Quem deseja começar a investir precisa conhecer e se familiarizar com alguns termos, expressões e conceitos do mercado financeiro.  A partir do momento que se toma a decisão de fazer o dinheiro economizado render, você irá se deparar com diferentes tipos de aplicações e as peculiaridades de cada uma delas. Se estiver bem informado, o processo para se tornar um investidor será mais simples e fácil.

Uma das dúvidas mais comuns nessa fase inicial se refere às diferenças entre Tesouro Selic e Taxa Selic. Os termos são parecidos e possuem uma relação entre si, mas os conceitos  são completamente diferentes. Vamos aprofundar no assunto!

O que é Taxa Selic

A Selic é a taxa básica de juros da economia. O nome vem da sigla Sistema Especial de Liquidação e de Custódia. Ela é utilizada pelo Banco Central para cobranças em empréstimos feitos a outras instituições financeiras e funciona como referência para as demais taxas de juros cobradas no mercado como, por exemplo, em produtos como cartão de crédito, cheque especial, financiamentos e investimentos.

Na prática, a Taxa Selic é uma espécie de mecanismo utilizado pelo governo para controlar a inflação e o ritmo da atividade econômica no país. Quando ela está em um patamar alto significa que “o dinheiro está caro”. Isso quer dizer que o momento exige mais controle financeiro e atenção aos gastos. Por outro lado, se a Taxa Selic fica mais baixa, o momento é propício para estimular o consumo e a movimentação econômica.

O que é o Tesouro Selic?

O Tesouro Selic é um dos títulos públicos oferecidos pelo Tesouro Nacional. De forma simplificada, consiste em um dos investimentos em renda fixa disponíveis no mercado financeiro.

O Tesouro Direto é um programa de compra e venda de títulos públicos. Quem investe na aquisição dos papéis, “empresta” dinheiro para o Governo e, dentro de um determinado prazo, recebe o valor de volta acrescido dos rendimentos. No caso do Tesouro Selic, a rentabilidade é equivalente ao percentual da taxa básica de juros.

e-book tesouro direto

Compreenda a relação entre a Taxa Selic e o Tesouro Selic

O Tesouro Selic é um título pós-fixado cuja rentabilidade é determinada de acordo com a Taxa Selic, conforme explicamos o conceito dela anteriormente. Atualmente, ela está fixada em 6,5%, o que significa que o dinheiro do investidor que optar pelo Tesouro Selic irá render 6,5% ao ano.

Trata-se de um investimento prático e seguro. Confira alguns motivos para investir no Tesouro Selic:

  1. Segurança:  os títulos públicos contam com a garantia do Governo, logo, se configuram como a forma de investimento mais segura que o mercado pode oferecer no momento. Exatamente por esse motivo, não é preciso deixar de investir por medo de perder dinheiro.

Para se ter ideia, em uma situação hipotética na qual o Brasil entre em colapso financeiro e não tenha mais dinheiro para pagar a quem investiu no Tesouro Direto, é possível, nos termos do poder público, emitir notas e mais notas para quitar as dívidas. É claro que este cenário causaria impactos negativos à economia, mas é certo que o governo precisaria, primeiro, pagar os cidadãos que investiram em títulos públicos para depois lidar com o rombo financeiro.

  1. Rentabilidade: o atual patamar da Taxa Selic (6,5%) torna o rendimento bastante atrativo, superior, inclusive, ao da tradicional Caderneta de Poupança, que ainda é escolhida por muitos brasileiros como forma de guardar dinheiro.

  2. Praticidade: o Tesouro Selic é um dos investimentos indicados para investidores iniciantes por conta da facilidade de realizar a transação. A compra do título é feita de modo fácil, rápido e prático. Você só precisa de um computador e acesso à internet.

Para isso, é recomendado abrir uma conta em uma corretora, que será a mediadora entre você e o Tesouro Direto. Vale ressaltar que algumas corretoras cobram a chamada taxa de custódia, e, por isso, é indicado consultar aquelas que não realizam este tipo de cobrança, como é o caso da Genial Investimentos.

  1. Poder de liquidez: consiste na facilidade de resgatar o dinheiro em espécie depois de realizada a aplicação. Os títulos públicos, como o Tesouro Selic, possuem liquidez diária, o que significa que o valor já estará disponível para ser retirado no dia seguinte após a data de vencimento estipulada no contrato.

Vale lembrar que o ideal é fazer a retirada do dinheiro na data estipulada no momento da aplicação. Assim, há a garantia total do retorno financeiro calculado inicialmente.

  1. Menor volatilidade: o Tesouro Selic é o que possui a menor volatilidade entre os títulos públicos do Tesouro Direto. Ele garante a valorização sem ter prejuízo no caso da venda antecipada.

Veja algumas questões que merecem atenção ao investir no Tesouro Selic:

Vale ressaltar que o Tesouro Selic prevê a cobrança da tabela regressiva do Imposto de Renda, variando de acordo com o tempo de aplicação. Para o prazo inferior a 180 dias, o percentual cobrado é de 22,5%.  Para mais de 720 dias, a alíquota é de 15%.

Outro ponto que merece atenção é que os preços podem sofrer ágio ou deságio. Quando você acessar o site do Tesouro Direto, verá que há uma taxa de 0,00% associada ao Tesouro Selic. Isso significa que o título está sendo negociado sem qualquer ágio ou deságio. Este é o cenário ideal, pois a remuneração será o percentual total da Selic.

Mas se houver variação da taxa associada ao Tesouro Selic, a remuneração sofrerá impactos. Por exemplo, se a taxa for negativa em 0,02% (ágio), o investidor receberá, no vencimento, a taxa Selic menos 0,02%. Caso a taxa seja positiva em 0,01% (deságio), o investidor receberá, no vencimento, a taxa Selic mais 0,01%.

Comece a investir agora

A Taxa Selic no Brasil é considerada alta em relação à taxa básica de juros de outros países, principalmente, as nações desenvolvidas, nas quais o percentual se aproxima de zero. Dessa forma, o cenário de juros altos favorece os investimentos em renda fixa.

O Tesouro Selic é uma opção bastante atrativa. Por ser considerado um investimento simples e de baixo risco, esse ativo é indicado para os investidores iniciantes, que não têm muito dinheiro para investir, que não podem ou não querem correr riscos e que também não têm muito conhecimento sobre o mercado financeiro.

Se você quiser saber mais sobre como adquirir esse e outros títulos do Tesouro Direto, fale com a Genial Investimentos. Com apenas R$ 30, aproximadamente, já é possível começar. Abra já a sua conta!

abra sua conta

Leonardo é jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, com passagens por grandes veículos da imprensa brasileira, como TV Cultura, Veja e Estadão. Especializou-se em jornalismo econômico, com aprovação pela FGV, no curso de trainee promovido pelo Grupo Estado.

Contentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *