Se você já realizou uma compra internacional com cartão de crédito, seja em transações online ou presenciais, provavelmente se deparou com o termo BRL. Devido ao desconhecimento sobre ela, a sigla pode confundir os consumidores quanto aparece nos sites.

O principal motivo é a crença de que, na presença desse símbolo, os preços já estão convertidos em reais. Porém, como você verá, esse não é exatamente o significado dela, sendo fundamental ficar atento a esse fator.

Ficou interessado no assunto? Neste post, você entenderá o que é BRL e como essa unidade monetária funciona.

Acompanhe a leitura!

O que é BRL?

A sigla BRL representa o código ISO 4217 para o Real Brasileiro, a moeda oficial do Brasil. Esse padrão estabelece uma sigla com três caracteres identificando o nome e a origem da moeda.

No cenário do comércio, por exemplo, o R$ é usado para demonstrar o valor do item que já está precificado em reais. Já o BRL representa uma projeção de qual será o preço após ser convertido para o real.

Logo, o objetivo da sigla é exibir o valor em reais, bem como servir para converter os preços por meio da taxa de câmbio. Imagine, por exemplo, que um produto custa 50 dólares (USD 50). Se a taxa de câmbio do dia for de 5 reais por cada dólar, o item poderá ter um preço de 250 reais (BRL 250), sem considerar impostos ou taxas.

Qual é a diferença entre BRL e real?

Agora que você já conhece o conceito de BRL, vale a pena entender a diferença para o real. Enquanto o primeiro termo é um código utilizado para a conversão de outras moedas para o real, o segundo se refere ao nome da moeda oficial do Brasil.

Assim, apesar de representarem o mesmo elemento, na prática, eles são usados de maneira diferente. Isso pode confundir muitas pessoas que tentam entender o que significa, de fato, a sigla BRL.

Para compreender melhor a diferença entre real e BRL, confira um exemplo prático. Suponha que um site americano mostre o preço de um item inicialmente em dólar, US$ 380. Porém, ele também mostra o valor de 1843 BRL, considerando uma cotação hipotética do dólar de R$ 4,85.

Ali, o preço apresentado é apenas estimado. Na prática, após a conversão com a taxa de câmbio do momento (que pode flutuar) e outros custos, como o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), que são aplicados no fechamento da venda o preco será outro.

Então, o custo da compra varia de acordo com as mudanças na taxa de câmbio e conforme o tipo de cotação utilizado pelo site, que pode ser diferente daquela usada por bancos e operadoras.

Qual é a história dessa sigla?

Como foi possível entender, o real (BRL) é a moeda brasileira, mas a sua origem está relacionada a um processo econômico mais amplo e não diretamente com a criação do código BRL. Na década de 1990, o país enfrentava um cenário de hiperinflação descontrolada.

Em um esforço para estabilizar a economia, o Plano Real foi implementado em 1994. De modo geral, ele envolveu diversas medidas econômicas, incluindo a criação de nova moeda. O objetivo do Plano Real era controlar a inflação e restaurar a confiança das pessoas e investidores na economia brasileira.

Para isso, foi introduzido o real como a nova moeda do país, substituindo o antigo cruzeiro real. O nome “real” foi escolhido por ser um termo familiar e historicamente associado a moedas em diferentes países. Ele também representava a ideia de uma moeda estável e forte.

Em relação à sigla BRL, ela consiste em um código de moeda reconhecido de modo internacional para o real brasileiro. Ela foi derivada da abreviação das letras “B” e “R”, como uma forma abreviada para “Brasil”, mais o L para a moeda.

Uma curiosidade é que a letra R não pode ser usada ao final para designar “real” devido à troca de moedas que aconteceu na história do país. A sigla BRR era referente ao cruzeiro real.

Como funciona o sistema de câmbio entre o BRL e outras moedas?

O sistema de câmbio atua como um método de conversão. Para que a moeda possa ter validade e ser usada em cada território de origem, ela deve passar por essa equivalência de valor. Como existem muitos sistemas monetários no mundo, o BRL precisa ser convertido caso seja utilizado no exterior.

Por exemplo, R$ 1.000,00 no Brasil não tem o mesmo valor nos Estados Unidos ou em outros países, já que o montante pode variar conforme condições econômicas e taxas incidentes.

Por meio das casas de câmbio, você consegue descobrir quanto vale o real do Brasil ao convertê-lo para outras moedas. Além disso, canais eletrônicos disponibilizam informações sobre o valor de cada moeda ao redor do mundo.

Onde a sigla BRL é utilizada?

Após entender como funciona o BRL e a história dessa sigla, chegou o momento de saber onde ela é utilizada. Geralmente, esse código é usado para a identificação do real no sistema de câmbio e para compras internacionais.

No primeiro caso, analisar as cotações de outras moedas em relação ao real pode ser mais simples se você optar por utilizar os códigos estabelecidos no ISO 4217. Portanto, a sigla BRL é bastante útil quando é necessário realizar trocas de moedas.

Já a segunda situação é mais comum de ser observada em plataformas de produtos de fabricação estrangeira ou importados. Nessa situação, os preços dos itens em moeda estrangeira são convertidos em BRL.

Nesse caso, o valor de produtos em BRL pode mudar por conta do câmbio flutuante. Logo, as movimentações do dólar frente ao real e o tipo de cotação usada pela plataforma podem influenciar o preço final.

Com as informações deste post, você entendeu o que significa a sigla BRL e como esse código funciona. Lembre-se de que ele desempenha um papel importante no contexto financeiro global por ser o código de moeda atribuído ao real brasileiro, diferenciando-o de outras moedas em transações internacionais.

Gostou do conteúdo? Então siga a Genial Investimentos nas redes sociais para ficar por dentro das novidades: YouTube, Twitter, Facebook, Instagram e LinkedIn!

Leticia Siqueira

Somos uma plataforma de investimentos que tem como objetivo facilitar o acesso ao mercado financeiro e ampliar a educação financeira no Brasil.

Ver todos os artigos
Campanha Institucional - Ativação - Abra sua conta

Navegação rápida

O link do artigo foi copiado!