Poupar e investir não são práticas comuns entre os brasileiros. Uma pesquisa recente publicada pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) mostra que 56% dos brasileiros não poupam dinheiro e não possuem reserva financeira, enquanto 75% não realizaram nenhum tipo de investimento.

Este cenário reflete a realidade de um país no qual ainda prevalece um comportamento financeiro imediatista: o que se ganha, se gasta. Em muitos casos, a situação é bem mais grave: gasta-se mais do que se ganha. Para se ter uma ideia, de acordo com dados da Serasa Experian, o Brasil soma mais de 63 milhões de consumidores inadimplentes.

Mudar esta realidade não é uma tarefa impossível. Para isso, é preciso disseminar o conhecimento sobre educação financeira, de forma que, além de conhecer conceitos, o consumidor aprenda que poupar e investir devem se tornar hábitos.

Para começar, é importante deixar bem claro a definição destes dois termos, já que muitas pessoas costumam confundi-los ou até mesmo acreditarem que são sinônimos. 

Poupar significa economizar. Isso envolve mudar o comportamento imediatista de receber um dinheiro e, em seguida, gastá-lo. Para poupar é preciso se planejar de forma que as despesas sejam inferiores à renda obtida e, assim, possa sobrar alguma quantia.

Investir significa fazer o dinheiro economizado render. Na prática, trata-se do passo seguinte após conseguir poupar. A quantia que foi poupada será aplicada de forma que ela irá se multiplicar.  

A importância de começar a poupar e investir agora

Saber lidar com o próprio dinheiro, consumir de forma mais consciente, conseguir construir um patrimônio e, principalmente, não viver assombrado pelas dívidas deveriam ser práticas simples e cotidianas. Ter o controle da vida financeira significa garantir tranquilidade e melhor qualidade de vida.

As pessoas que conseguem manter as contas em dia, mas não possuem o hábito de poupar e investir estão vulneráveis quando ocorre um imprevisto. Problemas de saúde, desemprego, necessidades de reparos urgentes na casa ou no carro são alguns exemplos de situações que não avisam quando irão acontecer e se você não tiver um planejamento, poderá entrar em desequilíbrio financeiro. Por isso é muito importante começar desde já.

Como poupar

O primeiro passo é colocar a sua realidade financeira no papel e visualizar os valores: quanto se ganha; quanto se gasta com despesas fixas,  temporárias e eventuais. Vamos compreender cada uma delas:

Despesas fixas: são aquelas que vão chegar todo mês para você como  aluguel, condomínio, luz, água, supermercado, plano de saúde, mensalidade escolar, transporte, internet. É tudo aquilo considerado item de primeira necessidade.

Despesas temporárias: são aquelas com prazo de validade para serem encerradas. É o caso do financiamento do carro ou de uma compra parcelada, por exemplo.

Despesas eventuais: são aquelas que não são compromissos obrigatórios, mas que demandam custos. Pode ser uma ida ao cinema, uma viagem no feriado, uma festa, um presente.

O segredo para poupar consiste em eliminar as despesas eventuais e reduzir, ao máximo, o que for possível com as fixas. Este é o caminho para você se tornar um poupador. 

Você pode aproveitar promoções para fazer a conta do supermercado ficar mais barata, economizar no consumo de luz, trocar o plano de internet por um mais em conta, pagar mensalidades escolares à vista e pleitear descontos, por exemplo.

Como se tornar um investidor

Vale atentar ao que os economistas costumam dizer: ”dinheiro parado não rende”. Guardar a quantia economizada em casa é sinal de desvalorização quando consideramos o efeito da inflação. Por isso, a melhor alternativa é investir.

Um dos principais entraves para que as pessoas criem o hábito de investir é o mito de que para se tornar um investidor é preciso ter muito dinheiro. Na verdade, o mercado oferece um leque de opções muito diversificado e, portanto, acessível para todos os bolsos.

Para se ter ideia, há a possibilidade de começar a investir com apenas R$ 30. Com este valor é possível comprar títulos do Tesouro Direto, investimento em renda fixa considerado o mais seguro oferecido pelo mercado. Confira no vídeo abaixo:

O ideal é buscar o auxílio de uma corretora de valores ou plataforma de investimentos especializada, como a Genial Investimentos, que possa lhe auxiliar sobre os tipos de investimento mais compatíveis com o seu perfil de investidor. Desta forma, serão avaliadas questões como retorno financeiro, risco do investimento, liquidez, tributos, taxas e, principalmente, os seus objetivos pessoais.

Alerta sobre a poupança

Apesar de ser a aplicação mais conhecida entre os brasileiros, a caderneta de poupança não é uma alternativa interessante quando o objetivo é fazer o dinheiro render. 

O rendimento da poupança está atrelado à variação da Taxa Selic. Novas regras para esta remuneração foram instituídas em 2012. Desta forma, os depósitos feitos a partir do dia 4 de maio daquele ano, chamados de “poupança nova”, passaram a obedecer dois critérios:

– Quando a Taxa Selic é igual ou inferior a 8,5%: a poupança paga 70% da Selic + a Taxa Referencial (TR),  que é basicamente nula;

– Quando a Taxa Selic é superior a 8,5%: a poupança paga 0,5% ao mês + a Taxa Referencial (TR).

Vale lembrar que a remuneração para os depósitos feitos até o dia 3 de maio de 2012, chamados de “poupança antiga”, segue a segunda regra.

Pelo detalhamento dos cálculos da poupança, verificamos que no cenário atual, em que a Selic está fixada em 6%, o retorno da caderneta de poupança é estimado em 4,2% ao ano. Caso a inflação para o período supere este percentual, o poupador irá contabilizar perdas.

Como você pôde conferir, poupar e investir são coisas diferentes e ambos são hábitos necessários para você conquistar segurança financeira. Para saber mais sobre tipos de investimentos para quem deseja começar, leia o nosso post três investimentos de baixo risco mais rentáveis que a poupança

A Genial Investimentos oferece soluções completas para diferentes públicos. Se você quiser conhecer produtos compatíveis com o seu perfil para fazer seu dinheiro render mais e melhor, abra a sua conta, venha para a Genial!

abra sua conta


Publicado por Genial

A Genial é a plataforma de investimentos que está democratizando o acesso aos melhores produtos do mercado, de forma simples, ágil e eficiente, através de uma assessoria financeira isenta, transparente e qualificada.

Contentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *