A sustentabilidade é uma pauta que tem crescido no universo dos investimentos. Hoje, muitos investidores buscam ganhos financeiros sem deixar de lado a preocupação com o meio ambiente. Nesse sentido, empresas que produzem ou usam fontes de energia solar têm se destacado.

Conforme dados da EPE (Empresa de Pesquisa Energética), a capacidade instalada de geração de energia solar no país cresceu 40,9% entre 2020 e 2021, totalizando 4.632 GW. Esse crescimento acelerado pode fazer com que o Brasil mude a sua principal matriz elétrica no futuro, que atualmente é ocupada pelas hidrelétricas — com uma capacidade instalada de 109.350 GW.

Quer saber mais sobre o assunto e descobrir quais são as empresas de energia solar em atuação no país? Então prossiga com a leitura!

O que é a energia solar?

A energia solar é uma fonte de energia renovável e sustentável proveniente da radiação eletromagnética emitida pelo sol. Ela foi criada como uma alternativa para evitar a poluição do meio ambiente gerada por outras fontes energéticas, como usinas a carvão, nucleares etc.

Portanto, a energia solar é considerada uma das fontes de energia limpa mais eficientes, sendo usada para a produção de energia elétrica ou térmica. Isso se dá por meio de painéis fotovoltaicos, aquecedores solares e usinas heliotérmicas.

Saiba mais sobre cada um deles abaixo:

1. Painéis fotovoltaicos

Os painéis fotovoltaicos transformam a luz solar em energia elétrica por meio de células fotovoltaicas. Quando os fótons da luz solar incidem sobre os materiais semicondutores de uma célula fotovoltaica, eles energizam os seus elétrons gerando uma corrente elétrica.

Popularmente chamado de placa solar, o módulo fotovoltaico possui células interligadas e encapsuladas dentro de uma moldura que as protege. A soma das capacidades de cada célula fotovoltaica será correspondente a capacidade de geração de energia elétrica daquela placa solar.

Por meio de um sistema solar fotovoltaico, é possível produzir toda a energia elétrica usada em uma residência ou empresa. Para isso, basta ter a quantidade de placas solares suficiente e que estejam conectadas aos equipamentos necessários, os quais são:

  • painéis solares;
  • inversor solar;
  • string box solar (quadro de luz);
  • conectores;
  • cabeamento.

2. Aquecedores solares

Os aquecedores solares captam o calor presente na radiação solar e o transfere para o aquecimento de líquidos, geralmente a água. Essa tecnologia já está presente no país desde a década de 1970, sendo utilizada principalmente em residências de programas sociais de moradia.

O sistema é bastante simples e conta com as placas de aquecimento solar e o reservatório (boiler), onde o líquido aquecido é armazenado. Destaca-se que embora seja possível gerar energia elétrica a partir da energia térmica, isso não acontece nesse tipo de aquecedores solares.

3. Usinas heliotérmicas

As usinas heliotérmicas ou concentrated solar power (CSP), ou energia solar concentrada, converte a radiação solar térmica em energia elétrica. Esse sistema é composto por espelhos que concentram a luz solar em um único ponto, onde fica um receptor que contém um líquido.

O calor concentrado aquece o líquido até evaporá-lo. O vapor gerado passa entre as turbinas que geram energia elétrica a partir da energia mecânica (giro). Esse procedimento é semelhante ao de uma usina térmica de carvão, sem a necessidade de combustão de nenhum material poluente.

Por que investir em energia solar?

Como você viu, a energia solar é uma alternativa energética mais limpa e sustentável. Ou seja, o seu uso não traz grandes prejuízos à natureza e ao meio ambiente, como os outros métodos de produção de energia costumam fazer.

Isso porque a energia é produzida apenas com a presença do sol e sem a necessidade de gerar CO2, o gás que contribui para o efeito estufa e o aquecimento do planeta. Ademais, o setor de energia solar é um dos que mais cresce no país.

Conforme boletim do MME (Ministério de Minas e Energia), as fontes renováveis deverão aumentar sua participação na matriz elétrica no Brasil, em especial a energia solar. O estudo mostra uma tendência de aumento de mais de 80% (20% eólica e 60% solar) entre 2021 e 2022.

Ele também revela que a participação da fonte solar fotovoltaica na oferta interna de energia elétrica do Brasil deve aumentar de 2,5% para 4,1% até o final de 2022. Parte do crescimento do setor se dá em razão da baixa dos níveis hídricos devido à seca que se agravou em 2021.

