Ao investir ou especular, é preciso dar atenção a diversos fatores, como rentabilidade, riscos, liquidez e estratégia de operação. Porém, para buscar o melhor nível de retorno líquido, é importante conferir os valores cobrados. Nesse sentido, aproveitar a taxa de corretagem zero pode ajudar.

Esse é um modelo de isenção de um dos principais custos das operações de renda variável na bolsa de valores. Por gerar interesse nos investidores, muitas corretoras oferecem a alternativa. Mas é preciso avaliar os impactos que isso traz para tomar melhores decisões.

Neste artigo, você entenderá o que é a taxa de corretagem zero e por que ela é tão popular no mercado financeiro. Confira!

O que é a taxa de corretagem?

As operações na bolsa de valores são realizadas com base na emissão de ordens de compra ou venda, dependendo de cada objetivo. Porém, para ter acesso aos ativos e derivativos, o investidor ou especulador deve ter uma conta em uma instituição financeira, como uma corretora de valores.

Tendo em vista o papel da instituição para que as operações financeiras sejam realizadas, é comum que seja feita a cobrança da chamada taxa de corretagem. Esse custo incide sobre as transações realizadas, com o objetivo de remunerar o intermediário — nesse caso, a corretora de valores.

Portanto, representa um custo de investir ou especular na renda variável, cabendo a cada instituição estabelecer os valores que serão cobrados.

Entre os modelos de cobrança, é possível que ela ocorra tanto com um valor fixo quanto na forma de porcentagem dos resultados obtidos. Também existe a chance de as condições serem diferentes, dependendo do ativo ou derivativo e do tipo de operação realizada.

O que é a corretagem zero e como funciona?

Como cada instituição pode escolher o quanto cobrará para executar determinadas operações, uma possibilidade começou a se tornar popular no mercado: a taxa de corretagem zero.

Como o nome indica, ela corresponde à isenção da incidência dessa cobrança sobre ativos, produtos ou operações. Logo, o investidor ou operador só precisa arcar com os custos da operação e com outras taxas alheias à corretora de valores.

Desse modo, a taxa de corretagem zero funciona como uma ferramenta de diferenciação, competitividade e atração de clientes para as corretoras. Quanto ao funcionamento, ela pode ser aplicada apenas para certos ativos e operações ou se estender a todas as alternativas disponíveis.

Além disso, a taxa zero pode ser condicionada a operações com valores específicos ou pode ser aplicável a todos os clientes, em condições de igualdade. Tudo dependerá da estratégia definida pela corretora de valores.

Como a corretagem zero incide sobre investimentos e operações especulativas?

Um ponto importante para entender a taxa de corretagem é que ela pode ser cobrada de maneira diferente dentro da mesma instituição. Entre ações, fundos imobiliários, day trade, swing trade e contratos futuros, a taxa de corretagem zero pode ser aplicada ou não.

Para compreender melhor como isso funciona, veja quais são os impactos dessa cobrança sobre ativos e derivativos e saiba quais são os efeitos da taxa zero!

Ações

As ações são as menores partes do capital social da empresa e permitem que os investidores participem dos resultados de um negócio. Quando o assunto é investimento, o foco está no longo prazo.

Porém, elas também podem fazer parte da especulação, como day trade ou swing trade, visando o curto prazo. Na prática, a taxa de corretagem incide sempre que uma operação com esse ativo é realizada. Então, paga-se o valor tanto ao comprar quanto ao vender ações, exceto quando a cobrança é nula.

Cabe destacar que a corretagem zero para ações não é tão comum e, como você verá nos parágrafos seguintes, pode afetar a experiência em outros aspectos. Então, vale a pena ter isso em mente para avaliar qual é o verdadeiro impacto da cobrança.

FIIs

Os fundos de investimento imobiliário (FII) funcionam com base na negociação de cotas de participação e pela movimentação de recursos por um gestor profissional. Esses valores são aplicados prioritariamente em ativos ligados ao mercado imobiliário.

Assim, podem englobar títulos e certificados (fundos de papel), imóveis físicos (fundos de tijolo) e cotas de outros FIIs (fundos de fundos). Ao contrário de outros fundos de investimento, os FIIs têm as cotas negociadas na bolsa. Por isso pode haver taxa de corretagem na compra ou venda.

