanças mais significativas dos últimos anos, está a criação das criptomoedas.

A primeira delas foi o bitcoin, criado em 2008 pelo pseudônimo Satoshi Nakamoto. Desde então, as moedas digitais seguem atraindo a atenção de investidores com maior tolerância aos riscos. Nesse cenário, houve o surgimento das moedas-meme, como a shiba inu (SHIB).

Quer saber mais sobre esse criptoativo e se vale a pena investir nele? Então confira esse conteúdo que nós, da Genial Investimentos, produzimos sobre a shiba inu. Vamos lá?

O que é uma criptomoeda?

Em primeiro lugar, é importante que você entenda o conceito das moedas digitais. Elas são ativos protegidos por criptografia e que existem somente em ambientes virtuais. Então as criptomoedas não são unidades monetárias tradicionais, como real e dólar.

Mesmo assim, transações financeiras podem ser realizadas com moedas digitais. Essas operações acontecem de maneira descentralizada, geralmente por meio da tecnologia blockchain. Até setembro de 2022, segundo estimativas, havia mais de 9 mil criptomoedas disponíveis no mercado.

Ademais, os criptoativos também servem como investimento. Eles apresentam maior volatilidade, ou seja, têm maior oscilação nas cotações. Por isso, as moedas digitais podem ser interessantes para investidores mais tolerantes a riscos.

Criptomoedas e criptoativos são sinônimos?

Após conhecer o conceito de criptomoeda, podem surgir dúvidas a respeito de alguns termos desse mercado. Por exemplo, a diferença entre criptomoedas e criptoativos é sutil. Para explicá-la, é possível recorrer a uma analogia educativa, que envolve os dedos das mãos.

É simples: todo polegar é um dedo, mas nem todo dedo é um polegar, não é mesmo? O mesmo raciocínio ajuda você a compreender o conceito exato de criptomoedas. Afinal, todas elas são criptoativos, mas nem todos os criptoativos são moedas digitais.

Um exemplo de criptoativo são os non-fungible tokens (NFTs). Eles funcionam como códigos de autenticidade de ativos digitais, como imagens, obras de arte e até memes. Inclusive, alguns chegaram a ser vendidos por valores na casa dos milhares de dólares.

Logo, você pode afirmar que um bitcoin é tanto uma criptomoeda como um criptoativo. No entanto, seria incorreto dizer que um NFT é uma criptomoeda, não é mesmo? Isso porque, por definição, um NFT é um criptoativo, não uma moeda.

Qual é a diferença entre uma criptomoeda tradicional e uma meme coin?

A diferenciação entre criptomoedas e criptoativos que você aprendeu também é útil para compreender o conceito de moeda-meme, como a shiba inu. A analogia referente aos dedos vale no da mesma forma no caso das meme coins em relação às moedas digitais.

Afinal, uma meme coin é uma criptomoeda, mas nem toda criptomoeda é uma meme coin. As moedas-meme surgiram como uma brincadeira, inspirada nos próprios memes que circulam na internet.

Diferentemente do bitcoin, por exemplo, elas não foram criadas para resolver problemas do mercado financeiro e incentivar as transações descentralizadas. Contudo, as meme coins evoluíram e podem ser usadas em transações diversas, como em jogos online e outras negociações.

Além disso, as moedas-meme podem fazer parte de estratégias de trade, pois são objetos de compra e venda diárias por especuladores de todo o mundo.

Quais são as principais meme coins em circulação?

Agora que você conhece a definição de meme coin, pode ser interessante saber quais são algumas das principais alternativas disponíveis no mercado de criptomoedas.

Confira!

Dogecoin (DOGE)

A primeira moeda-meme foi a dogecoin, lançada em 2013 por Jackson Palmer. O criador recorreu a uma imagem popular na época para estampar a moeda: um cachorro da raça shiba inu em um sofá, com as patas cruzadas e olhar desconfiado.

Palmer se baseou na ideia de que a maioria das pessoas gosta de cães. Assim, a dogecoin foi criada como uma sátira ao bitcoin, bastante popular na época. Isso explica a inclusão de Shibetoshi Nakamoto entre um dos fundadores. Vale notar que o nome se assemelha a Satoshi Nakamoto, criador da primeira criptomoeda.

Uma curiosidade: os cachorros da raça shiba inu ficaram famosos devido ao filme “Sempre ao seu lado”, estrelado pelo ator Richard Gere.

