O horário da bolsa de valores brasileira (B3) é uma informação relevante para quem quer investir em ações e em outros ativos e derivativos. Desse modo, será possível acompanhar os dias e os intervalos nos quais ela funciona para realizar as suas operações.

Além do calendário e do período de operação brasileiros, o conhecimento sobre os pregões ao redor do mundo é interessante para os investidores. Afinal, eles também interferem no funcionamento da B3 e nas movimentações do mercado financeiro.

A seguir, você confere um guia completo com o horário da B3 e demais informações importantes. Saiba mais!

Como funcionam as negociações na bolsa de valores?

A bolsa de valores é um mercado organizado no qual são negociados valores mobiliários. Entre os principais, estão as ações, opções, cotas de fundos imobiliários (FIIs), cotas de fundos de índice (ETFs), contratos futuros e a termo. 

No Brasil, a B3 é a empresa privada responsável por gerenciar o ambiente em que ocorrem as negociações na bolsa. Ela é resultado da fusão da BM&F Bovespa com a Cetip, feita em 2017, sendo submetida à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Ao conhecer esses detalhes sobre a bolsa brasileira, está na hora de você entender como ela funciona, certo? Confira!

Mercado à vista

Como o nome sugere, as transações de ativos ocorrem à vista nesse mercado. Então a B3 registra a operação no momento em que ela ocorre. Porém, a liquidação se realiza em dois dias úteis — pela cotação do momento da negociação.

O seu funcionamento é simples e acontece como outras operações de compra e venda do dia a dia. Ou seja, uma pessoa que compra as ações precisa fazer o pagamento para recebê-las. Por outro lado, aquele que vende o papel obtém o valor combinado para entregá-lo.

Nesse cenário, as operações seguem a lógica da oferta e demanda. Logo, quando o interesse dos operadores por um ativo aumenta, o seu preço tende a subir. Mas, se a oferta supera a demanda, as cotações costumam cair.

Mercado a termo

As operações no mercado a termo podem ser comparadas a compras a prazo para facilitar a compreensão. Assim, o pagamento de uma transação só será realizado no futuro, sendo que a data é definida no momento da negociação.

Nesse ambiente, o comprador assume a responsabilidade de quitar o montante no dia combinado. O vendedor, por sua vez, é remunerado com uma taxa de juros até o recebimento correspondente ao que foi vendido.

Dessa forma, o mercado a termo se caracteriza por um compromisso formal de compra e venda, com a liquidação programada para uma data acordada. Essa estrutura oferece flexibilidade para as partes ajustarem as suas estratégias financeiras na bolsa de valores.

Mercado futuro

O mercado futuro se refere ao ambiente no qual são negociados os contratos futuros. Eles são derivativos que podem estar relacionados a ativos como moedas estrangeiras, índices ou commodities. As operações ocorrem a partir de preços previamente estabelecidos pelas partes.

Nesse caso, os investidores agem com base em suas expectativas. No geral, aqueles que projetam uma alta nos preços assumem posições compradoras. Já os que creem na queda da cotação podem assumir a posição vendedora.

No Brasil, a bolsa de valores reajusta as posições diariamente. A medida é feita considerando uma média diária das operações realizadas no pregão. Então as negociações se dão conforme os preços efetivos, considerando as diferenças entre a posição e os ajustes diários.

Mercado de opções

Por fim, as opções são contratos derivativos que conferem aos operadores o direito de compra (call) ou venda (put) de ativos no futuro. Ou seja, há uma espécie de acordo para a transação acontecer em dado momento, segundo as condições definidas.

Nas opções, há a determinação de um preço, chamado de strike, que deverá ser respeitado no dia combinado para a operação. Então, o tomador assegura o seu direito de manutenção do strike no vencimento. Para isso, ele paga uma espécie de sinal, conhecido como prêmio.

O lançador de uma call — ou seja, o vendedor — é obrigado a vender o ativo nas condições acordadas, se a opção for exercida.

No caso da put, o raciocínio é o mesmo, mas seguindo a direção oposta. Dessa maneira, quem faz a compra assegura o seu direito de venda do ativo pelo preço e na data acordados, pagando o prêmio. Quem vende, por sua vez, deve realizar a compra caso a operação se confirme.

