Antes de contratar um serviço no mercado financeiro, é fundamental entender como ele funciona e quais resultados pode oferecer para a sua carteira. Nesse sentido, saber o que é asset management pode ser interessante para muitos investidores.

O serviço não deve ser confundido com o oferecido por outros agentes do mercado, como a corretora de valores ou assessoria de investimentos. Assim, saber qual é o papel que essa gestão ocupa no mercado ajuda a entender se vale a pena contar com essa opção.

Neste artigo, você aprenderá o que é e como funciona uma asset management no mercado financeiro. Continue a leitura e confira!

O que é uma asset management?

Para entender o que é uma asset management, antes é preciso conhecer a gestão de ativos. O processo se baseia em um conjunto de técnicas que visam acompanhar, gerenciar ou rentabilizar uma carteira de investimentos.

Assim, uma empresa que trabalha com asset management fica responsável pela gestão dos recursos de terceiros, que podem ser pessoas físicas ou jurídicas. Essas instituições são supervisionadas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que também monitora os serviços prestados por elas.

Os profissionais que atuam nesse mercado são chamados de asset managers, ou gestores de recursos. Eles podem atuar de forma autônoma ou vinculados a uma gestora e também devem seguir as regras da CVM.

Entre as exigências para exercer a atividade, está ser aprovado em um exame de certificação reconhecido pela comissão.

Qual é a função de uma asset?

Agora que você sabe o que é o serviço de asset management, é hora de conhecer a função da gestora de ativos. A empresa pode determinar a composição e fazer a negociação de ativos de um fundo de investimento ou carteira.

Em geral, o trabalho envolve uma equipe qualificada, cuja função é pesquisar o mercado financeiro e obter informações que possam ser relevantes para a gestão de ativos. A gestora também tem liberdade para movimentar os investimentos, respeitando as estratégias definidas.

Assim, a gestão de ativos varia com os objetivos de quem busca o serviço. Isso exige que a empresa ou o profissional ofereçam soluções específicas para cada situação.

Entenda como a asset management atua em diferentes alternativas:

Fundos de investimento

Os fundos de investimento são modalidades coletivas nas quais os investidores adquirem cotas que dão o direito de participação nos resultados. Contudo, a alocação dos recursos é feita pelo gestor de investimentos.

O profissional utiliza sua experiência e seus conhecimentos para tomar decisões quanto à seleção de ativos. Para isso, ele deve seguir as estratégias estabelecidas no regulamento do fundo. Portanto, na prática, a gestora de fundos é quem coordena as operações.

Em uma asset, a gestão dos fundos pode ser ativa ou passiva. No primeiro caso, o gestor atua com maior independência a respeito das decisões de investimentos e busca superar o benchmark (índice de referência).

Já na gestão passiva, o objetivo é replicar índices do mercado financeiro e manter uma rentabilidade próxima do indicador escolhido. Ademais, a gestora atua para disponibilizar o fundo aos investidores. Então a empresa é responsável pela gestão de ativos e por toda a atuação no mercado.

Family office

Dentro da classificação de asset management, há também os family offices. O serviço é voltado para famílias e foca na gestão do patrimônio construído por seus integrantes, normalmente grandes fortunas.

Nesse sentido, a gestora pode pensar em soluções diversas, como a criação de uma holding familiar. Essa alternativa facilita o gerenciamento dos ativos e otimiza a sucessão patrimonial. Também podem ser desenvolvidas estratégias focadas na proteção do patrimônio, visando garantir sua continuidade.

Além do asset management, o family office pode contar com serviços de wealth management. Como você viu, enquanto o primeiro envolve o gerenciamento de recursos e investimentos financeiros, o segundo traz possibilidades mais amplas sobre o patrimônio.

Assim, o wealth management prevê uma atuação relacionada com o pagamento de impostos, planejamento tributário e sucessão patrimonial. Nesse caso, o serviço é aplicado apenas em patrimônios familiares.

Quais as vantagens do serviço?

Como vimos, o asset management é um serviço de gestão aplicado a fundos de investimento ou carteiras de pessoas físicas ou jurídicas. Agora, é hora de entender sua importância para os investidores.

Conheça os principais benefícios que a gestão profissional traz para quem visa investir com mais tranquilidade e segurança:

Apoio profissional

O apoio de profissionais é um dos principais benefícios da asset management. Em geral, o serviço pode ser ainda mais proveitoso para investidores iniciantes ou que não dispõem de muito tempo para gerenciar suas carteiras de investimentos.

A partir do trabalho de gestão de ativos, o investidor pode se expor, com mais facilidade, às diversas oportunidades do mercado financeiro. Além disso, o trabalho da asset pode resultar em maior segurança e eficiência para seus aportes.

Confiança

Uma boa gestora de recursos também pode trazer mais confiança para os investidores. No caso de uma asset focada em pessoas físicas, por exemplo, o objetivo é identificar e atender demandas específicas de quem busca o serviço.

Logo, o trabalho do gestor começa com uma avaliação do perfil do cliente. Em seguida, ele analisa suas necessidades e expectativas. Com essas informações, é possível identificar o que o investidor espera obter com a gestão e quais caminhos deverá traçar para alcançar tais objetivos.

Assim, o profissional pode apontar os investimentos mais adequados para cada investidor. O objetivo é montar um portfólio otimizado, conforme o perfil e objetivos.

Já no caso dos fundos de investimento, os riscos envolvidos dependem do nível de risco determinado pelo fundo, que deve ser analisado antes de investir.

Em ambos os casos, a presença do profissional não impede a exposição à volatilidade do mercado, o que pode resultar em perdas financeiras, por exemplo. Contudo, o gestor pode ajudar a mitigar os riscos e deixá-lo mais confortável com seu portfólio.

Quando contratar uma asset management?

Agora que você sabe o que é uma asset management, pode se interessar em contar com esse serviço. Vale ressaltar que a gestão de ativos tem características que dependem do tipo de atuação. Logo, uma gestora de fundos tem responsabilidades diferentes de um family office, por exemplo.

Contudo, você pode recorrer ao serviço quando desejar ter o apoio de profissionais certificados para traçar estratégias, colocá-las em prática e gerenciar seus recursos ao longo do tempo. Isso facilita sua rotina, pois não será necessário se preocupar diretamente com as decisões de investimento.

Como você aprendeu, o asset management envolve a gestão de ativos, o que permite contar com profissionais para gerenciar seus investimentos. Porém, como existem custos, é importante ponderar se há a necessidade de contratar o serviço.

Gostou do conteúdo? Acompanhe nossos perfis no Facebook, LinkedIn, Instagram, Twitter e YouTube e não perca nenhuma publicação!

Genial Investimentos

Somos uma plataforma de investimentos que tem como objetivo facilitar o acesso ao mercado financeiro e ampliar a educação financeira no Brasil.

Ver todos os artigos
Campanha Institucional - Ativação - Abra sua conta

Navegação rápida

O link do artigo foi copiado!