Ademais, o mundo dos investimentos está voltado às práticas ESG (environmental, social and governance) — ou ambiental, social e governança corporativa, em português. Essa iniciativa tem como principal objetivo direcionar os caminhos para as empresas seguirem.

A proposta é reduzir o impacto ambiental de suas atividades, além de garantir a adoção de esforços para proteção dos direitos humanos e do trabalho, conciliando os lucros com a responsabilidade social. Nesse sentido, a tendência é que o investimento em fontes de energia limpa cresça cada vez mais.

Quantas empresas de energia solar existem no Brasil?

Agora que você sabe a relevância da energia solar para o mercado e os investimentos, vale conhecer mais sobre esse mercado. Em 2022, o Brasil contava com mais de 20 mil empresas operando no segmento da energia solar fotovoltaica.

As áreas de atuação vão desde a produção, distribuição, comercialização de energia solar e instalação dos sistemas fotovoltaicos em empresas e residências.

Dessa maneira, seja na hora de buscar uma empresa de energia solar para instalar um projeto no seu imóvel ou de investir, você poderá ter dúvidas sobre qual companhia escolher. Assim como na aquisição de um produto ou realização de um investimento, é necessário fazer uma análise prévia.

Caso o seu interesse seja na instalação de um sistema fotovoltaico, é válido buscar por companhias reconhecidas no mercado. Também tende a fazer sentido a contratação de uma empresa que esteja na sua região, uma vez que o transporte dos equipamentos pode encarecer a obra.

Ademais, é importante avaliar a experiência dos clientes anteriores — em sites de reclamação ou de avaliação.

Por outro lado, quando o assunto é investimento, é válido sempre considerar o seu perfil de investidor e objetivos financeiros. Ao descobrir o seu perfil, você saberá o quanto de risco está disposto a tomar no mercado e as alternativas apropriadas.

Traçando objetivos previamente fica mais fácil encontrar os investimentos que podem oferecer os resultados esperados. Por exemplo, se o seu foco é receber renda passiva, pode ser interessante procurar por companhias que já estão consolidadas e distribuam dividendos regularmente.

Agora, se a sua pretensão é obter ganhos de longo prazo com a valorização dos papéis, pode ser o caso de investir em companhias que estão em crescimento. Entre elas, estão empresas que abriram o capital recentemente ou cogitam essa hipótese.

Quais são as empresas que atuam com energia solar no Brasil?

Sabendo que existem diversas empresas de energia solar no Brasil, é possível que você queira conhecer algumas delas.

Confira exemplos abaixo!

Weg

A Weg é uma multinacional brasileira que atua com a geração, transmissão e distribuição de energia. Além disso, ela produz equipamentos eletrônicos industriais, motores comerciais, tintas e vernizes.

A sua história começa em 1961, na cidade de Jaraguá do Sul, Santa Catarina. Inicialmente, a sua especialidade era a construção de motores elétricos. Contudo, a Weg teve um forte crescimento ao adquirir fábricas no exterior e diversificar as suas operações — inclusive no que diz respeito à energia solar.

Ela fabrica materiais, equipamentos e kits fotovoltaicos para instalação de geradores solares em residências e empresas. Caso você queira investir na empresa, destaca-se que a Weg abriu seu capital na B3 (a bolsa de valores brasileira) em 2007, lançando ações sob o ticker WEGE3.

Atualmente, a companhia está presente em mais de 30 países espalhados em 5 continentes. O tamanho alcançado pela Weg permite que ela distribua dividendos com recorrência — ainda que o pagamento não seja garantido por depender da realização de lucros.

AES Brasil

A AES Brasil é uma empresa nacional voltada à geração de energia elétrica 100% renovável. Até 2022, ela era a única organização brasileira do setor a ter a classificação ESG nível “AAA” no MCSI. Esse é um dos principais rankings de avaliação de riscos ambientais, sociais e de governança.

A companhia possui uma capacidade instalada de 4,2 GW em operação e 1,0 GW em construção. Ela é dividida em 2,7 GW em capacidade hidráulica, 2,2 GW em eólica e 295,1 MWh em solar.

A AES Brasil está presente em 7 Estados brasileiros, possuindo uma meta de aumentar a sua capacidade de geração de energia por meios não hídricos. As suas ações ordinárias são negociadas na B3 por meio do ticker AESB3.