Você pode se perguntar: e o que acontece se opção não for exercida no vencimento? Nesse contexto, ela deixa de existir e o prêmio pago não é reembolsado. No mercado financeiro, é comum utilizar o termo “virar pó”. 

Qual o horário de funcionamento da B3?

Você conferiu as diferentes formas de funcionamento da bolsa de valores brasileira. Nesse ponto, será mais fácil a compreensão do horário das suas atividades. Em condições habituais, em 2023, o início da negociação regular era às 10h, no horário de Brasília, e o fechamento era feito às 17h.

Mas saiba que o fim do pregão pode se alterar segundo o horário de verão dos Estados Unidos, que ocorre durante a primavera e o verão norte-americanos. Assim, após o seu término (entre dezembro e fevereiro), o encerramento do mercado brasileiro pode se estender até às 18h, alinhando-se aos EUA.

Também considerando os horários habituais, a pré-abertura acontecia entre 9h45 e 10h. Após a negociação, o call de fechamento era feito das 16h55 às 17h. No caso do período do horário de verão dos Estados Unidos, ele pode ser entre 17h55 e 18h00.

O cancelamento de ofertas costuma se dar em dois períodos: o primeiro vai das 9h30 até às 9h45. O outro, conhecido como after market, tende a ser das 18h25 às 18h45. Lembre-se de considerar o acréscimo de uma hora no período sem o horário de verão norte-americano. 

Esses intervalos se aplicam às operações na bolsa, como:

  • Mercado à vista;
  • Mercado fracionário;
  • Bovespa Mais — todos os ativos;
  • Fundos de investimentos;         
  • Mercado de balcão organizado — todos os ativos.

Vale destacar que também existem outras situações que precisam da sua atenção sobre o pregão na B3. Veja:

  • na data de vencimento do contrato futuro de Ibovespa, a negociação é finalizada às 17h;
  • na data de vencimento da série da opção, a operação se encerra às 16h.

Os demais mercados seguem horários específicos. Ao longo deste conteúdo, você conhecerá cada um deles em detalhes.

Como funcionam as fases dos horários da bolsa?

Como visto, a B3 tem diferentes estágios durante o dia, certo? O cancelamento de ofertas, pré-abertura, negociação, call de fechamento e after market são fases que devem ser observadas por quem deseja investir na bolsa de valores brasileira.

Veja, a seguir, detalhes sobre os períodos que acontecem ao longo do funcionamento da B3!

Cancelamento de ofertas

Antes mesmo da abertura das atividades, os agentes do mercado anulam as ordens de compra e venda que permaneceram sem execução no pregão anterior. Então são anuladas as ofertas que ficaram pendentes no intervalo entre o fim da última negociação e o início desse estágio.

Na B3, o cancelamento de ofertas do mercado à vista e de opções, de certificados de depósito de valores mobiliários (BDRs), e de ETFs costuma ser feito no período que vai das 9h30 às 9h45.

Pré-abertura

Na sequência da etapa de cancelamento de ofertas, entra em cena o leilão que antecede o início das negociações. Ele é uma espécie de prévia, sendo também conhecido como pré-mercado ou pré-market.

Nele, os investidores têm a oportunidade de fazer lances nas ações, mas não acontecem transações efetivas. Portanto, cada uma das propostas contribui com a formação do preço do ativo, estabelecendo um patamar para o começo das atividades.

Um ponto que precisa ser destacado é que a pré-abertura do mercado de futuros tende a ocorrer mais cedo. Logo, ela dá uma ideia de como pode ser o dia no mercado à vista. Isso se dá porque, apesar de negociarem ativos diferentes, os segmentos envolvem as mesmas alternativas.

Outra observação é que as pessoas que operam via home broker podem enviar ordens a qualquer momento, mesmo fora dos horários de negociação. Logo, a atividade se transforma em registros de ofertas no próximo leilão de pré-abertura.

A seguir, você confere a tabela com os horários de pré-market da B3 em janeiro de 2024:

MercadoPré-abertura
Mercado à vista 9h45 às 10h 
Mercado de opções 9h45 às 10h05 
BDRs9h45 às 10h
ETFs renda variável9h45 às 10h05
ETFs renda fixa9h45 às 10h
Futuros de índice (IND) mini índice (WIN)8h55 às 9h
Futuros de dólar (DOL) mini dólar (WDO)8h55 às 9h
Futuros de ações8h55 às 9h

Negociação

Após a pré-abertura, o pregão se inicia de fato, e os investidores têm acesso constante às informações do mercado. As compras e vendas são realizadas e as pessoas têm a possibilidade de acompanhar as negociações e participar delas.

