É preciso saber avaliar as diferentes movimentações dos ativos e derivativos para operar na bolsa de valores. Elas podem ser percebidas em gráficos. Logo, conhecer indicadores como o VWAP ajuda a ter uma compreensão mais apurada na hora de fazer sua análise técnica.

Embora grande parte dos índices foque no preço, o volume é outro fator a ser avaliado na hora de operar na bolsa — e o WCAP pode ajudar. Portanto, é válido entender como ele funciona e de que modo o número de transações pode influenciar as tendências do mercado de ações.

O que é o indicador VWAP?

A sigla VWAP faz referência ao termo em inglês “Volume Weighted Average Price”. Essa é uma média móvel ponderada pelo volume financeiro das negociações de um ativo

Assim, o VWAP consiste em um indicador que pode ser utilizado pelos operadores da bolsa de valores. Em especial, aqueles que desejam extrair dados a partir da quantidade de compra e venda de um ativo ou derivativo.

É possível utilizar o VWAP analisando qualquer período de movimentação. No entanto, é mais comum que ele seja um indicador intradiário. Assim, em geral os especuladores (ou traders) utilizam esses dados durante o intervalo do dia e nas operações de day trade.

Como você pode ver, para compreender o que é o VWAP, é preciso entender que o volume financeiro negociado de um ativo ou derivativo é capaz de fornecer informações importantes.

A relevância do volume de negociações

O volume financeiro pode apontar a tendência de alta brusca ou mesmo de queda. Nesse caso, para uma tendência se manter forte, é necessário que boa parte do mercado esteja presente na negociação.

Desse modo, saber identificar o preço médio ponderado por volume permite ao especulador maior clareza sobre como se posicionar em determinado momento. A prática ajuda a reduzir os riscos de se enganar e se posicionar em tendências que não são fortes o suficiente.

Como o VWAP destaca o volume financeiro, ele se diferencia de indicadores que focam apenas no preço. Isso permite identificar, por exemplo, o movimento de grandes players — como as instituições financeiras e os fundos de investimento. Assim, é possível notar como agentes relevantes do mercado estão atuando.

O indicador também possibilita notar pontos que indicam maior liquidez de ativos, devido ao alto volume de negociações dos participantes do mercado. Por conta de suas características, o VWAP é um dos indicadores mais usados por investidores institucionais

Contudo, ele também pode ser utilizado pelo especulador, desde que faça sentido para a estratégia de negociação utilizada na bolsa de valores.

O que é um indicador de volume na análise técnica?

Antes de entender especificamente o que é o VWAP e como lidar com ele em suas operações, é necessário considerar a natureza desse indicador. Ele consiste em um instrumento que analisa o volume das negociações na bolsa de valores.

Isso significa que o VWAP busca avaliar a quantidade comprada e vendida de um ativo ou derivativo financeiro em determinado período.

Essa é uma informação bastante relevante e está presente na composição de diversos indicadores da análise técnica.

Como você viu, embora os preços sejam relevantes na análise dos especuladores, ele não deve ser o único fator avaliado antes das operações.

Afinal, o movimento de preços pode ser inexpressivo se não for confirmado por um volume de negociações considerável.

Nesse sentido, uma tendência de queda ou de alta pode não se consolidar se o volume de negociações é baixo.

Por isso, somar esse fator às suas avaliações pode trazer maior clareza sobre o comportamento do ativo ou derivativo de seu interesse. 

Como funciona esse indicador?

Agora que você entende o que é o VWAP, vale a pena entender como esse indicador funciona. Para isso, você deve compreender como se dá o cálculo do indicador para auxiliar em suas estratégias.

Mas você não precisa se preocupar em fazer esses cálculos manualmente. Existem softwares que fazem o processo automaticamente. Nesse caso, o trader só precisa indicar os dados do período que está analisando para identificar o VWAP.

De qualquer modo, é interessante entender como o indicador é obtido. Na prática, o VWAP é calculado a partir de uma fórmula de média ponderada. Veja só:

  • VWAP = Preço Típico x Volume / Volume Cumulativo

Para executar a fórmula, o primeiro passo é calcular o preço típico. Ele consiste na média do preço alto, baixo e de fechamento da ação, por exemplo, no dia analisado. 

