Conteúdo atualizado em 17 de março de 2022 às 12:45 por Genial Investimentos.

O período de declaração do IR 2022 chegou e trouxe consigo mudanças importantes às quais você deve se atentar. A partir deste ano, o contribuinte deverá utilizar novos códigos e grupos para preencher a ficha de “Bens e Direitos” no programa de Imposto de Renda e, assim, declarar carros, imóveis, investimentos e outros.

A reorganização feita pela Receita Federal foi disponibilizada no dia 07 de março, mesma data em que ficou conhecido o novo programa utilizado para a declaração e entrega do Imposto de Renda 2022.

Neste artigo, você conhecerá os principais impactos causados pelas alterações e o que fazer para se adequar.

O que mudou na ficha de “Bens e Direitos” para a declaração do IR 2022?

Assim como acontece todos os anos, a Receita Federal decidiu por simplificar questões relacionadas à declaração do Imposto de Renda. Sendo assim, com o objetivo de evitar erros e, dessa forma, facilitar a classificação de bens, os códigos da ficha de “Bens e Direitos” foram agrupados. Mas as mudanças não pararam por aí, veja abaixo as demais alterações:

  • Liberação de um botão de atalho para informar rendimentos;
  • adição da obrigatoriedade de informar o Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores) para carros;
  • criação de alerta sobre o registro de embarcações e aeronaves.

Como a declaração de “Bens e Direitos” funcionava no IR e como ela passará a ser a partir de 2022?

Até a declaração do Imposto de Renda 2021, a seção de “Bens e Direitos” contava com mais de 70 itens aos quais você precisava se atentar e preencher no momento da declaração. Agora, com a atual mudança, novos códigos foram criados, trazendo maior especificidade e identificações particulares para os tipos de patrimônios.

Após a reorganização, os itens foram classificados em nove grandes categorias e, para encontrá-las no momento do preenchimento, basta que procure pelo grupo e, a seguir, pelo código.

Conheça os novos grupos:

  • Bens Imóveis;
  • Bens Móveis;
  • Participação Societária;
  • Aplicações e Investimentos;
  • Créditos;
  • Depósito à Vista e Numerário;
  • Fundos;
  • Criptoativos;
  • Outros Bens e Direitos.

Como ficaram os novos códigos na ficha de “Bens e Direitos”?

Assim como os grupos, os códigos do IR 2022 também foram alterados. A partir deste ano, cada grupo ganhou códigos internos para facilitar ao contribuinte a categorização dos seus ativos. Na tabela abaixo, separamos para você todos os códigos de acordo com seus ativos financeiros na Genial Investimentos:

Agora seus rendimentos podem ser informados diretamente na ficha “Bens e Direitos”

Além das mudanças já citadas, outra alteração importante é que, a partir do IR 2022, você poderá declarar os seus rendimentos de investimentos por meio da ficha “Bens e Direitos” utilizando os botões de “Rendimentos Associados”.

Vale salientar que o uso do botão é facultativo, uma vez que o caminho anterior para informar os rendimentos ainda existe e mantém seu funcionamento inalterado. Dessa maneira, a mudança ocorreu apenas para evitar erros.

👉 Baixe agora o [E-BOOK] Imposto de Renda Completo! 👈

Como você pôde ver, as mudanças no IR 2022 aconteceram para simplificar o processo de declaração e, assim, levar ao contribuinte mais facilidade na hora de preencher a ficha “Bens e Direitos”.

Gostou das informações que trouxemos para você? Então, para continuar aprendendo a cada dia mais, não esqueça de se inscrever no nosso canal no YouTube.

Comentários