As operações se desenrolam em tempo real, estendendo-se até o encerramento do pregão. Isso ocorre de maneira contínua, a menos que aconteça um evento inesperado. Esse é o caso, por exemplo, do circuit breaker.

A pausa é acionada diante de uma oscilação significativa na bolsa, gerando a interrupção imediata das negociações. Na B3, por exemplo, esse mecanismo pode ser ativado se o índice Bovespa (Ibovespa) registrar uma queda de 10% em relação ao fechamento do pregão anterior.

Nesse caso, há uma parada das atividades por 15 minutos. Se a queda alcançar 15%, a suspensão costuma se estender para uma hora.

Após a interrupção, os negócios são retomados em um leilão, visando alcançar um novo consenso sobre o preço dos papéis. Em seguida, eles continuam até o fim do pregão, no final da tarde, caso tudo transcorra normalmente.

As transações iniciadas e concluídas no mesmo pregão são classificadas como day trade — como será visto com detalhes, mais a frente. Mas se elas acontecerem em pregões distintos serão consideradas operações comuns.

Confira o horário do pregão da B3 em 2024:

MercadoNegociação
Mercado à vista 10h às 17h55 
Mercado a termo 10h às 18h25 
Mercado de opções 10h05 às 17h55 
BDRs10h às 17h55
ETFs renda variável10h05 às 17h55
ETFs renda fixa10h às 16h55
Futuros de índice (IND) mini índice (WIN)09h às 18h25
Futuros de dólar (DOL) mini dólar (WDO)09h às 18h30
Futuros de ações09h às 17h55

Call de fechamento

Depois que as ofertas e operações são realizadas da bolsa de valores, chega o momento final. Nos últimos 15 minutos do pregão, acontece a call de fechamento, quando as ações do índice Bovespa entram novamente em leilão.

A ideia é estabelecer o valor final desses ativos. Para outros ativos e derivativos, há critérios específicos para a precificação.

Veja os horários de fechamento em 2024:

MercadoCall de fechamento
Mercado à vista 17h55 às 18h00 
Mercado de opções 17h55 às 18h15 
BDRs17h55 às 18h00
ETFs renda variável17h55 às 18h15
ETFs renda fixa17h00 às 17h25

After market

Mesmo após o fim do pregão, é possível negociar no período chamado de pós-mercado, certo? O adicional de 30 minutos acontece depois do fechamento do dia, e possibilita o investimento em certos ativos. No entanto, existem regras para operar nessa fase.

A primeira delas está relacionada à disponibilidade dos ativos. A oportunidade serve apenas para a aquisição de papéis que fazem parte do Ibovespa. Além disso, somente se encaixam nesse estágio aqueles que foram negociados no pregão regular, com uma oscilação de preço inferior a 2%.

As transações tinham limite de R$ 900 mil por CPF, em 2023, sendo restritas ao mercado à vista ou fracionado. Ademais, uma questão que merece a sua atenção é que o after market não é constante ao longo do ano. Ele pode oscilar segundo o horário de verão dos Estados Unidos, que já foi mencionado.

Descubra os intervalos de after market:

MercadoAfter-market
Cancelamento de ofertasNegociação
Mercado à vista 18h25 às 18h45 
Mercado de opções 18h25 às 18h45
BDRs18h25 às 18h45 
ETFs renda variável18h25 às 18h45
ETFs renda fixa17h25 às 17h3017h30 às 18h

Em quais dias a B3 funciona?

Você entendeu que cada um dos períodos de funcionamento da bolsa de valores tem finalidades específicas. Mas, além de saber os horários da B3, você precisa conhecer os dias em que o mercado funciona.

Assim, será mais fácil organizar a sua agenda como investidor, não é mesmo? No geral, as negociações na B3 são realizadas nos dias úteis — ou seja, de segunda a sexta-feira. Como visto, o pregão é realizado das 10h às 17h, habitualmente, e pode se estender segundo o cronograma do Brasil e dos Estados Unidos.