Minicontratos

Os derivativos também estão sujeitos à cobrança de taxa de corretagem. Entre eles, há os contratos futuros, que são instrumentos do mercado futuro no qual os operadores se posicionam quanto ao desempenho do ativo-objeto até uma data futura.

A liquidação desses derivativos costuma ser financeira, sendo que existe o ajuste diário — que apura os ganhos ou perdas todos os dias. Já os minicontratos são versões que exigem menos recursos, sendo mais acessíveis que os contratos cheios.

Nesse cenário, a taxa de corretagem zero evita que você tenha que pagar a mais para comprar ou vender esses derivativos.

Day trade

Além dos diferentes ativos e derivativos, vale considerar os tipos de operação. No caso do day trade, a abertura e o fechamento de posição acontecem no mesmo pregão. Por ser de curtíssimo prazo e focar em gerar lucros pelas oscilações de preços, essa é uma estratégia de especulação.

A taxa de corretagem cobrada, normalmente, depende do tipo de ativo ou derivativo negociado. É possível especular com ações, cotas de fundos, opções, contratos futuros e outras alternativas, por exemplo. Ainda, as taxas tendem a ser específicas para essa modalidade de negociação.

Por que a corretagem zero atrai tantos investidores?

Um dos pontos mais importantes sobre a taxa de corretagem é o fato de ela representar um custo significativo nas operações. Logo, quanto maior for a taxa cobrada, maiores serão os efeitos sobre a rentabilidade real da operação e da carteira.

Com a taxa de corretagem zero, por outro lado, a negociação de ativos e derivativos na bolsa pode se tornar mais lucrativa. É justamente o fato de não haver o desconto dessa cobrança que atrai tantos investidores e especuladores.

Porém, também é necessário considerar que uma taxa zero oferecida em todos os cenários pode, na verdade, gerar o efeito contrário. Em primeiro lugar, os custos podem ser transferidos para outras cobranças embutidas nos produtos e nas operações, o que prejudicará a rentabilidade real.

O segundo ponto envolve os prejuízos que a área de suporte pode sofrer. Como a taxa de corretagem remunera a instituição, um valor nulo sem a devida estrutura pode prejudicar o apoio — que é fundamental para o momento de investir ou operar na bolsa.

Ao observar a taxa de corretagem zero, também é importante pensar nos outros custos que podem incidir nas operações e que independem da definição da corretora, necessariamente.

Há, por exemplo, os emolumentos da bolsa de valores, as taxas de administração de fundos de investimentos e o Imposto de Renda sobre operações, entre outros. Portanto, é preciso ser capaz de prever os impactos dos custos para direcionar melhor a sua estratégia.

Como funciona a taxa de corretagem zero da Genial Investimentos?

Ciente da importância da taxa de corretagem zero, a Genial Investimentos oferece oportunidades com esse benefício. Assim, é importante conhecer em quais situações a condição está disponível, pois isso poderá ajudá-lo a se planejar melhor e aproveitar as alternativas.

A Genial Investimentos oferece a isenção da cobrança, por exemplo, para operações day trade com fundos imobiliários e fundos de índice (ETFs) de renda variável. Também conta com taxa de custódia zero para os investidores que negociarem o valor mínimo especificado ao longo do semestre.

A corretora ainda tem taxa zero para determinadas operações do mercado futuro. Minicontratos S&P, micro S&P e contratos futuros de ações estão entre as alternativas.

Por outro lado, no mini-índice e no minidólar não são isentos de cobrança. Porém, trazem a possibilidade de taxa zero ao operar com o mecanismo retail liquidity provider (RLP), também conhecido como provedor de liquidez para o varejo.

Esse é um novo modelo aprovado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que está disponível para investidores pessoas físicas. Na prática, ele serve para proteger o preço de execução desses minicontratos, conferindo liquidez ao mercado.

Isso é possível porque a corretora de valores se torna a contraparte na operação, o que pode trazer melhores condições para o investidor ou especulador. Em relação às taxas, pode ajudar a diminuir o custo de corretagem.