A película retrata a vida de Hashi, que aguardava diariamente o retorno do dono na estação de Shibuya, subúrbio de Tóquio, nos anos 1920. Após a morte do tutor, Hachi o seguiu esperando, até falecer.

Dogelon Marte (ELON)

A dogelon marte foi fundada em referência a Elon Musk, bilionário sul-africano e criador da Tesla Motors. Isso ocorre porque houve um período em que Musk publicou textos, em sua conta no Twitter, a respeito das criptomoedas.

Assim, os criadores da ELON aproveitaram o momento para lançá-la. A iniciativa foi considerada bem sucedida, já que a meme coin não demorou a ganhar popularidade.

Samoyedcoin

A somoyedcoin opera na plataforma solana (SOL). Sua missão é servir como embaixadora do ecossistema SAMO. Assim como a dogecoin, ela também está estampada com a imagem de um cão — nesse caso, da raça samoieda.

O que é a shiba inu coin?

Depois de conhecer algumas das principais meme coins em circulação no mercado, vale conferir mais detalhes sobre a shiba inu. Como você viu, ela é mais um exemplo de moeda-meme.

Até setembro de 2022, a shiba inu ocupava a 14ª posição no ranking global das moedas desse tipo. Apesar de não ter um uso específico, ela pode servir para intermediar trocas em plataformas online de jogos e outras transações, a depender da vontade das partes.

Como a criptomoeda shiba inu surgiu?

Como você aprendeu, a origem do bitcoin é cercada de mistérios. Contudo, a primeira moeda digital do mundo foi criada como reação à crise econômica que afetou a economia norte-americana em 2008. A intenção foi a de gerar uma unidade monetária descentralizada, sem controle de um Estado.

Da mesma forma, a shiba inu também teve um gatilho principal para sua criação. Segundo a versão mais aceita, ela foi criada em agosto de 2020 por uma figura chamada Ryoshi. No entanto, ainda não se sabe se esse é o nome de uma pessoa ou de um grupo de desenvolvedores.

A SHIB surgiu para rivalizar com a dogecoin (DOGE), moeda virtual também inspirada no mesmo meme de um cão da raça shiba inu. Por isso, ela recebeu o curioso apelido de “dogecoin killer” — “matadora de dogecoin”, em tradução livre.

Quais são os diferenciais da shiba inu coin?

Embora a real origem da shiba inu ainda não tenha sido revelada, seus diferenciais já são bem conhecidos. O primeiro deles é o fato de essa criptomoeda estar disponível na blockchain da plataforma ethereum.

Por isso, a shiba inu trabalha com o sistema de mineração e validação proof of stake (PoS). Esse é um modelo de mineração em que os usuários da rede devem usar parte das moedas digitais na própria carteira para validar operações.

Esse modelo se opõe ao proof of work (PoW), usado pelo bitcoin. Nele, os mineradores precisam resolver cálculos complexos com a ajuda de recursos computacionais de alta capacidade — o que gera um alto consumo energético.

Isso também muda a forma de emissão da moeda. Enquanto a dogecoin usa PoW e tem unidades limitadas em circulação, a shiba inu não possui esse limite. Assim, até setembro de 2022, havia mais de 549 bilhões delas no mercado de criptomoedas.

Por que há tantas shiba inu disponíveis?

Conhecendo o número de criptomoedas shiba inu em circulação no mercado, você pode se questionar o motivo para isso ocorrer. A explicação remonta a detalhes do processo que deu origem a essa meme coin.

Segundo o site da shiba inu, Ryoshi lançou um quatrilhão de unidades da moeda. Metade delas foi reservada ao fundador da ethereum, o indiano Vitalik Buterin. A intenção de Ryoshi foi a de ter Buterin como custodiante dessa volumosa quantia.

No entanto, por conta do avanço da pandemia de covid-19 em seu país, o indiano doou SHIB a instituições de caridade. Estima-se que essa doação tenha sido equivalente a 1 bilhão de dólares, disponibilizando diversos ativos no mercado.

Quanto vale uma unidade da shiba inu?

Em relação ao preço, não há como responder de modo definitivo quanto vale uma unidade da criptomoeda shiba inu. Afinal, esse é um ativo de alta volatilidade, já que a cotação da shiba inu varia conforme a oferta e a procura.

O preço dessa criptomoeda varia tanto que bastou um tweet de Elon Musk para levá-la a seu patamar recorde. Isso aconteceu em novembro de 2021, quando o bilionário publicou uma imagem de um cão shiba inu — o que fez a moeda valorizar mais de 100%.