Nesse ponto, vale uma observação relevante: o calendário da bolsa brasileira costuma se alterar em função de feriados e datas especiais — inclusive, estrangeiros. Além disso, acontecimentos nos EUA são capazes de afetar os dias de abertura e fechamento da B3.

Veja alguns exemplos:

  • Confraternização universal ou Ano Novo;
  • Aniversário de Martin Luther King Jr, feriado norte-americano;
  • Dia do Trabalho;
  • Memorial Day, feriado nos EUA;
  • Corpus Christi, entre outros.

Para entender com precisão os dias nos quais a bolsa de valores brasileira funciona, acesse o calendário de negociação da B3 e fique atualizado.

Qual o horário de outras bolsas de valores do mundo?

Eventos fora do país podem afetar o funcionamento da B3, como você aprendeu. Entretanto, não são apenas os feriados e acontecimentos dos Estados Unidos que devem ser observados pelos investidores.

O horário de abertura e de fechamento das atividades estrangeiras também é relevante para quem investe. Ainda que o indivíduo faça operações somente no Brasil, o conhecimento dos horários de outros mercados é relevante.

Assim, será possível acompanhar o que está acontecendo pelo mundo em tempo real, dando mais agilidade às estratégias de investimento. A seguir, você confere informações sobre as principais bolsas, seguindo o horário de Brasília!

New York Stock Exchange (NYSE)

A NYSE está situada no coração do principal centro financeiro e comercial dos Estados Unidos: Wall Street. Ela é um dos mercados mais antigos do mundo, e as suas negociações costumam iniciar a partir das 10h30 e finalizar às 17h.

National Association of Securities Dealers Automated Quotations (Nasdaq)

Outra bolsa norte-americana de relevância concentra milhares de empresas, com forte presença do setor tecnológico. As operações na Nasdaq são feitas exclusivamente online, como na B3, dando agilidade aos investidores. Os pregões tendem a abrir às 10h30 e encerrar às 17h.

Shanghai Stock Exchange (SSE)

Mais um centro de negócios de grande relevância para o mundo é a SSE, que está localizada em Xangai, na China. As atividades com empresas chinesas costumam ocorrer entre 22h30 e 4h, com uma pausa para almoço das 00h30 às 2h.

Hong Kong Stock Exchange (HKEX)

A bolsa de valores em Hong Kong funciona das 22h30 às 5h. Ela é uma das maiores do mundo, contando com companhias de destaque. Dessa forma, a HKEX é um importante local para investimentos na região asiática.

Tokyo Stock Exchange (TSE)

Indo para o Japão, o pregão na TSE tende a realizar a abertura às 21h e finalizar às 3h. Vale destacar que ela também interrompe as atividades para o almoço. Por isso, há um intervalo entre 23h e 1h sem transações.

National Stock Exchange of India Limited (NSE)

A atividade financeira da Índia é liderada pela NSE. Sediada em Mumbai, ela é um ponto focal no cenário financeiro indiano e tem grande relevância para as operações globais. As suas atividades costumam acontecer das 00h45 às 7h.

European New Exchange Technology (Euronext)

A Euronext, sediada em Amsterdã, é uma bolsa de valores que abrange diferentes mercados europeus — são eles Amsterdã, Bruxelas, Londres, Lisboa, Dublin, Oslo e Paris. O seu horário de funcionamento costuma ser das 5h às 13h30.

Por que acompanhar o horário da B3 e de outras bolsas é importante? 

Até aqui, você descobriu o intervalo de operações da B3 e dos principais mercados ao redor do mundo. Como visto, os horários se alteram de acordo com o país. Mas por quais motivos o monitoramento dos pregões é relevante para investidores?

Em primeiro lugar, a medida pode ser estratégica no caso de eventos de impacto sobre os investimentos. Acontecimentos macroeconômicos e divulgações de resultados corporativos, por exemplo, são capazes de influenciar os preços de ativos. A resposta rápida a eles é estratégica para operadores que buscam oportunidades de curto prazo, por exemplo.

O acompanhamento do horário também é essencial para aproveitar janelas específicas de negociação, como o after market. Como visto, ele oferece uma chance extra após o encerramento regular para ajustes, de acordo com ocorrências fora do horário padrão dos pregões.

