Enquanto o mercado brasileiro conta com apenas uma bolsa de valores em atuação — a B3 —, outras economias mundiais dispõem de mais alternativas para os investidores, como é o caso dos Estados Unidos. Uma dessas bolsas é a Nasdaq — e vale a pena saber o que ela oferece.

Afinal, esse é um dos ambientes de negociação de ações e outros ativos e derivativos do mercado americano. Nesse sentido, a Nasdaq pode oferecer oportunidade para quem procura investir nos Estados Unidos e dolarizar parte do patrimônio.

Para saber quais são as características desse ambiente de negociação, continue a leitura. Neste artigo, você entenderá o que é a Nasdaq, como ela funciona e quais são as principais empresas listadas nessa bolsa americana.

Acompanhe!

O que é a Nasdaq?

A National Association of Securities Dealers Automated Quotations (Nasdaq) é uma das maiores bolsas de valores dos Estados Unidos e uma das maiores de todo o mundo. Em português, o termo representa a Associação Nacional de Corretores de Títulos de Cotações Automáticas.

A fundação dessa bolsa de valores aconteceu em 1971 e ela rapidamente se tornou um dos grandes ambientes de negociação do país. À vista disso, vale saber que a Nasdaq é a principal concorrente da New York Stock Exchange (NYSE) — considerada a maior bolsa do mundo.

Ela se destaca por ter uma relação próxima com o setor de tecnologia. Afinal, a Nasdaq foi o primeiro mercado eletrônico de ações do mundo.

Por essa característica, muitas das principais empresas de tecnologia dos Estados Unidos negociam suas ações na Nasdaq. Além de companhias desse segmento, a Nasdaq tem, entre as companhias listadas, grandes empreendimentos de outros setores da economia norte-americana e mundial.

Onde está localizada a Nasdaq?

Assim como a NYSE, a Nasdaq também tem a cidade de Nova Iorque como sua sede. No entanto, ela não está presente em Wall Street. Como referência, esse local é considerado o centro financeiro dos Estados Unidos e casa de diversas empresas do mercado, como corretoras e assessorias.

Em vez disso, a Nasdaq opera em um prédio que fica na Times Square — uma das regiões mais movimentadas da cidade e que recebe milhões de pessoas diariamente, entre moradores e turistas.

Como ela funciona?

Agora que você sabe mais sobre a Nasdaq e sua história, vale conhecer o seu funcionamento. Na prática, ela opera de maneira similar às demais bolsas de valores do mundo — como a NYSE e a B3. Ou seja, é por meio da bolsa que os investidores terão acesso a diversos ativos e derivativos do mercado financeiro.

As negociações acontecem durante o pregão da Nasdaq, com abertura às 9h30 e fechamento às 16h, no horário local de Nova Iorque. Também há o momento de pré-abertura e pós-fechamento.

Como você viu, um dos destaques da Nasdaq tem relação ao fato de que ela funciona a partir de um pregão eletrônico, desde o início de sua história. Isso significa que o tradicional “trading floor” — ou pregão viva voz — nunca existiu nessa bolsa.

O modelo de pregão eletrônico foi posteriormente adotado em todo o mundo. A B3 e a NYSE, por exemplo, passaram a funcionar por meio dele, trazendo mais dinamismo para investidores e especuladores.

Quais as diferenças entre Nasdaq e NYSE?

Como você acompanhou, a Nasdaq é a principal bolsa de valores dos Estados Unidos após a New York Stock Exchange, também conhecida como bolsa de Nova Iorque. Porém, existem diferenças relevantes entre as duas.

Enquanto a fundação da Nasdaq aconteceu nos anos de 1970, a NYSE opera desde 1792 — o que faz dela uma das bolsas mais antigas do mundo. Ou seja, são quase dois séculos que separam o início de funcionamento de ambas.

Outro ponto que diferencia as duas está na quantidade de ações em negociação. A Nasdaq disponibilizava, em 2021, mais de 3.700 listadas para os investidores, enquanto a NYSE tinha cerca de 2.500 companhias.

Além disso, o volume diário de negociações na Nasdaq costuma ser maior. Porém, apesar desses dois pontos, a bolsa de valores de Nova Iorque tem uma capitalização mais elevada que a Nasdaq.

Ainda, vale saber que o tipo de empresa listada pode ser um diferencial. Por ser mais antiga, a NYSE conta com companhias mais tradicionais dos EUA, principalmente no setor industrial. Por sua vez, a Nasdaq é mais forte com organizações mais recentes.

Quais as principais empresas listadas?

Você já sabe que, além de ser a segunda maior bolsa dos EUA, a Nasdaq se destaca pela atuação no mercado de tecnologia. Nesse sentido, grandes companhias desse segmento negociam suas ações nesse ambiente, como:

  • Apple;
  • Meta (Facebook);
  • Alphabet (Google);
  • Microsoft;
  • Adobe;
  • Tesla;
  • Amazon;
  • Intel;
  • Ebay;
  • Comcast;
  • Vodafone;
  • Mattel;
  • Cisco Systems;
  • Qualcomm;
  • Netflix;
  • Nvidia.

Porém, elas não são as únicas companhias que os investidores poderão encontrar. Entre o portfólio de quase 4.000 empresas, existem organizações de diversos setores listadas, como telecomunicações, biotecnologia e mercado financeiro.