Rio Alto

A Rio Alto Energias Renováveis é uma empresa focada na geração de energia renovável — principalmente energia solar (fotovoltaica). Fundada em 2009, a empresa possui usinas localizadas nos locais com melhor irradiação solar do Brasil, conectadas com a rede elétrica nacional.

Em 2022, o seu portfólio somava mais de 1,8 GW de capacidade em ativos operacionais e em desenvolvimento, na cidade de Coremas, Paraíba. A companhia deu início ao seu IPO (initial public offering) em 2021, oportunidade em que lançaria ações ordinárias sob o ticker RIOS3.

Entretanto, diante do declínio do mercado brasileiro e internacional por conta da crise econômica pós-covid e da guerra entre Ucrânia e Rússia, a oferta pública foi cancelada. De toda a forma, a empresa continua monitorando o mercado para retomar a abertura de capital.

Eco

A Eco – Soluções em Energia é uma empresa de energia solar com mais de 11 anos. A sua sede fica em Fortaleza, Ceará, mas a sua atuação se dá em 21 estados brasileiros — especialmente no Nordeste. Em 2022, a companhia já havia atingido a marca de 250.000 placas solares instaladas.

Ela tem como fornecedor a Weg e a Canadian Solar, utilizando equipamentos de alto padrão de qualidade. A Eco oferece garantia e assistência técnica necessária para instalação e manutenção dos dispositivos solares, contando com mais de 100 profissionais com expertise no assunto.

A companhia ainda não tem as suas ações listadas no mercado. Logo, o interessado em investir nela precisará acompanhar eventual anúncio de IPO ou possibilidade de investimento por meio de FIPs (fundos de investimento em participação).

Mitratech

A Mitratech é uma das maiores revendedoras autorizadas dos equipamentos de energia solar produzidos pela Weg. Ela já está presente no mercado de instalação de sistemas fotovoltaicos há 10 anos. A empresa possui sede em Campinas, São Paulo, e atende toda a capital paulista e região.

Além de usar equipamentos sofisticados e possuir profissionais qualificados para a instalação, a Mitratech oferece o seguro da Berkley. Assim, você conta com proteção contra riscos e a segurança para adicionar a energia solar no seu imóvel. Vale saber que ela não tem ações listadas no mercado.

Saiba Mais: Ações de energia: quando vale a pena investir?

Existe outro modo de participar do segmento de energia solar?

Se você entende que as alternativas trazidas não atendem aos seus interesses, talvez queira saber sobre formas alternativas de se expor ao setor. Nesse caso, é válido conhecer a Genial Energy, uma área destinada à comercialização e consultoria no Mercado Livre de Energia.

Com um corpo diretor com mais de 20 anos de experiência no setor elétrico, a Genial Energy permite que você acesse o chamado Ambiente de Contratação Livre (ACL). Trata-se de um ambiente para a compra e venda de energia elétrica de diversas fontes — inclusive a solar.

Nele, as partes podem negociar livremente as condições, prazos e preços dos contratos de compra e venda de energia. Essa pode ser uma forma de adquirir uma energia mais barata para uma empresa ou vender o excesso de energia produzido pelo seu sistema fotovoltaico, por exemplo.

Com a plataforma única da Genial, você conta com alto padrão na avaliação de risco de mercado e de crédito dos participantes. Isso cria um ambiente de negociação seguro para as partes, seja a que compra ou que fornece a energia negociada.

Além disso, a expertise da equipe e o uso de ferramentas de modelagem matemática para previsão do preço da energia amplia o potencial de obtenção de resultados. Afinal, essa metodologia permite obter os momentos mais apropriados para comprar ou vender.

Conclusão

Neste conteúdo, você aprendeu o que é a energia solar e quais são as empresas de destaque no segmento. Agora, caberá a você decidir qual é a melhor forma de se expor a ele, seja por meio de investimento, aquisição de um sistema fotovoltaico ou negociando energia no ACL.

Quer conhecer melhor como funcionam as soluções ofertadas pela Genial Energy? Entre em contato conosco!

Genial Energy

Genial Energy

Somos a área de energia da Genial, fornecemos os serviços de Comercialização e Consultoria Energética especializada em Mercado Livre de Energia com objetivo de reduzir o custo de energia para consumidores finais.

Ver todos os artigos
Campanha Institucional - Ativação - Abra sua conta

Navegação rápida

O link do artigo foi copiado!