Além disso, para investidores globais, a coordenação com o funcionamento de diferentes bolsas ao redor do mundo é crucial. O mercado financeiro é interconectado e o monitoramento de múltiplos fusos-horários possibilita reações a eventos internacionais que podem impactar as cotações.

O fechamento e abertura das atividades também podem afetar diretamente os preços de ativos correlacionados, como commodities e moedas. Portanto, estar ciente do horário da B3 e outros mercados é fundamental para compreender as influências externas sobre os investimentos.

Como aproveitar o horário de funcionamento da B3?

Um ponto relevante sobre o que você leu até aqui é que o cenário macroeconômico e eventos — como a divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) de um país ou da taxa de juros — interferem nas cotações da bolsa. Assim, quem investe precisa ficar atento ao mercado para fazer as operações no timing certo.

Então confira as estratégias que podem ser adotadas para o aproveitamento do horário da B3!

Day trade

O day trade é uma operação de curtíssimo prazo. Logo, a compra e venda do ativo ou derivativo acontece entre a abertura e o fechamento do pregão, numa mesma quantidade e no mesmo dia. A essência é a busca de retorno em pouco tempo, muitas vezes, em questão de horas ou minutos.

Os operadores podem adotar abordagens diferentes. Quando há perspectiva de alta nos preços, por exemplo, a ideia é fazer a compra dos papéis visando o lucro. Se os traders — ou especuladores — acreditarem na queda da cotação, eles podem vender e recomprar os ativos a preços mais baixos.

A estratégia, embora aparentemente simples, requer a adoção da análise técnica e envolve altos riscos, já que as projeções feitas podem não se consolidar. Os especuladores precisam fazer a avaliação de padrões gráficos e se apoiar em teorias para a compreensão do mercado e identificação de oportunidades lucrativas.

Desse modo, traders devem ter atenção especial ao horário da B3. Afinal, eles realizam a aquisição e venda dos ativos dentro da janela de funcionamento da bolsa. Operar durante essas horas exige agilidade e precisão para reagir às movimentações diárias, buscando lucros rápidos.

Swing trade

Diferentemente do day trade, que envolve abrir e fechar posições no mesmo dia, o swing trade é uma prática ligeiramente mais extensa. A estratégia de curto prazo ocorre por entre 2 dias a 1 mês, permitindo ao operador o acompanhamento das tendências ao longo de um período maior.

Ela oferece uma margem temporal mais ampla, proporcionando flexibilidade para gerenciamento de imprevistos que acontecem. Nesse contexto, a análise técnica também é importante, envolvendo o estudo de gráficos e tendências para a observação de bons negócios.

Quem adota o swing trade se concentra na identificação de padrões e na elaboração de perspectivas, direcionando a escolha de ativos ou derivativos para a operação. Além disso, a análise permite o entendimento dos momentos ideais para encerrar ou manter uma posição.

Mesmo que a abordagem envolva um prazo maior, os operadores podem aproveitar as nuances diárias do mercado brasileiro para realizar movimentos estratégicos. Desse modo, é preciso estar atento aos horários e observar as flutuações ao longo do pregão para reagir às mudanças que ocorrem.

Estratégias no after market

Como você viu, o after market pode servir para o investidor executar ordens e responder a eventos ocorridos depois que a B3 finaliza o pregão.

A prática possibilita uma rápida reação a notícias, acontecimentos e eventos que têm o poder de impactar o resultado de investimentos. Assim, criam-se chances para transações estratégicas com ativos do Ibovespa.

Note que, embora o after market ofereça oportunidades, ele também apresenta desafios, como menor liquidez. Portanto, aqueles que investem devem realizar ações com cautela e considerar a natureza específica da fase ao tomar as suas decisões.

Como acompanhar o mercado em tempo real?

A agilidade na execução de estratégias de investimentos, em especial nas operações de curto e curtíssimo prazo, pode ser essencial para ter sucesso. Isso é mais relevante em contextos tão dinâmicos e globalizados, como os atuais.

Portanto, o monitoramento das movimentações do mercado é uma atividade que precisa ser considerada pelos investidores — embora, com foco no longo prazo, ela não precise ser tão frequente.

A seguir, você descobrirá formas de incluir essa prática em sua rotina!

