CDB 220% do CDI com liquidez diária.

Quem nunca se sentiu inspirado ao ver a história de algum grande nome no mercado financeiro? Eles e elas se tornaram referência – especialmente na renda variável – do potencial de ganhos e mudança de vida que investir seu dinheiro pode trazer. 

Como você verá neste post, são pessoas que se destacam não apenas por suas fortunas, mas também pelas estratégias utilizadas para aumentar os retornos obtidos com as ações e outros ativos. Assim, podem ensinar lições para quem busca multiplicar o patrimônio com os investimentos. 

Tem curiosidade de conhecer 6 dos maiores investidores do mundo? Então não perca a lista que nós, da Genial, elaboramos para você! 

1. Benjamin Graham 

A primeira personalidade da lista não poderia deixar de ser Benjamin Graham, inglês nascido em 1894, mas que viveu em Nova Iorque. Para buscar recursos e auxiliar a família, ele passou a trabalhar em Wall Street depois de formado — inicialmente em uma função operacional. 

No entanto, devido à sua competência com a realização de análises, se destacou e tornou-se sócio da empresa para a qual atuava. Além disso, Graham foi autor de livros, professor universitário e esteve à frente da sua empresa, a Graham-Newman, tendo falecido em 1976. 

Ele é uma referência no mercado financeiro, pois é criador da estratégia value investing. Ela se baseia em encontrar companhias de qualidade, cujos papéis estejam com preço descontado na bolsa de valores. A técnica pode ser usada junto com a análise fundamentalista para o longo prazo. 

Com a estratégia, Graham obteve bons retornos, visto que ele se protegia das oscilações do mercado, pois minimizava o risco de possível desvalorização do ativo. Também como manejo de risco ele buscava diversificar a carteira de investimentos, a fim de evitar grandes perdas. 

2. Warren Buffett 

Warren Buffett é outro dos maiores investidores do mundo. Nascido em 1930, o norte-americano é um grande empreendedor, perfil que adquiriu ainda na infância. Aos 11 anos ele comprou ações e, aos 13, quando entregou sua primeira declaração de Imposto de Renda, obteve uma restituição. 

Buffett adquiriu conhecimentos em ações com os livros de seu pai, que era corretor. Depois, formou-se em Economia e fez mestrado em Columbia. Lá conheceu Graham e, posteriormente, teve a oportunidade de trabalhar junto com ele.  

Por isso, Buffett é discípulo do value investing, a técnica desenvolvida por seu mentor. Ele passou a utilizar essa estratégia em seus investimentos. Buffett abriu ainda a própria empresa no mercado financeiro, a Berkshire Hathaway. 

O investidor tem a tradição de mirar o longo prazo, utilizando o buy and hold. Ademais, ele só investe em companhias que conheça bem. O foco é entender o funcionamento da empresa e a forma como ela ganha dinheiro. 

3. Luiz Barsi 

Na lista de maiores investidores do mundo é preciso também incluir uma personalidade brasileira. O economista Luiz Barsi, nascido em 1939 e filho de imigrantes espanhóis, é considerado o maior investidor pessoa física na bolsa de valores brasileira (B3).  

Ele começou a trabalhar ainda na infância, fazendo trabalhos como engraxate e aprendiz de alfaiate. Depois, conseguiu estudar e se formou como técnico em contabilidade.  

Começou a investir utilizando a análise fundamentalista, estratégia que aprendeu ao analisar balanços patrimoniais de empresas na contabilidade. 

O investidor tem a fama de ser parceiro nas companhias na qual investe. Assim como Buffet, ele também utiliza a estratégia do buy and hold, ou seja, com foco no longo prazo ao investir em ações. 

4. Jesse Livermore 

Jesse Livermore foi um dos grandes de nomes de Wall Street. O norte-americano nasceu em 1877 e faleceu em 1940, tendo se destacado por operações curtas de compra e venda de ações.  

Ele deixou sua casa aos 14 anos, ao começar a trabalhar em uma corretora. Na época, também iniciou seus investimentos em ações — e, poucos anos depois, já acumulava uma fortuna. Sua estratégia foi a de especulação, ganhando dinheiro nos períodos de alta e baixa da bolsa. 

Livermore é referência com o seu livro “How to Trade in Stocks”, que traz lições práticas de análise técnica para operações na bolsa de valores. 

5. Peter Lynch 

Peter Lynch é um investidor norte-americano, nascido em 1944. Ele é mestre em Administração de Empresas — formação que impulsionou seu ingresso nos investimentos. Isso porque foi na época que passou a ser estagiário em um fundo de ações.  

Na sequência, Lynch tornou-se nada menos do que gestor do fundo Fidelity Investments, no qual realizou a gestão por um longo período. Inclusive, o fundo é tido como um dos que trouxeram mais rentabilidade na história, mostrando a capacidade técnica desse grande nome dos investimentos. 

Ele utilizava o value investing e escolhia companhias com boas perspectivas de crescimento no mercado, incluindo as de menor porte. Além disso, ele focava em negócios e setores que conhecia bem.  

Lynch alcançou, desse modo, ganhos elevados. Outro aspecto marcante no trabalho do investidor era escolher empresas econômicas, que cuidavam dos recursos sem desperdiçar com o luxo ou grandes espaços.  

Com isso, mostravam uma preocupação com os ganhos dos acionistas. Apesar da carreira de sucesso, ele se aposentou cedo e passou a se dedicar para causas filantrópicas. 

6. Ray Dalio 

O último grande investidor da nossa lista é Ray Dalio. O norte-americano, nascido em 1949, se destaca como autor de livros e como empreendedor, com a empresa Bridgewater. Ela detém o maior fundo de investimentos do tipo hedge do mundo. 

Dalio começou cedo a investir: realizou seu primeiro investimento aos 12 anos, com a compra de ações. Ele também estudou finanças e fez um MBA em Harvard. Depois, focou no mercado financeiro. 

O investidor atuou na bolsa de valores de Nova Iorque com commodities e mercado futuro. Também trabalhou em outras empresas de investimentos até começar a sua própria. Assim, é um nome de peso pelo modelo de gestão adotado no negócio, que fez sua companhia despontar no mercado. 

Gostou de conhecer 6 dos maiores investidores do mundo? Acompanhar a trajetória das grandes personalidades e se inspirar em suas estratégias pode ajudar quem busca obter bons retornos — especialmente na renda variável

Tem interesse em investir em ações? Descubra o quanto é preciso para aportar nesses ativos!

Comentários