Assim, imagine um ativo que apresentou alta de 50, baixa de 20 e fechamento de 30. Nesse caso:

  • Preço Típico = 50 + 20 + 38 /3
  • Preço Típico = 108/3
  • Preço Típico = 36

A segunda etapa consiste em multiplicar o preço típico pelo volume. Aqui, considere um ativo que apresentou um volume de negociação de valor 30. Assim:

  • 36 x 30 = 1080

Por fim, a multiplicação do preço típico pelo volume deve ser dividida pelo valor cumulativo. Considerando que o volume cumulativo foi de 66, temos como cálculo final a partir dos dados fornecidos:

  • VWAP = Preço Típico x Volume / Volume Cumulativo
  • VWAP = 36 x 30 / 66
  • VWAP = 1080 / 66
  • VWAP = 16,36

Para que ele serve?

Agora você entende o que é e como funciona o VWAP. Contudo, ainda é necessário compreender de que maneira esse dado pode ser útil em sua análise gráfica. Nesse aspecto, ele tem diversos usos, principalmente no day trade.

Confira a seguir como o indicador VWAP pode servir em suas operações!

Perceber o preço médio com maior precisão

Uma das principais utilidades do VWAP é fazer com que o trader calcule o preço médio com maior precisão. Isso ocorre porque, ao utilizar esse indicador, o operador considera o fator volume nas negociações.

Esse é um importante elemento para entender como o mercado tem se comportado diante daquele ativo ou derivativo no período avaliado.

Identificar suportes e resistências

Suportes e resistências são dois elementos utilizados nas análises dos traders. O suporte consiste em uma zona de preços que atua como uma espécie de barreira para a queda da cotação de um ativo ou derivativo. 

Já a resistência funciona de maneira oposta ao suporte, formando uma zona que delimita o preço máximo alcançado por um ativo em determinado período.

Identificar essas zonas pode ajudar o trader a antecipar movimentos e se posicionar no momento mais adequado. 

Nesse caso, considerar o VWAP na análise pode ser de grande valia. Afinal, embora o patamar de preço seja relevante, o volume também deve ser considerado para evitar falsos sinais de rompimento de suportes ou resistência. 

Portanto, analisar o VWAP no momento que os preços estão nessas zonas pode trazer para o especulador informações importantes para definir como se posicionar, a depender do movimento do mercado. 

Perceber a movimentação de traders institucionais

Como vimos, outra função do indicador VWAP é apresentar sinais de como os grandes players estão atuando no mercado — iniciando e liquidando posições.

Nesse contexto, é comum que o indicador seja usado por instituições como fundos de hedge e de pensão ao construir e fechar posições.

Esses operadores procuram comprar abaixo da linha VWAP e vender acima dela.

Confirmar ou negar tendências

Muitos traders utilizam indicadores de preços para avaliar o movimento de tendências. Embora seja útil se valer dessas ferramentas, analisar apenas o preço de um ativo pode não ser suficiente para entender sua movimentação.

Você viu que considerar o volume pode ser um grande diferencial. Assim, ao somar a percepção do indicador VWAP à sua análise, você terá melhores condições de confirmar ou negar tendências

Determinar a força de um mercado

O VWAP também tem grande utilidade quando o intuito é analisar a força de um mercado. Como o foco envolve o volume de negociações em determinado período, quanto maior o valor obtido, mais forte aquele mercado tende a se apresentar.

No entanto, é preciso considerar as condições do mercado financeiro e da economia no período de análise. Afinal, em situações de crise, por exemplo, essa interpretação não estará correta. 

Ajustar entradas e saídas comerciais

Por fim, diante de todas as percepções que o preço médio ponderado por volume oferece, o trader terá melhores condições de ajustar suas entradas e saídas. Contudo, vale a pena considerar outros instrumentos de análise técnica em suas avaliações.

Assim, ao somar os resultados obtidos com o cálculo do VWAP a outros indicadores, o operador pode se posicionar com maior clareza durante o pregão.

Quais são as limitações do VWAP?

