No universo dos investimentos, existe uma série de termos que, muitas vezes, não são de amplo conhecimento e podem causar dúvidas aos consumidores. A carteira de investimentos é um bom exemplo. Você sabe do que se trata?

Sabia que essa pode ser a solução para alinhar seus objetivos e perfil com a estratégia ideal para alcançar os melhores resultados? Por meio de uma carteira de investimentos você pode agir com maior segurança em busca do tão almejado lucro.

Neste texto, explicaremos mais sobre o assunto e falaremos sobre a importância de uma carteira recomendada de investimentos. Confira:

O que é a carteira recomendada de investimentos?

Uma carteira de investimentos nada mais é do que o conjunto de ativos que um investidor reúne em seu nome.

Pense na sua carteira de uso pessoal. Nela, são reunidas notas de diferentes valores que pertencem a você. No caso da carteira de investimentos é parecido, porém, o que compõe a carteira é um conjunto de aplicações, geralmente, diversificadas para que o investidor corra menos riscos.

Nessa lógica, não fica difícil compreender o que é uma carteira recomendada de investimentos. Ela é do que um conjunto de aplicações feitas por um investidor, a partir da recomendação de profissionais especializados em investimentos, como corretoras de valores.

Como funciona uma carteira recomendada?

Na prática, é muito simples: na busca por soluções mais indicadas para o seu perfil, o investidor recorre a uma instituição e solicita informações sobre os investimentos.

A instituição, geralmente, fornece um relatório elaborado por analistas a respeito de temas, como: performance das empresas e os preços adequados para cada ação. Na sequência, com esse documento em mãos, o investidor pode analisar melhor as possibilidades, avaliar os riscos que corre, além conferir se há viabilidade nas escolhas que têm feito.

A carteira de investimentos é uma solução interessante para quem ainda não tem conhecimentos aprofundados, mas deseja dar os primeiros passos investindo tendo como base a orientação de especialistas.

Tipos de carteiras de investimentos

Existem diferentes tipos de carteiras de investimentos. Entre elas, podemos citar as de ações, nas quais são feitas indicações mensais e análises semanais sobre o que foi proposto; as que se baseiam na estratégia de pagamento de dividendos, as chamadas carteiras de Small Caps, nas quais o foco está no controle de prejuízos e possibilidade ilimitada de ganhos; além das carteiras de renda fixa, nas quais os analistas combinam títulos como o Tesouro Direto, Letras de Crédito, entre outros produtos.

Em geral, quem faz essas ofertas são profissionais com amplo conhecimento de mercado, tais como equipes que atuam em corretoras, analistas que trabalham de maneira independente e assessores de investimento.

Quais são as melhores carteiras recomendadas?

São aquelas que ajudam os investidores a conseguirem maior rentabilidade. É possível acompanhar os comparativos entre o desempenho das corretoras em rankings que os jornais e portais especializados costumam criar e, assim, avaliar os desempenhos mensais e anuais.

Uma dica é acompanhar essa análise para verificar quais são as corretoras que apresentam melhores resultados. Isso ajuda você a investir com segurança.

A maioria das corretoras oferece uma carteira para seus clientes. Na realidade, o ideal é que a sugestão seja considerada, principalmente, entre os investidores ainda iniciantes. Já os investidores mais experientes podem fazer melhor uso das carteiras ao usá-las como referência. Trataremos disso no tópico seguinte.

ebooks de investimentos

Como montar uma carteira de investimentos? 

O ideal é que ela seja criada de acordo com o seu perfil enquanto investidor. Em função disso, será possível identificar as aplicações que tendem a se aproximar de seus objetivos.

Um investidor com o perfil mais conservador, por exemplo, está em busca de segurança, ainda que isso possa limitar seus resultados. Seguindo essa lógica, pessoas com essa características estão mais alinhadas com investimentos em renda fixa, se compararmos à renda variável, que possui à volatilidade de ações e outros títulos da categoria.

Já para o investidor com perfil tido como mais arrojado, a lógica por trás da montagem da carteira segue outro critério: o risco representa um potencial de ganho. Portanto, títulos mais voláteis, como as ações, tendem a fazer parte de seu portfólio.

De uma maneira geral, o ideal é que a carteira seja montada em função do perfil do investidor, considerando suas particularidades e objetivos para que os resultados sejam satisfatórios.

Saiba se vale a pena seguir uma carteira recomendada

É preciso confiar na análise de quem cria a carteira de investimentos, pois esses profissionais podem simplificar a sua vida. Alguns ativos, como as ações, por exemplo, exigem tempo e estudo para que o investidor tenha como compreender a lógica do mercado e sinta-se seguro para atuar.

Já quando se é iniciante e mesmo no caso de investidores mais experientes, pode ser necessário contar com uma segunda opinião, seja por falta de conhecimento, de tempo ou mesmo para conferir visões de especialistas.

A questão é estar sempre de olho nos resultados. Quando eles estão de acordo com suas expectativas, vale a pena continuar investindo nesse serviço, do contrário, existem outras possibilidades. Tudo depende do cliente e do que ele tem como objetivos.

Na maioria das vezes, recorrer a uma carteira oferecida por uma empresa séria e com histórico de resultados positivos costuma ser um diferencial apresentado por investidores com bons resultados em suas ações.

Vantagens da carteira recomendada

A carteira recomendada oferece maior segurança mesmo para investidores que costumam correr maiores riscos. Em geral, os analistas sugerem investimentos e fazem sua reavaliação periodicamente. Isso pode acontecer de maneira mensal, como é mais comum, ou em função de objetivos previamente determinados.

Essa reavaliação é muito importante, principalmente quando se refere a investimentos realizados na Bolsa de Valores, nos quais a oscilação é grande e, por isso,  as estratégias necessitam de acompanhamento recorrente.

Além disso, com uma carteira recomendada, o investidor tem condições de conferir se as suas análises individuais funcionam, identificar oportunidades e manter a sua estratégia de acordo com o seu perfil.

Enfim, a carteira recomendada é um caminho interessante para guiar seus investimentos. Por isso, não deixe de considerar essa solução para garantir melhores rentabilidades.

Gostou deste artigo? Então, confira também nosso conteúdo sobre as melhores empresas para investir em 2019. Na Genial Investimentos, temos um serviço exclusivo de carteiras recomendas, que foram inclusive premiadas pela revista Exame e pelo jornal Valor Econômico. Abra sua conta agora na Genial e passe a investir com a ajuda delas!

abra sua conta

Genial

Genial

A Genial é a plataforma de investimentos que está democratizando o acesso aos melhores produtos do mercado, de forma simples, ágil e eficiente, através de uma assessoria financeira isenta, transparente e qualificada.

Deixar um comentário