Investir em ações é algo que seduz muita gente. Assim como outros investimentos de renda variável, como câmbio, commodities e derivativos, a rentabilidade das ações pode sofrer mudanças após a efetivação da aplicação, sem que haja um rendimento previamente definido, como acontece com os investimentos em renda fixa. Isso pode gerar grandes lucros, por outro lado, é preciso conviver com o risco de perdas.

Considerando a renda variável, as ações são os produtos protagonistas porque o que define seus resultados é o comportamento das empresas, ou seja, ao investir em uma companhia que apresenta boas perspectivas de retorno do capital investido, a tendência é que o investidor prospere com o tempo.

Quer saber mais sobre o tema? Então confira as 15 dúvidas mais comuns sobre investir em ações e tenha todas as respostas à mão.

1. O que são ações?

Uma ação representa uma pequena parte de uma empresa. É a menor fração que a companhia disponibiliza para comercialização. Quando uma pessoa a adquire,  torna-se acionista daquela instituição. Isso garante direitos e deveres de acordo com o tipo de investimento feito e a quantidade de ações compradas.

2. O que é a Bolsa de Valores?

É o mercado no qual acontece a compra e venda de títulos. Na prática, a Bolsa representa um ponto de encontro seguro e devidamente estruturado para reunir quem quer vender e quem deseja comprar títulos. No Brasil nós temos a B3 (Brasil, Bolsa, Balcão), a nossa Bolsa oficial.

3. O que é Home Broker?

É a plataforma na qual é possível comprar e vender ações. O Home Broker é um sistema que as corretoras oferecem para seus clientes negociarem ativos de renda variável de maneira mais segura. Com ele é possível investir em ações sem precisar sair de casa ou do trabalho. Sua criação revolucionou o mercado financeiro, gerando agilidade, autonomia e mobilidade para os negociadores.

4. Investir em ações é dar um tiro no escuro?

Somente para quem não tem uma estratégia. É preciso montar uma carteira de investimentos e considerar os riscos que cada possibilidade oferece. Sabendo escolher os ativos da carteira, tendo critérios para analisar as empresas e conhecendo as regras por trás das negociações, é possível investir de maneira segura e colher resultados expressivos no futuro.

Veja mais: Como investir em ações

5. É possível ficar rico investindo?

As empresas podem prosperar e, uma vez que você se associa a essa trajetória, também pode crescer junto. Consequentemente, é possível, sim, auferir grandes quantias ao investir em ações. Entretanto, não é assim tão fácil ganhar dinheiro. É preciso conhecer as empresas, entender se elas têm potencial para crescer e conseguir identificar as oscilações típicas desse mercado.

6. Como começar a investir em ações?

O ponto inicial é encontrar uma corretora de valores. Estude o mercado e abra sua conta na instituição que oferecer vantagens simplificando o seu acesso à Bolsa e tirando as principais dúvidas. Você deverá transferir o dinheiro para essa corretora e então começar a investir, portanto, o ideal é trabalhar com uma empresa que tenha credibilidade no mercado.

7. Como é feita a compra e venda de ações?

Por meio do Home Broker, como já vimos, disponibilizado pela sua corretora de valores. Assim, sempre que tiver interesse em adquirir uma ação, basta enviar uma ordem de compra e quando precisar vender, enviar uma ordem de venda. Sua ordem chega à Bolsa de Valores que, consequentemente, a torna visível a todos os investidores.

8. O que são tickers?

Ticker é a forma como a empresa e sua operação financeira são identificadas na bolsa. Funciona sempre no padrão ABCDX, no qual as letras representam a instituição e o X representa o tipo de ação. Na maioria das vezes as ações são “ordinárias”, pois permitem participação dos sócios nas decisões  da direção ou então “preferenciais”, pois restringirem a eles somente direito aos resultados.

Assim, a Petrobras, por exemplo, aparece sempre como PETRX. Podendo o X ser o número 3, se representar uma ação ordinária ou 4, quando for uma ação preferencial. Existem também outros números, de acordo com o tipo de ação em questão, como o 5 e a 6, que correspondem a classes especiais de ações preferenciais.

9. Qual é o preço de uma ação na bolsa?

O que define os valores é a lei da oferta e da procura, ou seja, isso depende da valorização da empresa que disponibiliza a venda. Uma mesma ação pode custar muito pouco se a empresa estiver desvalorizada e, anos depois, custar caro se a empresa estiver em um momento melhor.

10. Posso investir com pouco dinheiro?

Claro que sim! A Bolsa não se restringe a pessoas ricas. O motivo é muito simples: não existe valor mínimo para investir em ações. Isso significa que  se você tiver um pouco de conhecimento, uma boa estratégia e paciência, poderá investir durante anos e acumular dinheiro.

11. É seguro investir na bolsa?

Sim, desde que você conheça os riscos que ela possa apresentar. As empresas podem se desvalorizar, o que faz com que você perca dinheiro. Da mesma forma, existe o risco de você não conseguir vender suas ações por algum motivo. Por isso, é preciso atenção para não investir errado. A questão é estar bem informado e contar com uma assessoria qualificada, como a que as corretoras sérias oferecem.

12. Como escolher ações?

Existem duas maneiras seguras de fazer isso: por meio da análise fundamentalista ou da análise técnica. Na prática, são métodos que permitem avaliar as empresas e, em função do tempo e das oportunidades, elaborar a estratégia mais eficiente para seus interesses.

13. Em quanto tempo terei retorno sobre o dinheiro investido?

Depende da estratégia escolhida. Quem adota o o Day Trade, por exemplo, pode conseguir resultados imediatos, pois o modelo se concentra em lucro rápido. Além dele, temos outros tipos de investimentos que geram retorno de curto, médio e longo prazo, podendo levar semanas e até anos para aparecerem.

14. Existem despesas para investir?

Sim. Fique de olho em gastos que podem comprometer a sua rentabilidade. Alguns deles são as taxas de corretagem e de custódia, os chamados emolumentos, além do Imposto de Renda.

15. Como ter sucesso investindo em ações?

Esteja informado sobre as empresas. Procure estudar a respeito dos mercados nos quais elas se encontram e também sobre os impactos que a economia exerce sobre elas. Esteja atualizado sobre o que pode influenciar seus investimentos. Além disso, tenha paciência, pois seus resultados de longo prazo dependem disso. Trace seus objetivos com cuidado e, em função deles, faça os seus investimentos.

Enfim, investir em ações é algo que pode fazer a diferença na sua vida financeira. Agindo com cuidado e responsabilidade, tudo tende a dar certo. Gostou do artigo? Quer saber mais a respeito de investir em ações? Então confira também as diferenças entre ações preferenciais e ordinárias.

Aproveite também e conheça o investimento em ações com a Genial Investimentos. Abra sua conta de forma gratuita e aproveite serviços e produtos que vão facilitar sua vida na hora de investir na Bolsa!

abra sua conta

Genial

Genial

A Genial é a plataforma de investimentos que está democratizando o acesso aos melhores produtos do mercado, de forma simples, ágil e eficiente, através de uma assessoria financeira isenta, transparente e qualificada.

Deixar um comentário

Bitnami