Utilize plataformas financeiras estáveis

O home broker disponibilizado pelas corretoras é uma solução tecnológica que oferece uma visão em tempo real dos mercados, permitindo que investidores monitorem ações, índices e commodities, entre outros ativos.

Com gráficos, cotações atualizadas e notícias, as ferramentas podem gerar insights para decisões rápidas. Portanto, busque uma solução completa e que atenda às suas necessidades, sendo fácil de usar e proporcionando as funcionalidades que você deseja.

Desse modo, o uso da plataforma permitirá ajustar estratégias, identificar tendências e tomar decisões alinhadas com as dinâmicas apresentadas no mercado, conforme seu perfil e objetivos.

Ative notificações em aplicativos financeiros

Certos serviços permitem que os usuários ativem notificações em aplicativos de investimento e, assim, os apps enviam alertas sobre movimentações nos investimentos. Elas podem informar sobre mudanças nos ativos, dando agilidade àqueles que investem.

A prontidão é vital para realizar operações lucrativas, alterar táticas e acompanhar as flutuações das bolsas de valores. Portanto, essa é uma maneira para se manter atualizado sem precisar procurar ativamente as informações.

Acompanhe redes sociais de perfis sérios e fóruns financeiros

A internet oferece espaços dinâmicos para troca de informações ricas e relevantes sobre os investimentos. Notícias, análises e opiniões são compartilhadas em redes sociais e fóruns, oferecendo uma visão abrangente do que está acontecendo.

A interação possibilita a percepção de tendências, eventos e oportunidades. Logo, as pessoas podem realizar correções nas suas estratégias. A integração possibilitada por essas plataformas enriquece a análise, contribuindo para decisões ágeis e assertivas na bolsa de valores.

Também é possível acompanhar análises de profissionais, como aquelas fornecidas na Genial Analisa. Com a medida, além de ter acesso a informações sobre os movimentos da economia e dos ativos, você amplia o aprendizado e conta com a visão de analistas certificados sobre o mercado.

Configure alertas automáticos para movimentos específicos

Outra medida para o seu acompanhamento do mercado são os alertas sobre ocorrências relevantes aos investimentos — especialmente se você deseja fazer trade. Eles podem ser usados para notificar a respeito de variações de preços, volume de negociação ou outras métricas predeterminadas.

Com o recurso, operadores têm a chance de se manterem em constante contato com fatos relevantes e para não perderem oportunidades ou eventos significativos. Desse modo, eles podem desenvolver agilidade para reagir a movimentos de relevância.

Acesse sites de finanças e investimentos

Uma solução interessante àqueles que querem se atualizar sobre o que acontece na bolsa está relacionada a websites especializados. Ao visitá-los, os investidores têm acesso a análises, notícias e dados atualizados sobre o mercado financeiro.

Esses portais fornecem uma visão abrangente do que está acontecendo no Brasil e no mundo, permitindo adaptações e mudanças táticas com base em informações recentes. Então, os endereços digitais concentram uma série de informações realmente úteis à tomada de decisão dos operadores.

A utilização desses sites é uma estratégia importante para quem quer se manter bem-informado. Plataformas fáceis de usar, rápidas e 100% digitais, como a da Genial Investimentos, oferecem aos investidores uma experiência acessível, prática e efetiva para as suas aplicações.

Como visto, o horário de negociação da B3 costuma passar por variações ao longo do ano e se diferencia conforme o tipo de mercado, mas entendê-lo pode ajudar em suas estratégias. Existem diferentes estágios antes e depois do pregão — podendo representar novas oportunidades para investidores e especuladores na bolsa.

Gostou das informações? Agora, conheça todos os benefícios de investir com a Genial Investimentos. Abra a sua conta e tenha acesso a diversas ferramentas!

Caroline Rosa

Há 12 anos no mercado financeiro e com forte desejo de encorajar mais mulheres a construírem sua liberdade financeira, Caroline Rosa é sócia e gerente comercial na Genial Investimentos. Além disso, coordena o HUB de educação financeira, a Genial Educação, onde sua missão é democratizar o acesso ao conhecimento dentro do mercado financeiro de forma simples, acessível e objetiva.

Ver todos os artigos
Campanha Institucional - Ativação - Abra sua conta

Navegação rápida

O link do artigo foi copiado!