No mercado financeiro, é muito comum que os investidores busquem iniciativas que acelerem cada vez mais a multiplicação de seu patrimônio, especialmente agora, que a taxa de juros está caindo e os investimentos de renda fixa não são opções tão rentáveis

Uma prática de alto risco utilizada para multiplicar os ganhos é a alavancagem financeira, porém requer muito cuidado e atenção.

Ao mesmo tempo que pode representar o aumento do patrimônio, se o uso não der certo, acarretará em grande perda para o investidor. 

A alavancagem pode trazer tanto um aumento para o patrimônio do investidor quanto uma grande perda — dependendo do sucesso ou possível fracasso da prática. 

Para entender os diversos graus de alavancagem financeira e como o procedimento funciona na Bolsa de Valores, continue a leitura! 

Aprenda mais sobre Alavancagem com o e-book o Guia Definitivo do Trader

Como potencializar resultados com alavancagem

A alavancagem é a utilização de recursos de terceiros — seja da corretora de valores ou de uma instituição financeira — para potencializar os ganhos em um investimento.

O investidor empresta dinheiro para comprar um ativo e espera com isso multiplicar os seus resultados. 

Por exemplo: você tem R$ 20 mil disponíveis para investir na conta da sua corretora. Seu limite de alavancagem é de cinco vezes esse valor.

Ou seja, você poderá movimentar R$ 100 mil nas operações sem realmente tê-los em sua conta. 

A prática não oferece garantias de ganhos para o investidor. Como o dinheiro “emprestado” não pertence a ele, deve ser devolvido para a corretora de valores ou instituição financeira, mesmo que não obtenha sucesso com o investimento.

Ao fazer uso da alavancagem, você está assumindo uma dívida (dinheiro emprestado) com base em um ganho (rendimentos do investimento) que pode dar certo ou não. 

Alavancagem na Bolsa de Valores 

Na Bolsa de Valores, é utilizada para diversos tipos de investimento, sendo os mais comuns: investimento em ações (nas operações de Day Trade), no Mercado Futuro e ao fazer venda a descoberto na bolsa.

Para fazer uso da alavancagem em ações, ou em contratos do mercado futuro (como o de opções em mini dólar) é exigida uma margem de garantia.

É um valor depositado na conta da corretora, como uma forma de honrar os prejuízos, caso este seja o resultado. 

Tipos de alavancagem financeira

Veja a seguir as operações que mais utilizam alavancagem e como funciona cada uma delas. 

Day Trade 

Ao operar na Bolsa de Valores, o investidor pode buscar ganhos de curtíssimo prazo, com início e fim  no mesmo dia.

No Day Trade, o investidor compra e vende (ou vice-versa) o ativo e faz uso da alavancagem.

Como o objetivo é obter lucro rápido por meio de pequenas oscilações nos preços, usar esta estratégia pode fazer sentido, desde que o investidor tenha conhecimento do mercado e dos riscos assumidos. 

Ao realizar muitas operações via Day Trade, o investidor que utiliza a alavancagem consegue ampliar financeiramente a posição em um ativo. Caso a operação dê certo, significa multiplicação nos ganhos. 

Mercado Futuro

Neste caso, o investidor compra e vende contratos de produtos (como preço do dólar, milho, café, soja, boi gordo, Índice Bovespa etc.) a serem realizados no futuro. Com isso, pode “travar” o preço do ativo e evitar perda de dinheiro.

Operações de venda a descoberto na Bolsa (short selling)

É uma prática em que o investidor tenta ganhar com a queda do preço de um ativo que não possui. 

O cliente “aluga” o ativo da corretora de valores para poder vendê-lo com a esperança de  comprar no futuro com preço menor do que o pagou quando o “alugou”.

Assim, devolve o ativo para a corretora e lucra com a diferença de preço entre os valores pago ao alugar e o de recompra do ativo. Porém, se o ativo subir terá que arcar com o prejuízo.

A alavancagem é uma forma de maximizar o lucro: na operação de compra e recompra, utilizando a margem de garantia, é possível movimentar grandes quantias. 

Cuidados ao usar a alavancagem em ações

Para minimizar o risco de perder grandes quantias de dinheiro ao optar por esta operação, o investidor precisa tomar algumas precauções.

A primeira é planejar suas estratégias e se preparar caso haja prejuízo nas operações. 

Outro ponto fundamental é estudar bastante os movimentos do mercado e das empresas, para não ser pego de surpresa com mudanças de cenário.

Investir baseado em opiniões alheias ou em comportamentos de grupo não são boas ideias, pois a chance de ocorrer um erro é grande.

Se utilizada corretamente, a alavancagem pode garantir bons resultados. Como é um investimento de grande risco, não é indicada para todos.

Verifique se o seu perfil financeiro está adequado, e acima de tudo, quanto você está disposto a perder.

Aprendendo a usar alavancagem

A alavancagem é recomendada para quando os investidores dedicam-se a entender o mercado, seus funcionamento e as operações envolvidas. 

Ficou com dúvidas sobre como operar com alavancagem? Ou quer aprender mais sobre o que é renda variável e mercado de ações. 

Temos um conteúdo para você ampliar seus conhecimentos sobre finanças e se quiser ter sucesso na Bolsa de Valores, acesse nosso livro sobre trade

A Genial Investimentos pode ajudar você. Nosso time de especialistas pode indicar as melhores carteiras de investimentos e ajudá-lo a fazer seu dinheiro render muito mais. Abra a sua conta na Genial investimentos, é grátis!

Abra sua conta na Genial Investimentos!

Publicado por Genial Investimentos

A Genial é a plataforma de investimentos que está democratizando o acesso aos melhores produtos do mercado, de forma simples, ágil e eficiente, através de uma assessoria financeira isenta, transparente e qualificada.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *