Ter um ano sabático é o objetivo de muitas pessoas e pode trazer mudanças importantes, tanto para a sua vida pessoal quanto profissional. Porém, é preciso saber como se preparar corretamente para ter uma melhor experiência nesse período. 

Porém, quem deseja vivenciar esse momento deve se planejar com o máximo de antecedência, especialmente em relação às finanças. Sem esse cuidado, existem chances de que você passe por dificuldades para se manter financeiramente ou precise desistir dos seus planos.  

Para ajudar nessa tarefa, preparamos este artigo para você aprender como se preparar para um ano sabático. Continue a leitura e confira! 

O que é um ano sabático? 

Primeiro, é importante conhecer o conceito de ano sabático. Ele não significa o mesmo que férias longas. Na verdade, é um momento de reflexão sobre você e seus desejos para a vida. Ou seja, é um intervalo para você colocar em prática um projeto e retornar com novas ideias e propósitos. 

O termo surgiu a partir das tradições do costume judaico. De acordo com o Torá, o livro sagrado dos judeus, o ano sabático é conhecido como Shemitá, que na tradução literal significa libertação. Esse momento é descrito como o período de repouso da terra, em que não se podia cultivar a agricultura. 

Para os judaicos, o ano sabático ocorre a cada sete anos, sendo seis para plantar e um para que a terra descanse e se recupere. Por isso, é possível notar um sistema parecido nas leis trabalhistas dos judeus, com seis dias de trabalho e um de descanso. 

No geral, o ano sabático sempre foi considerado uma oportunidade de crescimento pessoal. No entanto, poucas pessoas realmente sabem a importância desse período para a vida. Por esse motivo, vamos tratar dela a seguir! 

Qual é a importância desse período? 

É essencial ter em mente que o objetivo do período sabático não é largar tudo sem planejamento. Na prática, significa deixar determinadas questões de lado para pensar em como resolver as adversidades da vida. 

Para muitas pessoas, a melhor forma de resolver os paradigmas de forma criativa é por meio de muito trabalho, sem parar nenhum momento. No entanto, ao ter um ano sabático para aprender coisas novas, você poderá colher diversos benefícios. 

Nesse período, é possível criar bons relacionamentos pessoais, aprender a comunicar-se de maneira mais adequada e encontrar soluções para tomar as melhores decisões. Mesmo que você ainda não saiba exatamente o que busca, o momento pode proporcionar maior clareza de ideias. 

No Brasil, esse tipo de descanso não tem apoio trabalhista. Por outro lado, existem empresas que já têm seu próprio programa sabático, permitindo que os funcionários se afastem das atividades por um período determinado. 

Elas entendem os benefícios do ano sabático para o bem-estar do trabalhador e para a saúde dos negócios. Entretanto, a iniciativa ainda é pouco usual no mundo corporativo. Então se você não atua em uma empresa que tenha esse tipo de programa, é necessário se organizar. 

Por que as pessoas costumam tirar um ano sabático? 

Agora que você conhece melhor o conceito de ano sabático, pode perceber que, certamente, o período é uma experiência única. Conheça os principais motivos pelos quais as pessoas se interessam em tirar esse intervalo: 

Aprender novas habilidades 

O ano sabático é um período que pode ser dedicado a aprender algo novo. Se você deseja desenvolver uma nova habilidade, esse pode ser o momento ideal.  

Muitas pessoas aproveitam para executar atividades como: 

  • aprender um novo idioma; 
  • aprender a pintar; 
  • praticar voluntariado; 
  • aperfeiçoar um conhecimento; 
  • aprender a ter controle financeiro
  • entre outras. 

Viajar, conhecer outras culturas e novas pessoas 

Umas das escolhas mais comuns de quem busca um ano sabático é viajar. Tanto no Brasil quanto em outros países, essa pode ser uma excelente oportunidade para conhecer novas culturas e conviver com pessoas diferentes de você. 

A experiência tende a ser muito enriquecedora do ponto de vista pessoal. Além disso, o período sabático permite que você tenha mais tempo disponível para sair e fazer novas amizades. Isso permite, até mesmo, que você conquiste novas oportunidades profissionais. 