Publicação do Elon Musk no Twitter de uma de foto de um cachorro da raça Shiba Inu no capô de um Tesla.
fonte: Twitter/Elon Musk

Logo, se você deseja acompanhar as oscilações de preços, o ideal é buscar uma plataforma que mostre gráficos atualizados da SHIB.

Uma informação importante é que a SHIB está cotada em dólar e corresponde a frações de centavos da moeda norte-americana. Portanto, você precisará fazer a conversão para o real para saber o valor exato da cotação.

Qual é a expectativa de preço da criptomoeda shiba inu para os próximos anos?

Como você viu, o preço da shiba inu está exposto à oferta e demanda e diversos acontecimentos do mercado podem aumentar a amplitude de movimentação. Contudo, os gráficos de setembro de 2022 mostram um período de baixa ao longo de 2022, em comparação ao final de 2021.

Até a data, a cotação máxima da shiba inu foi observada no dia 10 de fevereiro de 2022. Além disso, pelo menos até o mês de setembro, essa criptomoeda não ultrapassou a casa dos 0,00003 de dólar. Contudo, a popularidade da shiba inu e o fato de sua comunidade ser muito ativa pode resultar na recuperação da moeda-meme.

Quais são as vantagens e desvantagens da criptomoeda shiba inu?

Além de saber o que é shiba inu e quais são as principais características da moeda, é preciso considerar suas vantagens e desvantagens antes de investir ou especular. Dessa forma, você pode tomar decisões financeiras mais acertadas.

Veja abaixo as vantagens e desvantagens de investir em Shiba Inu:

VantagensDesvantagens
grande quantidade de unidades já em circulação;alta volatilidade, com risco iminente de quedas acentuadas nas cotações e perdas de patrimônio;
emissão ilimitada de novas unidades;impossibilidade de uso em transações financeiras;
possibilidade de altos ganhos no curto prazo para investidores tolerantes a grandes riscos;ativo recente, ainda não amadurecido apesar da alta popularidade.
alta popularidade e visibilidade na mídia;
comunidade ativa e com alto interesse pela criptomoeda;
possibilidade de compra e revenda em plataformas de jogos online.

Vale a pena investir na criptomoeda shiba inu?

Agora que você conhece as vantagens e desvantagens da shiba inu, é natural se perguntar se vale a pena investir nela. Na prática, esse é o tipo de questão que só pode ser respondida por você. Afinal, trata-se de um ativo recente e de acentuada volatilidade.

Logo, sua decisão de investir em shiba inu dependerá do seu perfil de investidor e dos seus objetivos financeiros. Nesse sentido, as moeda-meme podem ser interessantes caso você tenha maior tolerância a riscos ou busque oportunidades de ganhos com oscilações de curto prazo.

Como comprar unidades da shiba inu?

Você acompanhou o artigo até aqui e decidiu pela compra da shiba inu? Então é importante conhecer as possibilidades para se expor ao mercado de criptomoedas.

Se você optar pela negociação direta de moedas digitais, existem plataformas voltadas a esse objetivo. No entanto, é essencial que você recorra a instituições confiáveis no momento de fazer o aporte.

Também é possível se expor ao mercado de moedas digitais de forma indireta. Para isso, uma possibilidade é recorrer a fundos de investimento, como ETFs (exchange traded funds) ou fundos de criptoativos.

Esses veículos financeiros são administrados por gestores com experiência e regulamentados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Contudo, antes de investir, você deve avaliar suas características e estratégias para entender se o fundo é adequado às suas necessidades.

O mercado financeiro vem sofrendo transformações nos últimos anos. Como você viu, o surgimento das meme coins, como a shiba inu, estão entre as novas oportunidades para os investidores e especuladores.

Por isso, antes de se expor a esse mercado, é fundamental aumentar o seu conhecimento para tomar decisões mais acertadas.

Gostou de saber mais sobre a criptomoeda shiba inu? O que acha de seguir aprendendo mais sobre o mercado de criptoativos? Conheça a Genial Analisa e acompanhe as análises sobre o mercado cripto!

Genial Investimentos

Somos uma plataforma de investimentos que tem como objetivo facilitar o acesso ao mercado financeiro e ampliar a educação financeira no Brasil.

Ver todos os artigos
E-book Trader

Navegação rápida

O link do artigo foi copiado!

Planilha Comparativa de Renda Fixa