Quais são os benefícios de escolher a Genial?

Como você viu, a Genial Investimentos tem diversas ofertas voltadas para a taxa de corretagem zero para negociações na bolsa. Dessa maneira, o desempenho da sua carteira pode ser favorecido.

Ainda, é interessante entender quais são os benefícios associados à escolha da corretora, indo além da cobrança sobre operações na renda variável.

Descubra a seguir!

1. Suporte de uma assessoria de investimento

Ao investir ou especular com a Genial, você poderá contar com a atuação de uma assessoria financeira robusta, certificada e pronta para ajudá-lo. Assim, você será apresentado a diferentes oportunidades, conhecerá seu perfil e conseguirá identificar alternativas mais facilmente.

Um dos grandes diferenciais da corretora é, exatamente, poder ter acesso à corretagem zero em distintas situações, sem perder a qualidade do atendimento e do suporte. Com isso, a sua experiência tende a ser mais positiva e satisfatória.

2. Ampla gama de alternativas

Outro destaque da Genial é o amplo portfólio disponível. Você encontrará muitas alternativas de renda variável, com destaque para os ativos e derivativos disponíveis na bolsa de valores. Assim, é possível adotar a estratégia mais adequada para seu perfil, objetivos e portfólio.

Isso é fundamental para ter a chance de fazer escolhas que estejam relacionadas à sua atuação como investidor ou especulador. Como a taxa de corretagem zero está disponível em diversas situações, há maior flexibilidade de decisão.

3. Bom suporte em caso de dúvidas

Como dissemos, a oferta de corretagem zero por parte da Genial não afeta o atendimento. Isso é especialmente relevante para as situações em que surgem dúvidas. Se na hora de investir ou especular você precisar de apoio, poderá contar com um time que está pronto para atender.

Isso faz diferença para saber como direcionar sua estratégia e como aproveitar melhor as condições do mercado. Também ajuda a evitar erros ou problemas, que são facilmente mitigados quando você sabe como o mercado funciona e como agir em cada caso.

4. Plataformas completas para operações

Outro diferencial da Genial é a estrutura oferecida tanto para quem investe quanto para quem especula. Além das parcerias com diversas plataformas (Metatrader 5, Profit, Tryd e Vexter), você poderá aproveitar todo o potencial da GTrader.

Essa é uma plataforma exclusiva e desenvolvida por especialistas, apresentando resposta rápida e desempenho de qualidade. É uma alternativa bastante interessante para realizar operações de curto ou curtíssimo prazo, por exemplo.

Assim, você tem tudo reunido em um só lugar e não precisa gastar mais com ferramentas de outras instituições. Além disso, tem a chance de aproveitar as condições do mercado de modo mais satisfatório.

5. Experiência robusta

Por fim, você contará com a experiência de uma corretora consolidada no mercado. São mais de 400 mil clientes, R$ 50 bilhões em ativos e 200 escritórios credenciados.

Dessa maneira, você terá uma estrutura ampla e que oferece acesso às principais oportunidades do mercado. Isso é importante tanto em termos de segurança operacional quanto para ter uma experiência positiva ao atuar no mercado financeiro.

6. Custo-benefício de destaque

Você conferiu que a Genial Investimentos apresenta corretagem zero em diversas operações. Ao mesmo tempo, descobriu que a corretora de valores tem estrutura completa de suporte e atendimento, além de amplo portfólio e diversas ferramentas disponibilizadas aos clientes.

Portanto, escolher nossa corretora como intermediária da sua presença no mercado permite aproveitar um custo-benefício bastante atrativo. Assim, você tem a chance de rentabilizar a carteira, dependendo das escolhas, sem precisar abrir mão da qualidade.

Como você viu, a taxa de corretagem zero pode ajudar a aumentar a rentabilidade líquida da sua carteira. Porém, também é preciso equilibrar essa vantagem com uma estrutura robusta — e a Genial Investimentos oferece tudo isso.

Para aproveitar a corretagem zero em diversas operações e contar com suporte qualificado sempre que precisar, abra sua conta conosco!

Comentários