Ter mais tempo para a família 

Com o estilo de vida moderno, é comum que as pessoas tenham pouco tempo para passar com os familiares. Muitos profissionais saem cedo para trabalhar e só retornam à noite, o que prejudica a qualidade de vida com os entes queridos. 

Nesse sentido, o ano sabático pode ser entendido como uma oportunidade para dar mais atenção à sua família. O momento permite que você acompanhe a vida escolar dos filhos, faça uma viagem familiar ou passe um período na casa dos seus pais, por exemplo. 

Desenvolver o autoconhecimento 

Tirar um tempo para se dedicar a si mesmo é essencial para desenvolver o autoconhecimento. Muitas vezes, a rotina e o excesso de trabalho não permitem que você faça uma pausa e observe quantas mudanças ocorreram na sua vida nos últimos anos. 

Assim, o período sabático pode ser útil para se conhecer mais, descobrir novos interesses ou se preparar para mudar de carreira. O momento também ajuda a aumentar a criatividade. Afinal, você terá mais disponibilidade para desenvolver ideias e colocá-las em prática. 

Ao retornar de um ano sabático, esses fatores tendem a refletir de forma positiva em todos os aspectos da sua vida. 

Deixar o estresse de lado 

O excesso de responsabilidades no trabalho pode levar ao esgotamento mental. Existe até mesmo uma síndrome causada pelo estresse crônico e que tem origem no ambiente profissional — a síndrome de Burnout.  

Também conhecida como síndrome do esgotamento profissional, ela se desenvolve gradualmente em razão de desajustes entre o indivíduo e o trabalho. Portanto, fazer uma pausa pode ser mais que uma vontade pessoal — e sim uma necessidade para a sua saúde. 

Nesse cenário, o ano sabático proporciona redução do estresse e permite criar um novo estilo de vida. Você pode desenvolver bons hábitos, como dormir melhor, ter uma alimentação equilibrada e praticar exercícios físicos, por exemplo. 

Como se preparar financeiramente para o ano sabático? 

Como você viu, organização e planejamento financeiro são pontos essenciais para ter um ano sabático de qualidade. A seguir, confira as principais dicas para aproveitar o período da melhor maneira! 

Defina o seu objetivo 

O primeiro passo para planejar o seu ano sabático é definir o seu objetivo com a pausa. Ele pode ser pessoal ou profissional, de acordo com as suas necessidades e planos. Lembre-se de que a experiência permite se desenvolver em diversos aspectos, então não tem limitações. 

Separe um tempo para refletir sobre o que você quer fazer durante o período sabático. Se você pretende aprender inglês para avançar na carreira, por exemplo, fazer um intercâmbio pode ser uma alternativa interessante. 

Além disso, é importante saber quanto tempo será necessário para concluir a experiência. Apesar do nome, não é necessário que ele tenha duração exata de um ano. É possível que o período sabático se estenda por períodos menores. O que definirá o prazo é o seu objetivo. 

Planeje as despesas 

A próxima etapa é listar os gastos que devem ser considerados para o ano sabático. A lista não é pequena, portanto, deve ser feita com bastante atenção.  

Ela também varia de acordo com a finalidade do período, mas costuma incluir despesas com: 

  • alimentação; 
  • passagens aéreas; 
  • seguros viagem e de vida
  • transporte; 
  • acomodação; 
  • mensalidades de cursos 
  • entre outros fatores. 

Ainda, é importante lembrar que imprevistos podem acontecer. Por isso, é essencial acrescentar um percentual como margem de segurança ao valor total que você vai arcar. Para ter maior segurança, tente ser minucioso e imagine as diversas possibilidades que podem ocorrer. 

Lembre-se de que, em termos de planejamento financeiro, é melhor sobrar do que faltar. Você não quer desperdiçar tempo com esse tipo de preocupação durante o seu período sabático, não é mesmo? Sendo assim, não negligencie essa questão. 

Comece a poupar 

Ao fazer a lista de gastos, você perceberá que as finanças são fundamentais no momento de se preparar para um ano sabático. Assim, quanto mais cedo você começar a se organizar, maior será a facilidade para acertar todos os detalhes e a quantia acumulada. 