Quais os principais índices da Nasdaq?

Agora que você conheceu mais sobre a operação da Nasdaq, é importante saber quais são seus índices mais relevantes. Afinal, esses índices internacionais servem para medir o desempenho médio de muitos ativos e podem servir como termômetro para o mercado.

Conheça quais são os principais indicadores financeiros dessa bolsa americana!

Nasdaq 100 Index

O Nasdaq 100 é um dos indicadores de desempenho dessa bolsa de valores. Ele é composto pelas 100 maiores empresas não financeiras presentes na Nasdaq.

Desse modo, ele atua como um tipo de referência para os investidores que querem analisar a performance da bolsa. Entre as companhias que fazem parte do índice estão as “FAANG” — grupo composto por Facebook, Amazon, Apple, Netflix e Google.

Nasdaq Composite Index

Outro índice considerado importante é o Nasdaq Composite. Ele mostra o desempenho médio de quase todas as empresas que negociam as suas ações nessa bolsa de valores. Desse modo, ele serve como um termômetro para a performance geral do mercado.

Nasdaq Biotechnology Index

Entre os índices mais específicos, é possível destacar o Nasdaq Biotechnology Index. Como o nome sugere, ele conta com companhias que atuam no segmento de biotecnologia. Empreendimentos como Pfizer e BioNTech faziam parte da carteira teórica dele em 2022.

Nasdaq Financial-100 Index

Já o setor financeiro tem o Nasdaq Financial-100 Index como índice representativo de suas empresas. Ele é composto por 100 das maiores companhias listadas que atuam nesse setor da economia.

Como investir nas empresas listadas na Nasdaq?

Como você viu, a Nasdaq negocia ações de muitos empreendimentos que estão entre os principais do mundo. Portanto, é interessante saber como você pode investir nessas companhias e aproveitar as oportunidades de ter uma carteira internacional.

A seguir, veja como investir nas empresas e nas demais oportunidades listadas na bolsa Nasdaq!

Investimento direto

Uma das opções para se expor aos negócios listados na Nasdaq é fazendo o investimento direto nelas. Para isso, é preciso abrir uma conta em uma corretora de valores que opera no mercado norte-americano.

Contudo, esse caminho traz certas complexidades. Afinal, você terá que lidar com burocracias para abrir essa conta e também enfrentará possíveis taxas envolvidas na transferência internacional. Além disso, poderá perder capacidade de investimento, já que precisará converter o montante em dólares.

ETFs

Também há como realizar operações diretamente da bolsa brasileira para investir em oportunidades da Nasdaq. Uma das possibilidades consiste em recorrer aos exchange traded funds (ETFs) ou fundos de índice, que são um tipo de veículo coletivo com gestão passiva.

A principal característica dos ETFs é replicar o desempenho de um índice do mercado. Desse modo, eles usam um indicador financeiro como referência para compor seu portfólio com as mesmas ações presentes na carteira teórica.

Assim, existem fundos de índice disponíveis no mercado brasileiro que utilizam os indicadores da Nasdaq para a sua performance. Desse modo, investir em um ETF desse tipo é uma alternativa mais simples para se expor às organizações norte-americanas.

Entre as vantagens dessa do fundo indexado à Nasdaq está a internacionalização. Assim, você faz um investimento em reais, mas que está atrelado ao desempenho dos ativos em dólar.

Contudo, vale saber que os ETFs brasileiros não fazem repasse de dividendos aos cotistas. O capital que o veículo eventualmente receberá por meio de proventos é reaplicado no próprio portfólio.

BDRs

Os brazilian depositary receipts (BDRs) são outras opções disponíveis na B3 e servem para investir no exterior. Eles também são chamados de certificados de depósitos em valores mobiliários.

Nesse sentido, os BDRs são certificados com lastro na performance de um ativo internacional. Para que exista a negociação deles, uma instituição depositária compra as ações na Nasdaq, mantém os papéis sob custódia e emite os certificados que ficam disponíveis no mercado brasileiro.

Dessa maneira, ao comprar um BDR, você se expõe aos resultados das companhias internacionais. Além de ações, existem os BDRs de ETFs e até títulos de renda fixa (bonds). Ou seja, é possível realizar o investimento de forma mais prática, diretamente de sua conta no Brasil.

Ainda, os investimentos em BDRs também têm como vantagem a possibilidade de receber dividendos. Caso as empresas façam esses repasses, a instituição depositária distribuirá entre os donos de certificados. Além disso, os ETFs dos Estados Unidos podem fazer esse pagamento.

Como você acompanhou, entender o que é a Nasdaq é importante para ampliar seu conhecimento sobre o mercado financeiro norte-americano. Desse modo, você pode analisar as formas de investimento nessa bolsa de valores e recorrer às escolhas alinhadas ao seu perfil e aos seus objetivos.

Quer saber mais sobre as vantagens de fazer investimentos no mercado estrangeiro? Conheça 5 alternativas para investir em dólar!

Genial Investimentos

Somos uma plataforma de investimentos que tem como objetivo facilitar o acesso ao mercado financeiro e ampliar a educação financeira no Brasil.

Ver todos os artigos
Campanha Institucional - Ativação - Abra sua conta

Navegação rápida

O link do artigo foi copiado!