Como você viu, o indicador VWAP pode ser bastante útil na hora de operar na bolsa de valores, principalmente no curto prazo. No entanto, ele não deve ser o único fator analisado. Afinal, assim como outros índices, ele tem potencial de produzir falsos sinais.

Além disso, diferentemente das médias móveis aritméticas e exponenciais, não é possível criar um indicador VWAP mais ou menos responsivo variando o período. Isso ocorre porque ele é pautado no volume, e não no preço.

Ademais, em momentos de forte tendência, o VWAP pode ficar por longos períodos em um valor abaixo ou acima do preço. Essa situação causa a impressão de que o ativo está sobrecomprado ou sobrevendido, gerando falsos alertas.

Diante das complexidades que o indicador apresenta, o trader deve estudar com cautela suas características para operar adequadamente. Nesse sentido, se atentar aos detalhes do gráfico, bem como fazer a comparação com outros indicadores é essencial para aumentar as chances de sucesso das operações. 

Quais outros indicadores considerar na análise gráfica?

Até aqui, você entendeu o que é o indicador VWAP, como ele funciona e pode ser utilizado. Como observado, embora ele seja relevante na análise técnica, é preciso considerar também outros fatores para fazer suas operações.

Acompanhe a seguir outros indicadores para você considerar na hora de fazer sua análise gráfica!

Balanço de volume (OBV)

O balanço de volume é utilizado para medir a pressão de compra e venda. Ele é um indicador cumulativo. Quando o preço sobe, o volume desse período é adicionado ao total acumulado do índice.

Por outro lado, se o preço cair, o volume é subtraído do total percebido. O resultado do OBV é compreendido como uma linha no gráfico, facilitando a interpretação. Na prática, ele é bastante usado para perceber ou confirmar tendências gerais dos preços.

Índice de fluxo de dinheiro (MFI)

O índice de fluxo de dinheiro tem como objetivo medir a força de uma tendência nos preços. Para tanto, ele utiliza o volume e o preço do ativo para avaliar a força de compra ou venda. Se a intensidade compradora aumenta, ele fica mais positivo.

No entanto, se a força vendedora aumenta, ele fica mais negativo. Assim, o MFI pode auxiliar você a reconhecer níveis de compra e venda. Se o valor do indicador for maior que 80, pode ser um sinal de sobrecompra. Por outro lado, se ele estiver abaixo de 20, pode indicar sobrevenda.

Acumulação/distribuição (A/D)

O indicador de acumulação/distribuição avalia os fluxos de entrada e saída de dinheiro acumulado de determinado ativo ou derivativo. Dessa forma, ele mede o preço e o volume para apontar se está acumulado ou distribuído.

Em termos práticos, esse indicador ajuda a entender a força de uma tendência. Considere, por exemplo, que o preço está em alta e o indicador está em queda. Isso pode significar que a acumulação ou o volume de compra não é forte o suficiente para suportar a alta no preço.

Bandas de Bollinger

As Bandas de Bollinger têm o foco de suas análises nos preços dos ativos. Assim, elas surgem a partir da relação entre o preço atual e o preço médio de negociação do ativo ou derivativo.

Dessa forma, há um cálculo estatístico para identificar como o preço atual se comporta. A construção desse índice envolve uma banda inferior, uma superior e outra móvel. Ao longo das negociações, elas podem se afastar ou se aproximar do mercado, apontando diferentes tendências.

Você entendeu o que é o indicador VWAP? Esse é um instrumento que revela informações relevantes a respeito do volume de negociação de ativos e derivativos na bolsa de valores. Como o foco de seus resultados é voltado às variações diárias, ele pode ser bastante útil para o day trade.Quer aprimorar seus conhecimentos em day trade? Então acompanhe nossos conteúdos no Instagram, YouTube, Facebook e Twitter!

Genial Investimentos

Somos uma plataforma de investimentos que tem como objetivo facilitar o acesso ao mercado financeiro e ampliar a educação financeira no Brasil.

Ver todos os artigos
Campanha Institucional - Ativação - Abra sua conta

Navegação rápida

O link do artigo foi copiado!