Logo, é necessário avaliar sua vida financeira atual. Para ter esse período de pausa, é essencial economizar parte dos seus ganhos todos os meses. Com uma análise do seu orçamento, você terá oportunidades de fazer cortes nas despesas e otimizar os resultados obtidos.  

Ademais, vale considerar maneiras de aumentar os seus ganhos atuais. Busque fontes de renda extra aproveitando uma habilidade que você já possui, por exemplo.  

Lembre-se de que poupar é um fator primordial para ter o seu ano sabático com tranquilidade. Entretanto, apenas guardar o dinheiro não é o suficiente, pois ele está sujeito à desvalorização por causa da inflação. Isso nos leva ao próximo passo. 

Aprenda a investir 

A melhor forma de conquistar maior segurança financeira e evitar que a inflação acabe com o poder de compra do seu dinheiro é investindo o capital acumulado. Os investimentos podem trazer rendimentos que ajudam a manter o valor do seu dinheiro ou gerar ganhos reais. 

Isso significa que você tem a oportunidade de proteger seu patrimônio da inflação e, ainda, tem chances de aumentá-lo. Assim, você poderá acumular o valor necessário para o ano sabático em menos tempo.  

Também existe a possibilidade de criar um fluxo de caixa e ter uma renda recorrente no período. Dessa forma, é possível ter um ano sabático sem se preocupar com o dinheiro. Para isso, é essencial se planejar e fazer boas escolhas.  

Na prática, a escolha dos investimentos dependerá do seu perfil de investidor, do prazo e do seu objetivo. Existem diversas alternativas disponíveis na renda fixa, por exemplo. Ela oferece taxas de rentabilidade conhecidas e, em relação à renda variável, os riscos tendem a ser menores.  

Conheça as principais alternativas: 

Se a sua tolerância ao risco permite exposição à renda variável, as ações e os fundos de investimento, por exemplo, podem ser consideradas. Eles podem ser úteis para quem quer diversificar a carteira e mitigar riscos, especialmente no longo prazo. 

Além disso, há a possibilidade de receber proventos. Assim, é possível ter uma renda passiva para desfrutar durante o ano sabático. Desse modo, vale a pena estudar as alternativas do mercado financeiro para tomar decisões mais alinhadas sobre como investir.  

Tenha uma reserva financeira 

Durante o ano sabático, você provavelmente não terá uma renda recorrente proveniente do trabalho. Portanto, é ainda mais importante se preocupar em ter uma reserva de emergência para o período. 

Ela representa uma quantia que serve como um colchão de segurança para situações adversas de imprevistos que podem acontecer na sua vida. O montante deve ser capaz de cobrir as suas despesas durante certo período e pode ser extremamente útil para o ano sabático. 

Assim, a ferramenta é essencial para aumentar a segurança na sua rotina e desfrutar do período com a tranquilidade necessária. Para isso, o montante deve ser alocado em investimentos seguros e com alta liquidez. O motivo é que você pode precisar resgatar o dinheiro a qualquer momento. 

Em geral, é recomendado que a reserva cubra, pelo menos, seis meses do seu custo de vida. No entanto, quando se trata de um período sabático, o valor varia de acordo com o tempo que você planeja manter a pausa. 

Faça aportes frequentes 

Outro ponto importante para quem está se preparando para o ano sabático é fazer aportes frequentes. É fundamental que esse seja um hábito e faça parte do seu planejamento — como se fosse uma conta que deve ser paga todos os meses. 

Isso ajuda a aumentar o patrimônio e conquistar o seu objetivo mais rapidamente. Os aportes recorrentes também permitem aumentar a diversificação da carteira e trazer mais estabilidade para o seu capital. 

Se você já recebe dividendos, por exemplo, uma boa estratégia é reinvesti-los. Assim, você pode aproveitar o dinheiro para potencializar os ganhos. Lembre-se de que a constância é essencial para que o seu patrimônio cresça ao longo do tempo. 

Agora você sabe que o ano sabático representa uma pausa na carreira voltado para realizar objetivos e fazer reflexões. Para definir o momento certo para a pausa, avalie o seu lado pessoal e profissional. Por fim, organize as finanças para conseguir usufruir do período da melhor forma possível. 

Gostou do conteúdo? Então complemente a leitura e confira 8 erros que você deve evitar em um planejamento financeiro

Comentários